Você não vai acreditar porque um professor de economia reprovou a turma inteira!

Professor reprova a turma inteira.

Um professor de economia em uma universidade americana disse que nunca havia reprovado um só aluno, até que certa vez reprovou uma classe inteira.

Essa classe em particular havia insistido que o socialismo realmente funcionava: com um governo assistencialista intermediando a riqueza
ninguém seria pobre e ninguém seria rico, tudo seria igualitário e justo.

O professor então disse, “Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas.”Businessman_Handing_a_Dollar_4372659Medium

Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e portanto seriam ‘justas’. Todos receberão as mesmas notas, o que significa que em teoria, ninguém será reprovado, assim como também ninguém receberá um “A”.

Após calculada a média da primeira prova todos receberam “B”. Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.
Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos, esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Já aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Como resultado, a segunda média das provas foi “D”. Ninguém gostou.
Depois da terceira prova, a média geral foi um “F”. As notas não voltaram a patamares mais altos mas, as desavenças entre os alunos, a busca por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. A busca por ‘justiça’ dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala. Portanto, todos os alunos repetiram aquela disciplina… Para sua total surpresa.
O professor explicou: “O experimento socialista falhou porque quando a recompensa é grande o esforço pelo sucesso individual é grande”. Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros para dar aos que não batalharam por elas, então ninguém mais vai tentar ou querer fazer seu melhor. Tão simples quanto o exemplo de Cuba, Coréia do Norte, Venezuela. E o Brasil e a Argentina, que estão chegando lá…”
1. Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas tirando a prosperidade do mais rico;
2. Para cada um recebendo sem ter que trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber;
3. O governo não consegue dar nada a ninguém sem que tenha tomado de outra pessoa;
4. Ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la;
5. Quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, chegamos ao começo do fim de uma nação.
É o mais puro retrato do Brasil que vivemos.

Já dizia Margaret Thatcher, “O Socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros”.

(Este Post foi baseado em uma historia de Adrian Rogers, argumentos de ser boato já ouvi, porém reflete minha observação do porque o socialismo não funciona, não tem referências pois esta história já foi contada na Internet, mas é uma boa metáfora sobre o Brasil, )

OBRIGADO POR NÃO POSTAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS, SEUS COMENTÁRIOS REFLETEM QUEM VOCÊ É, E NÃO O QUE PENSA, DEBATE DE IDEOLOGIAS SÃO BEM VINDOS, DEBATE DE IDENTIDADES SERÃO MODERADOS.

1.107 thoughts on “Você não vai acreditar porque um professor de economia reprovou a turma inteira!

    1. O que não é levado em consideração é que o experimento se deu com pessoas com mentalidade capitalista. Mentalidade de competição, e pessoas provavelmente muito centradas no seu eu.
      O socialismo pressupõe senso de coletividade. Sem isso, não tem como funcionar. Uma mentalidade socialista, ao contrário da mentalidade capitalista, seria o entendimento de que é preciso se esforçar um pouco mais para que todos possam ter boas condições (ou, no caso, notas).
      Se todos da turma tivessem essa mentalidade, naturalmente, o experimento funcionaria.

        1. O socialismo por mais que seja uma mentalidade com as melhores das intenções, propondo boas condições para todos, na prática nunca vai funcionar. Vivemos em um tempo de muita vaidade, as pessoas são amantes de si mesmas, buscam seu próprio interesse etc… Não estou generalizando, mas isso é um fato e na prática o socialismo nunca vai funcionar porque sempre vai haver pessoas com pensamentos e opiniões diferentes no que diz respeito ao socialismo. A Bíblia já dizia: Não atarás a boca ao boi quando debulha. E: Digno é o trabalhador do seu salário. 1 Timóteo 5:18. A proibição de atar a boca do boi que trabalha em um moinho deixa claro que o animal precisa de sustento para realizar o trabalho pesado, de modo que deve poder comer livremente daquilo que seu trabalho produz.
          Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. Salmos 128:2.
          Ora, Deus retribui ao homem de acordo com o que este faz, e lhe dá o que a sua conduta merece. Jó 34:11.
          Dizei do justo que ele será próspero, pois comerá o fruto das suas ações.
          Ai do perverso! não será próspero, pois lhe será feito a ele o que fizeram as suas mãos.
          Isaías 3:10,11.

        2. Voce nao entendeu nada Aleksander. Preste atenção no que o Nicolas escreveu:

          “seria o entendimento de que é preciso se ESFORÇAR um pouco mais para que todos possam ter boas condições (ou, no caso, notas).”

      1. O socialismo na teoria é tudo muito lindo e maravilhoso. Porem, pensando no histórico humano, sempre existe uma pessoa que quer tirar vantagem de uma situação. O socialismo não funciona por isso. A pessoa que esta embaixo e vê que consegue tudo sem esforço, não vai se esforçar para gerar mais riqueza. Isso é da natureza humana.

        1. Isso não foi uma experiência socialista. Um experimento simplista.Não foi realizada nenhuma mudança no comportamento coletivo. A individualidade permaneceu e o que restou foi o desestímulo. Só isso! chamar isso de experiência socialista demonstra a falta de conhecimento ou a a intensão de enganar os incautos leitores.

          1. Concordo com você. Além do que não foi destacado o papel do professor como mediador da situação, bem como é questionado o modelo de prova como avaliação de conhecimento, sendo que outros modelos poderiam ser utilizados: seminários, trabalhos em grupos etc. Acredito que não exista modelo perfeito de sociedade, há prós e contras em cada um, devendo ser buscado um equilíbrio, desta forma sempre haverá discurso tendencioso em ambos os lados.

        2. Sempre digo exatamente isso. O socialismo poderia dar muito certo se o ser humano não fosse egoísta e nem tivesse a natureza ruim, como infelizmente essas são algumas das características mais fortes da nossa espécie, não acredito no sucesso do socialismo.

        3. Concordo com você Bruno o socialismo carrega uma estigma bem no meio da testa. Hipocrisia, egocentrismo e ignorância. O individualismo deixou o ser humano cego e o capitalismo tomou conta de tudo. Por mais que o homem estude e busque conhecimentos sempre terá um livro sem prólogo e uma poesia sem contexto, por mais que faça e refaça as contas a sua matematica será sempre 2+2 são 5. Terá sempre uma mente bitolada e um cerebro com 90%dos neurônios queimados.

      2. Concordo com o Nicolas!! Se fizessem esse experimento em um planeta habitado por unicórnios, fadas e duendes, o resultado seria bem diferente!!! Não adianta nada ficar fazendo esses experimentos aqui na terra. Daí nunca dá certo mesmo, e fica parecendo que a teoria que tá errada!!

      3. Acontece meu amigo, que as pessoas não são iguais, nunca foram e jamais serão. E é justamente isso que faz da humanidade interessante e surpreendente, do contrário seríamos robotizados como certas ideologias sonham em transformar os homens.

      4. Vamos supor que todo mundo estude para tirar A e assim de fato conseguem, os com dificuldades recebem ajuda dos que sabem mais ou até mesmo do professor (governo),e que todo mundo da classe ficasse com A, assim no capitalismo e no socialismo todos tirariam 10. Não tendo diferença entre um e outro. O problema não é o modo econômico, e sim com a mentalidade e forma de pensar. Seja no modo capitalista ou no socialista.

        1. concordo, a questão não é exatamente socialismo ou comunismo…
          tem haver com a mentalidade de todas a pessoas num grupo… ou cultura…
          e antes de alguem falar que estou falando merda… leia-se sobre um kibutz!!!!

      5. Errado essa mentalidade é da humanidade. TODO ser humano é motivado pelo sistema de beneficio e recompensa ou ninguém trabalharia no mundo isso é um FATO, acabando com a recompensa aqueles que se esforçam mais do que os outros não faria sentido algum para receber o mesmo quinhão esse é o grande fracasso do comunismo e socialismo no mundo e sempre o será.

      6. Cara, o experimento prova exatamente que isso que você está falando não acontece na prática. Ser simplesmente socialista não mudaria o modo de pensar das pessoas. O Japão é um país capitalista onde existe um grande senso de coletividade, inclusive esse senso que relevantou o país após a 2 Guerra Mundial e que fez com que a ultima greve nesse país acontecesse há anos. O socialismo não funciona, lidem com isso.

      7. Para os que dizem que somos egoístas… Segundo Madre Teresa de Calcutá, “ajude uma pessoa de cada vez e comece pela mais próxima: você.” Eu tento agir dessa maneira, pois acredito em Madre Teresa. Não é fácil. Você se manter em dia com tudo (saúde, contas, vida pessoal) requer tempo, dinheiro e equilíbrio. Considerando essa restrição, definam egoísmo para mim. Sem considera-la, tudo o que disserem para mim não passará de pura balela demagógica.

      8. Exatamente por precisar que todos tenham a “mentalidade socialista”, como vc mesmo chama, que esse experimento nunca funcionaria. Isso chama-se Utopia. Pessoas funcionam com incentivos. Ninguem vai gostar de trabalhar pra sustentar vagabundo que so quer ficar na molezinha.

      9. Pela teoria do professor, o socialismo não tem como dar certo pq metade das pessoas é mal intencionada e/ou composta por vagabundos.

        Assim fica fácil provar qualquer teoria contra qualquer sistema.

        E eu achando que a hipocrisia era uma característica mais perceptível nos brasileiros hehe

      10. E quando vc acha que a populaçao terá essa mentalidade, pensamento…?
        Antes de evoluir para isso temos q evoluir em vários aspectos, todos ligados ao senso coletivo! Por isso a base de tudo é a educação. Programas socias são bons, desde que não durem muito tempo e quem receba saiba fazer bom proveito, aí voltamos à educação… Triste fim!

      11. Desculpe, mas “e se…” não existe. O mundo tem essa mentalidade capitalista, mais um motivo, seguindo seu raciocínio, de que não iria funcionar. A China se deu conta disso, por isso cresce tanto (com quase trabalho escravo consequência do socialismo por não ter concorrência). Socialismo só funciona no mundo ideal que nunca irá existir pois pessoas são instáveis.

      12. A mente das pessoas não é capitalista ou socialista. A mente é humana. Mente socialista quem tem são as abelhas e as formigas.

      13. Concordo, mas assim como a grama, sempre vai ter uma que cresce (ou quer crescer) mais do que as outras e nesse caso, passa-se a máquina – aí entra a repressão, porque nesses sistemas, as pessoas não são livres para fazer o que querem, são sistemas que já foram implementados e não funcionaram de acordo copm o resultado pressuposto. Sem meritocracia, acho difícil as pessoas se entusiasmarem. Minha opinião, claro que podem discordar o quanto quiserem.

      14. Daí a classificação do Socialismo como utopia: para funcionar, ele depende de uma mentalidade coletiva pura e sem falhas. Se 10% das pessoas se corromperem neste sistema, o caos já estará instalado. O próprio Marx reconhece, em seu manifesto, que o Socialismo ainda não é possível de ser instalado e que o Capitalismo ainda é o sistema que mais se molda à sociedade. Nos dias de hoje, ainda não houve avanços suficientes na mente coletiva que tornem isso ao contrário.

      15. Concordo, o socialismo funciona, o problema somos nos seres humanos q somos falhos e indgnos de um pensamento solidário, somos egoistas, mesquinhos ignorantes. Resumindo quem n funciona somos nos.

      16. Nicolas, esse é o maior problema do socialismo. Eles partem de um pressuposto inexistente. Pressuposto de que as pessoas deveriam ter uma “mentalidade socialista” o que de fato não há (ainda bem na minha opinião) na maioria da população. Não adianta forçar a mudança de mentalidade nas pessoas. Alguém mais desavisado pode dizer “Olha, se o capitalismo foi inserido a força na mente das pessoas, pq não o socialismo?”. Lembre-se que o capitalismo, a troca de mercadorias, o estabelecimento do livre comércio não foi algo pensado por um ente de razão, planejado para ser aplicado. Esssas relações de troca foram se desenvolvendo de forma natural ao longo da história. Ao contrário da ideia do socialismo, que tem foi algo imaginado por intelectuais como a panaceia da sociedade.

      17. Meu caro ,na África existem tribos onde tudo é coletivo e eles vivem até hoje como primitivos. O homem não progride se não tiver recompensas ou objetivos. Esta é a natureza humana.

      18. Li e pensei a mesma coisa, se alguém tivesse pensado em criar um grupo de estudo, tivesse algum senso de coletividade esse experimento teria dado bons frutos, mas como dentro de uma sala de economia, no pais mais capitalista do mundo com as pessoas mais egoísta e aproveitadoras esse experimento daria certo? deixo uma frase pra margarethe: enquanto houver dinheiro não será socialismo, enquanto houver exploração não será socialismo e sim uma utopia através da barbarei com influencias capitalistas externas. Agora aos inocentes ao meu ver esse é um texto claramente politico contra medidas paliativas criadas pelo governo do PT, tenho um alto grau de desconfiança da sua veracidade, pra não dizer que tem a cara da VEJA, como diz no “é uma boa metáfora”.

      19. Prezado Nicolas, lendo seu comentário e os comentários dos demais podemos perceber que você foi, de certa forma, “infeliz” com o seu. O que eu iria escrever já foi escrito na maioria dos comentários aqui postados em resposta ao seu ( o que já é um grande exemplo sobre o assunto). Tentando resumir: A educação e cultura do ser humano reflete (ou espelha) a educação e cultura da sociedade em que vivemos. Somos todos diferentes na forma de pensar e de agir. Podemos notar isso dentro de casa ou dentro da própria família. Mudar a educação e a cultura de uma nação, para que todos estejam alinhados e assim se chegar a algo parecido com o proposto pelo modelo socialista, é um trabalho árduo e longo, devendo se ter o exemplo, principalmente, de quem está no poder, entre outros fatores. O exemplo que temos do governo atual é exatamente o oposto – o poder a qualquer custo e o enriquecimento ilícito de quem está no poder com o dinheiro do povo, enquanto o povo paga as contas e se ferra. Sendo assim, meu caro, podemos concluir que os pensamentos e atitudes do ser humano precisa evoluir muito, pois a mente, ainda preguiçosa e mal educada de alguns, vende a ideia de que é mais fácil o ser humano se perder pelos maus pensamentos do que agir com atitudes para construir o caminho de um bem comum que beneficie a todos.

      20. Socialismo é uma grande utopia. Dizer que o ser humano não é competitivo é a mais pura das mentiras. Se o ser humano não fosse competitivo, nunca teríamos saído da fase primata. E não são só os humanos. Quem é que já não viu National Geographic? Os leões quando vão em caçada, caçam em grupo certo? Na altura de comer acham mesmo que eles repartem por igual?Existe hierarquia e recompensa pelo individuo mai sforte do grupo, é um processo perfeitamente natural. Não tem a ver com mentalidade capitalista, os animais não tem conceitos ideológicos ( e ainda bem). Trata-se de sobrevivência minha gente! Então eu agora vou-me matar a trabalhar para depois o fruto do meu esforço ir para pessoas que não querem saber de nada? O senso de colectividade pode existir sim, mas todos nós somos inteligentes o suficiente para sabermos que existem centenas de milhões de pessoas que não gostam de trabalhar nem querem se esforçar. Os calões, preguiçosos, ladrões..sempre existiram e sempre existirão. Porque é que não existem animais calões na Natureza? Porque morrem bem depressa. Só os humanos é que pensam que são superiores ao aninharem em suas sociedades estes bandos de pessoas que só se alimentam da energia e do trabalho dos outros. Por isso digo: socialistas e comunistas são é COMODISTAS. Ponto.

      21. Já dizia minha avó, “não acredito em pessoas que não sofreram ou que não tiveram que trabalhar muito para conseguir o que tem”.
        A sociedade, mesmo os que têm no seu íntimo, um pouco de socialismo ou um dividir com o próximo, não acredita naquele que consegue tudo fácil, ainda que seja o pensamento.

      22. Nunca funcionaria caro Nicolas pois, imposto é imposto vai continuar tirando mais de quem produzir mais para suprir quem produziu menos e não vai procurar ver o erro e incentivar a melhoria, logo em algum momento acontecerá igual ao experimento acima citado isto é fato e contra fato não argumento.

      23. Mas não se pode dizer ” se todos da turma tivessem mentalidade , naturalmente, o experimento funcionaria”. São pessoas, seres humanos, podemos então esperar tudo, ou nada, ninguém sabe o que passa na cabeça e a concepção de cada um. Quando você diz isso esta impondo uma coisa, um pensamento que és teu sobre os outros, querendo controlar. isso é socialismo?

      24. o problema da mentalidade de competição e da centralização do eu nunca foi um problema que surgiu a partir do capitalismo. Pelo contrário, o caso de Abel e Caim e as muitas histórias das conquistas dos grandes impérios estão ai para provar que este mal é um problema da depravação humana (o efeito do pecado no homem). E é por isso que a Bíblia nunca prega um reino comunista nem aqui, nem na eternidade no sentido de “novos céus e nova terra” Apocalipse 21. E a ideia do mérito está muito clara nos ensinos de Jesus (Mateus 25: 14-30).

      25. Nicolas, não existe essa “mentalidade”. O ser humano não é movido pelo desapego e abnegação ao próximo, 100% do tempo. A natureza humana é movida, em grande parte, por interesses mesquinhos. Acreditar que os homens podem ser “bonzinhos se quiserem” só leva à catástrofe.

      26. Meu amigo, difícil encontrar pessoas tantas, a ponto de formar uma nação, onde uma pessoa sequer não seja egoísta e/ou egocêntrica e/ou competitiva, ou seja, totalmente desprendidos do material (se é que você me entende- fazendo para si e para os outros aquilo que gostaria que os outros fizessem para ele e para “sis”) e totalmente voltados para o social, cultural, intelectual, espiritual, filosófico, teológico, psicológico, meditativo, mais uma vez, próprio e dos outros.

      27. Olá! O comunismo não deu certo, porque o papel aceita tudo, mas na prática, somos movidos pelo desejo e este é muito particular, é de cada um. Quando o desejo entra em jogo, temos URSS com Stalin, Cuba com Fidel, Venezuela com Chaves. Nenhum destes países segue o comunismo. A França é uma social-democracia, e me parece que aí sim, sem utopias, é possível.

      28. Na verdade o amigo que diz ser o Socialismo solidário equivoca-se. Esta seria uma mentalidade CRISTÃ. O Socialismo trata o indivíduo apenas como um número estatístico. Ou seja: se o Estado precisar matar você de fome pra desenvolver um míssil, ele (o Estado) o fará sem remorsos… Se precisar tirar dinheiro da merenda para construir um porto em outra nação (ops !) o fará…

      29. Nicolas, para mudar a mentalidade das pessoas, você, além de precisar educá-las, terá de ir além: conscientizá-las. Vai precisar ensiná-las a pensar nos outros, restringir suas próprias ambições, seus objetivos, etc
        Não há ”mentalidade capitalista”, há mentalidades.

      30. Esse exemplo é tão tosco, banal. Não foram levado em consideração o desinteresse daqueles que estão ali muitas vezes por que foram obrigados; posteriormente temos a questão de que foi tratado todos com certa similaridade, excluindo as oportunidades que alguns tem em detrimento de outros, por exemplo: alguns alunos podem ficar estudando o dia inteiro, pois tem um sistema financeiro que banca isso, enquanto outros além de estudar tem de trabalhar.
        Além do mais que no Socialismo, teoricamente, você não trabalharia com algo que você repudia ou não gosta, mas sim com aquilo de maior afinidade, o que não acontece nesta sala.

      31. …Nicolas, concordo contigo em gênero, número e grau !
        …não é o caso dos países bem sucedidos no socialismo (vide escandinavos), que deveriam ser citados como referência !
        …são democráticos (de fato), altíssimo índice de alfabetização, sem militares no governo, etc… Não é o caso dos 3 paises citados !
        …em países onde a “lei do pouca farinha, meu pirão primeiro”, ou seja o EGOISMO como sentimento propulsor da competição, nenhum sistema irá contemplar progresso pra quem quer que seja.
        Senso comum ou de coletividade não irá exister enquanto houver no sistema (educação) o estímulo ao EU.
        Parabéns, Nicolas !

      32. O que você não levou a critério amigo é que NENHUMA teoria que obriga todos a pensarem da mesma forma dá certo. Tanto que o socialismo precisou matar aqueles contrários a tal regime

      33. E há um contigente maior de pessoas que são, realmente, socialistas e que, realmente, pensam na coletividade? Qual o maior pensamento numa nação: coletivo ou individual? A resposta foi dada pelo professor. Ninguém gosta de ver ninguém levando vantagem. É o que acontece nas escolas básicas do Brasil. Introduziram uma espécie de socialismo. Os alunos que não querem estudar estão tendo os mesmo benefícios que os estudiosos. Os alunos com dificuldades também fazem parte disso. Ok! Como um aluno bom poderá prosperar numa sala onde ninguém mais estuda por saber que o ano está garantido? Os pensamentos são individuais. Não se pode forçar o ser a repartir com aquele que não quer contribuir. É simples! É regra! A ambição não tem classe social. Uns ambicionam o bem coletivo. Uns individual. Outros só vão na rabeira.

      34. “Se todos da turma tivessem essa mentalidade, naturalmente, o experimento funcionaria.” Leia-se: se todos na turma tivessem essa mentalidade não seriam humanos, e em especial trabalhando em grupo.

      35. Ok, Nicolas, pergunto, como manter 100.000 de pessoas em plena atividade profissional com o mesmo estimo durante toda sua vida profissional?
        Concordo que a teoria do socialismo parecer ser um belo romance italiano, porem onde guardaremos nossos objetivos pessoais?

      36. Se os urubus cantassem estariam em gaiolas!
        O que quero dizer é que não se pode contar com o que as coisas deveriam ser e sim com o que elas são!
        O modelo capitalista não foi implantado por alienígenas (se é que existem) e sim por terráqueos. Logo, alguém pensou em ser diferente e provavelmente não foi o único! Basta que um indivíduo não queira ser diferente para que a desigualdade se instale! O socialismo precisa que todos tenham a mesma idéia e sentido de coletividade. Sem isso é apenas um romance nos livros!

      37. O ser humano tem a competição como um instinto de sobrevivência, sempre querendo ser melhor que o outro, pois quem não evoluir não prosperará.
        É o que meu professor de biologia explicou, vou tentar passar aqui dando o exemplo do mercado de trabalho. As pessoas, que querem se dar bem na vida, estão tentando adquirir o máximo de conhecimento possível para ser o melhor no mercado de trabalho, muitas vezes tomando o lugar de outros que já estão em um emprego há muito mais tempo, porém com um conhecimento ultrapassado. Se você não procurar evoluir no seu ramo, no seu espaço de trabalho, irá vir alguém mais novo que irá tomar seu lugar por um salário menor.
        O mesmo acontece com os animais “irracionais”. Um exemplo é a presa e o predador. Todos os dias é uma corrida entre os dois, sendo a presa tentando achar novos métodos para se livrar do predador, e o predador procurando uma maneira de conseguir capturar sua presa, pois se o mesmo não conseguir, morrerá de fome, assim como se a presa não conseguir uma maneira de sobreviver, servirá de alimento para o predador.
        Portanto, senso de coletividade é meio complicado. A menos que TODO o planeta seja socialista, sem um pingo de capitalismo.

      38. Até vc ser um bombeiro que arrisca sua bida todos os dias e vê uma amigo seu morrer por semana. E seu vizinho ser um padeiro fazendo pão e ter o mesmo reconhecimento q vc.
        Justo? Acho q não!

      39. NÃO EXISTE, NA NOSSA SOCIEDADE HUMANA, IMPERFEITA, UM SENSO DE COLETIVIDADE, OU COMUNISMO, ESPERANDO HAVER UMA MENTALIDADE DE UM SER PERFEITO COMO CRISTO, ONDE DIVIDIU ALIMENTOS POR PESSOAS FAMINTAS, POR ESCUTÁ-LO. PORÉM MESMO ELE, EM SUA PARÁBOLA DOS TALENTOS, DEMONSTROU A JUSTIÇA EM SE DAR A CADA UM RECOMPENSA PELO QUE PRODUZ. VIDE AS ESCRITURAS SAGRADAS EM MATEUS, CAPÍTULO 25, NOS VERSÍCULOS DE 14 ATÉ O 30, (MA 25:14-30).
        JESUS COM ESTA PARÁBOLA, PROVOU QUE OS HOMENS SÃO INDIVÍDUOS, E COMO TAIS, DIFEREM UNS DOS OUTROS E TÊM INSPIRAÇÕES, DONS E DISPOSIÇÕES DIFERENTES PARA TRABALHAR, EIS AÍ QUANDO ENTRA A MERITOCRACIA, TÃO RECHAÇADA PELOS SOCIALISTAS! ESTES, INSISTEM EM MANTER UMA IGUALDADE IRRACIONAL, ROBOTIZANDO OS SERES HUMANOS, IGUALANDO-OS A UM PATAMAR DE MISÉRIA, MANTENDO AS RIQUEZAS COM O ESTADO E SEUS DIRIGENTES!

      40. Mas é justamente nesse ponto que entra o conflito da teoria. Sabendo que um aluno estudioso vai estudar por ele, o aluno que não estuda, vai continuar não estudando. Ao contrário também é verdade, ou seja, sabendo que um aluno que não estuda, vai ganhar nota de um aluno que estuda, este aluno acaba não estudando, gerando assim, a decadência do sistema. Quando partimos do princípio que o benefício coletivo parte da boa iniciativa individual, e que o processo de geração de uma grande nação dependente da melhor distribuição da riqueza, passamos a entender que o socialismo pode ser aplicado, desde que não sejam desconsiderados os princípios do capitalismo e a importância do mérito.

      41. Sim, funcionária. Mas cada ser humano tem sua forma de pensar, tem suas ideologias, para que esta idéia funcionasse, todo teriam que ter a mesma mentalidade a mesma garra e as pessoas precisariam deixar de ser individualista e pensar no próximo, ninguém é capaz de mudar os que outros pensam, assim como eu não vou conseguir mudar sua opinião e nem vc a minha…

      42. As pessoas são diferentes e não possuem a mesma mentalidade, daí o grande esforço dos socialistas em formatar a mente da população.
        Os países com maior liberdade econômica alcançaram os maiores níveis de IDH. Hong Kong por exemplo foi uma grande favela 20 anos atrás e de lá pra cá teve o maior aumento de IDH do mundo.
        Já os países que adotaram regimes socialistas e suas práticas nefastas estão fazendo uma boa encenação de 1984. O Brasil mesmo só não está pior pela incompetência do poder executivo em cumprir sua agente socialista.

        Vá estudar e pare de se escorar nos coleguinhas pra conseguir nota.

      43. Se o que você escreveu é verdade, qual será a razão de não haver experimento socialista exitoso, apesar das inúmeras tentativas?

      44. Realmente esse é um exemplo típico de como funciona a mente de um esquerdista. Ou seja, o sistema socialista não funciona, por causa do capitalismo , ou das mentes dos que são capitalistas. Para resumir, além de quererem viver do trabalho alheio culpam os outros pelo fracasso de sua ideologia abstrata que nada tem a ver com o real. Projetam o homem ideal num futuro que está sempre a ser alcançado , mas, por mais que fracassem insistem no erro. Essa gente precisa ler mais , para compreender melhor a complexidade do ser humano. Que tal Shakespeare ?

      45. Não funciona em nenhuma forma educada e sim na chibata, logo deixa de ser social, mas na Rússia antiga um carro Ex. Lada era fabricado em 3 anos. E no capitalismo nem fila tem pra comprar. Sempre vai existir o socialista preguiçoso e que até corta um dedo pra não ter que trabalhar…

      46. Nao se trata de mentalidade capitalista versus mentalidade socialista.
        Muito pelo contrario.
        O capitalismo funciona, porque se adapta ao funcionamento do ser humano, enquanto, o socialismo é contrario a ele.
        Qualquer tonto, que nao saiba nada politica, pode fazer o mesmo experimento EM CASA, e o resultado sera o mesmo.
        Já que qualquer um QUE TENHA MAIS DE UM FILHO, SABE QUE BONS PAIS, NAO TENTAM ACACHAÇAR E DIMINUIR AS CONQUISTAS DO FILHO MAIS ESFORÇADO, AQUELE QUE ACORDA CEDO, VAI PARA O COLEGIO SORRINDO, QUE TEM METAS, E DETERMINAÇAO, PARA DESCER AO NIVEL DO OUTRO, QUE SE DESSE, NAO IA A ALULA NUNCA, E , PASSARA O RESTO DA VIDA DORMINDO ATE TARDE, VENDO TV,E COMENDO BISCOITOS, ENQUANTO HOUVESSE ALGUEM PARA COMPRAR OS BISCOITOS PARA ELE.
        E QUE, DEPOIS QUE OS BISCOITOS DADOS ACABASSEM, TENTARA ARRUMAR UM EMPREGO, O MAIS FACIL E SEM RESPONSABILIDADE POSSIVEL, QUE PAGUE POR SEUS BISCOITOS.
        Certo??
        SO QUE, PARA EXISTIR, ESSE EMPREGO, ONDE ELE NAO TENHA RESPONSABILIDADE, NEM EM CRIAR SEU PROPRIO SUSTENTO, TEM QUE EXISTIR AQUELE OUTRO FILHO, AQUELES OUTROS FILHOS, QUE ACORDARAM CEDO, FORAM A AULA, COM CHUVA E COM SOL, E QUE NAO FICARAM ATRAS DE PAPAI E MAMAE, ATRAS DE BISCOITOS ENQUANTO DESSE…
        Vc pode ate tentar estimular o filho que nao quer se esforçar que nao liga, que se contenta em ficar so colocando defeitos no mundo, so que todos sabem, que na maioria das vezes, isso nao da certo, e quando dá, dificilmente ele se tornara igual ao outro.
        Porque é da natureza humana, humanos serem diferentes uns dos outros, ate mesmo quando nascem na mesma familia, e sao criados dentro das mesmas ciscusntancias.
        E o proprio socialismo/comunista, capitalista de ESTADO, so tem condiçoes de existir, como diz Tatcher, logo apos um sistema livre e capitalista de recompensa, e isso, somente ate os biscoitos guardados , acabarem…
        Porque nenhum sistema, a, consegue durar mantendo a excelencia, e produção, sem patrocionios de algum lado. Por isso, todos caem, quando acabam os biscoitos que foram tomados ou recebidos de presente, por um bando de outros, ditadores gulosos, que querem sempre, tirar os biscoitos daqueles padeiros, que acordam as 5 da manha, todos os dias, rs

        1. Tudo tem que começar em CASA…no LAR..no MEIO Familiar … Se cada cidadão, com as suas funções e limites fizerem bem
          o que se propõe a
          fazer… com Amor…nao vou entrar aqui, nas várias opiniões…nem que gari tenha que ganhar mais que um médico… mas, com certeza, quaisquer regimes darão certos feitos com Amor Verdadeiro,pois visará sempre e sempre o Bem Comum…porque terá Unidade … será positivo,cada um abdicando de suas verdades e etc… em favor dos outros,sabendo perder … e assim, chegando a um consenso…em nome do Bem Comum…apesar das diversidades …!
          Nesta discussão, que é uma mistura…uma grande diversidade … precisa de uma visão revolucionária, que não mate, que não destrua o outro…O que precisa é ser colocado em prática, no seu dia a dia…a proposta,o regime revolucionário de Jesus…rs….e nele, o regime começa de dentro para fora…simples assim…Nele não precisamos discutir formas de governos… Precisamos acabar com a fome, as brigas familiares…a Guerra…interior e, consequentemente, as guerras exteriores…Temos que começar de nossos pontos interiores…porque até agora, nada deu certo no mundo!!! …e se não deu,porque não fizemos direito o nosso dever de CASA…Não limpamos nossas poeiras …não arrumamos nossa CASA interior …não aprendemos a gostar de nos…e consequentemente, do outro… Aqui, ninguém abdicou de nada, nesta discussão calorosa…Como queremos discutir formas de governos?Bom Dia, Vietnã!!!

      47. Concordo com a visão do Nicolas. Para vivermos numa sociedade humana, próspera e feliz é necessário ter o Senso de Coletividade, ou seja, responsabilidade que temos pelo grupo como um todo, e não individualmente. Isso é socialismo. A hierarquia existe, os potenciais são diferentes entre os indivíduos, por isso o mais forte ajuda o mais fraco, o mais rico ao necessitado, o mais inteligente ao menos inteligente, os corajosos aos medrosos, etc…

      48. Eu li e fiquei estupefato com uns detalhes… Como transformar uma sociedade inteira com o pensamento socialista? Cuba já está a 40 anos, ou seja, todas as pessoas ativas nasceram no socialismo e não pensam assim.
        Mas vamos entender que isso aconteceria que por um milagre… Só para seguir para o próximo ponto. Todos conseguiram o pensamento e então uma pessoa chega a conclusão que é melhor não fazer nada e mesmo com o milagre, não conseguem mudar o pensamento dele. O que fazer com ele? Deixar ele sem fazer nada e demonstrar seu exemplo para todos? Ou uma segunda opção… Ele é morto… Existe terceira?
        Mas vamos entender que esta pessoa não seja um preguiçoso. Vamos entender que esta pessoa se sente mais e quer mais que o que aquele local pode oferecer. Normal isso.
        Ele sair do país não seria um benefício para todos? Mas porque nestes países é sempre morto, perseguido, murado, etc… Não entendo isso. Alguém poderia me explicar? Alguém de esquerda, pois quem é de direita no Brasil pensa e tem respostas para estes problemas óbvios..

      49. Por isso que a perversa exploração comunista foi derrubada em 1989 na Rússia e Europa do Leste! Agora sobrou só você e o PT corrupto no Brasil!

      50. Não importa se tal história ocorreu ou não. Ela faz sentido. A partir do momento em que uma pessoa percebe que não é recompensada por seus esforços, e que o resultado de seus esforços irão para quem nunca se esforçou para nada, esta pessoa se iguala a quem não fez nada. Isso ocorre em qualquer país socialista. Não há meios de premiar o mérito, talento, empresas bem geridas. E se o socialismo é tão bom assim, por que os alemães comunistas construíram o muro?

      51. Sr. Nícolas, achei muito lindo e pratico seu comentário, mas por favor o senhor poderia me dizer qual país, lugar ou sei lá onde o tal socialismo / comunismo tenha realmente funcionado, pois até o dia de hoje nunca ninguém conseguiu provar a eficacia destes regimes, o senhor conseguiria na pratica mostrar um só país que vive as mil e uma maravilhas com estes regimes?

      52. Quem tem ceso de coletividade?…a pratica ja provou q socialismo nao da certo e já foi provado que a humanidade inteira nao é coletiva…é do ser humano..o ego…a falta de humildade…vc se contentar com pouco nao quer dizer q é coletivo…a palavra tem q ser comunhão…e só Deus nos torna em comunhão..o socialismo da certo sim..no paraíso…onde nos desprendemos do nosso eu….nao entra no céu quem nao sabe dividir..existem pessoas que se esforçam pra serem coletivas..mas basta uma nao ser que o sofrimento pode corromper a primeira…e isso não è ideologia..é a humanidade

      53. Se a humanidade tivesse uma maior evolução espiritual, como desapego, ego, talvez funcionasse, mas no contexto atual, é uma utopia, infelizmente. Uma coisa é patente, o senso do eu centrado será sempre maior, não consigo avaliar o quanto, do que o EU coletivo. A competição é um processo natural de superação e essa mesma traz evolução, pois qualquer animal, humano ou não, quer ser amado, respeitado e principalmente, apreciado, distinguido, um diferenciação que o faça sentir orgulho de si mesmo. No socialismo, não existe esse desejo de se superar, pois todos serão iguais sempre; essa é a verdadeira essência animal.

      54. Se a humanidade tivesse uma maior evolução espiritual, como desapego, ego, talvez funcionasse, mas no contexto atual, é uma utopia, infelizmente. Uma coisa é patente, o senso do eu centrado será sempre maior, não consigo avaliar o quanto, do que o EU coletivo. A competição é um processo natural de superação e essa mesma traz evolução, pois qualquer animal, humano ou não, quer ser amado, respeitado e principalmente, apreciado; distinguido. No socialismo, não existe esse desejo útil de se superar, pois todos serão iguais sempre; essa é a verdadeira essência animal.

      55. Capitalista: Os que estudam passam com boas notas / Os que não estudam não passam
        Socialista: Os que estudam passam na média por sustentar os que não passariam.

        Ou seja, A diferença está na consequencia. Se todos estudassem e passassem com média, nem chegariam a pensar no socialismo, logo porque todos passaram. Mas a “vantagem” do beneficio coletivo chama atenção a aqueles que não passaram. Então se num país todos tivessem aproveitado suas oportunidades no esforço proprio, não precisariamos de “assistencialismo” ou politicas de ajuda. Logo, não existiria comunismo.

        Conclusão: o comunismo cria preguiçosos que se aproveitaram da sociedade (A menos que você mate os preguiçosos, pois não é possivel extingui-los). E ai que chega a corrupção.
        A corrupção no capitalismo é provocado pela falta de ética e busca por atalhos para a riqueza, não pelo capitalismo em si. Agora, aquele que traí o “senso coletivo” co comunismo se aproveitando das vantagens governamentais não seria corrupto?

      56. Enquanto existir faculdades públicas e professores cheios de ideologias utópicas de sócio-comunismo nos bastidores dessas entidades, sempre haverá essa minoria de idiotas. “Eu tenho dito que todos alunos de faculdades publicas envolvidos nesses assuntos ideológicos da utopia socialista, é socialista até terminar o curso, ter que procurar um emprego, pagar suas próprias contas e impostos e comprar um IPhone”.

      57. A mentalidade socialista como citada não existe. Como todos animais, racionais ou não, certamente é declarado uma perspectiva de crescimento individual.

      58. E me diz qual ser humano, qual nacionalidade não mentalidade competitiva??? Até numa tribo e indios existe! Logo, não funciona em lugar nenhum!!
        Todo socialista deseja que as pessoas sejam ricas para pode consumir como um capitalista, logo são capitalistas! 😉

      59. A mentalidade foi a de justiça sem esforço, sem trabalho! Esta mentalidade predomina nos regimes socialistas e inclusive, se funcionasse, os países que adotaram este sistema não teriam abandonado!
        Vejo muitas pessoas que partiram do mesmo ponto, da mesma origem e enquanto uns se esforçam, se dedicam e prosperam, outras ficam estagnadas supondo que o governo tem obrigação de cuidar da sua vida!

      60. No entanto, todos acreditavam no socialismo, mesmo assim não deu certo. Nenhum caso de socialismo, no mundo inteiro, deu certo. É pura utopia.

      61. Querido Nicolas, sinto te tirar do mundo de Bob em que você parece viver… Se o socialismo fosse a melhor forma de governo, os países que como você supõe, tem “mentalidade socialista” não teriam que levantar muros e fechar fronteiras. Todas as gerações pós guerra, “nasceram socialistas”; entretanto, estão tão satisfeitas que vivem tentando fugir para as nações capitalistas…
        Sinto te dizer, o ser humano não aceita a igualdade, queremos ser superiores e isso inclui casas, carros e salários.
        Necessitamos provar que podemos sair do “rés do chão”!!!

      62. Isso que colocou é um ponto de vista vindo do coração…Então, colocarei um pedacinho do meu.
        Nenhum sistema de governo deu certo totalmente…senão… o comunismo seria o melhor…e assim sucessivamente…Bons ideais não morrem …não criam bolor…não oxidam…não fazem guerras buscando a paz..
        Por fim, um grande exemplo, o Amor de Cristo é o único Ideal que não morre…e, mesmo assim, estão matando pessoas por causa dessa “escolha” … temos guerras entre as Igrejas…
        Portanto, seja qual for o sistema de governo (ou religioso) … façamos nossa parte com Amor Verdadeiro…praticando os ensinamentos que mostra a Bíblia (Novo Testamento) e que foi vivido na prática, entre os primeiros cristãos, que com certeza, terão resultados melhores, até satisfatórios, neste mundo de mazelas e grandes sofrimentos desnecessários…pois esses ensinamentos praticados envolveram uma Unidade positiva, dentro das diversidades… Que acertam erros e sempre recomeçam buscando o melhor de si, a partir dos erros…visando sempre o Bem Comum. O Amor,quando colocado em pratica de Verdade, não tiraniza, ninguém fica desconfortável, injustiçado…não existe irresponsabilidade, desamor, e se ocorrer…sempre haverá a busca de melhores ações, melhores soluções…para não chegar na morte de cruz, porque morrer pregado na cruz, Ele já fez isso por nos…Hoje, é só exercitarmos as normas deixadas por Ele, colocar em prática Verdadeiramente,o que Ele ensinou mais de quantos milhões de anos? Esta é a solução…simples,assim…Obrigada!!!

      63. E você acredita que em um país com mais de 200 milhões de habitantes todos colaborariam para isso dar certo ou a maioria esperaria para mamar com o resultado dos outros? Assim como é hoje, não?

      1. Voce nao pode querer que um selvagem capitalista, viva como um indio em sua perfeita sintonia tribal, sao dois lados opostos em suas divergencia.

      2. Se fizermos um experimento como esse, o resultado será o mesmo. Todos serão reprovados, pois os alunos que estudam pouco estudarão menos ainda e os “nerdinhos” farão o mesmo…

    2. Acho que o grande xis da questão não é achar que socialismo é viável ou não. Já vimos pelas experiências históricas uma série de falhas, que possivelmente mostra que tal modelo não é tão eficaz quanto se esperava.
      Mas não devemos deixar de pensar em alternativas ao sistema econômico vigente, que, convenhamos, apresenta várias problemáticas que podem ser sentidas e vividas por nós atualmente.

    3. Exemplo para pensar e refletir sobre esse post!!! Estamos eu e tds aqui q curtiram o post, em uma escalada, todos fixados por um cabo de aço, e não há como cortá-lo. Qdo chegamos a 300 mts de altura, 20% dos escaladores falam: pessoal, me bateu uma vontade imensa de suicidar, não escalo mais, e se soltam da pedra!!!! A pergunta que fica é a seguinte: poreles serer suicidas e não querer mais escalar, nós vamos puxá-los p não morrermos, ou, de raiva, vamos nos suicidar também? Segundo o post, todos morrem, pois é impossível as pessoas se juntarem em prol de um bem comum e mto menos pelo seu próprio bem (afinal, ninguém quer carregar os outros nas costas…) Obs: não estou defendendo o socialismo, só mostrando o quanto esse exemplo é furado…

      1. James, os dois exemplos são bons mas não são perfeitos. São situações diferentes. No seu, por exemplo, é claro que 80% dos escaladores carregariam os 20% suicidas. Afinal os 80% querem sobreviver, são mais fortes – pois são em número bem maior – e conseguem carregar os 20% suicidas, fazendo um esforço extra. Mas, imaginemos, no seu próprio exemplo, se em vez de 20% suicidas fossem 40% suicidas. Será que os 60%, que querem sobreviver, conseguiriam fazer esforço extra para carregar os 40% suicidas e continuarem a escalada? Teriam força e resistência suficiente para isso? Até quando? Sinceramente, acho que cortariam o cabo de aço nesta condição. Provavelmente é o que os alunos A e B fariam com os alunos C e D – mudariam de sala ou até mesmo de escola para poderem passar de ano e continuar seus estudos.

      2. Sério? É esse tipo de “analogia” que você pretende usar? Quem está falando de se suicidar aqui. “Cai na real!” É mais fácil os outros se segurarem nas pedras e cortar a corda pro suicida se matar sozinho e não levar ninguém junto.

    4. Que contexto esdruxulo! Pra começar socialismo nunca existiu. Mensurações de funções sociais não se contabiliza! Uma classe tal sustentando outra que não produz , não existe no socialismo mas sim no capitalismo! Falar de economia capitalista usando socialismo é muito incoerente! Aff…. e assim caminha a humanidade!

      1. É melhor fazer este experimento na sala do que usar países como experimento e morrer mais de 100 milhões, como aconteceu em países comunistas

    5. Muito simples, interessante e inteligente essa analogia. O comunismo é bem isso, com um detalhe… normalmente quem cria o estado comunista, não vive como os demais, os “comuns” a todos. Os idealizadores sempre vivem na riqueza.

    6. NA FICÇÃO QUE AQUI FOI CRIADA, ATÉ PODERIA PARECER QUE SIM, SE NÃO FOSSE O EXEMPLO DO JAPÃO… E MAIS, A PRÓPRIA CONDIÇÃO ATUAL DO BRASIL NA ÚLTIMA DÉCADA, QUE DESPONTOU
      ENTRE AS MAIORES ECONOMIAS DO MUNDO, MESMO TENDO APENAS MEIO SÉCULO DE VIDA, DEPOIS DE ESTAR SOBRE O JULGO E PODER DO MUNDO CAPITALISTA (EUA). TEMOS HOJE O RESPEITO E ADMIRAÇÃO DE PAÍSES COM MAIS DE 2.000 ANOS DE VIDA. QUEM SABE ESTAMOS CAMINHANDO PARA UMA CONDIÇÃO MAIS HUMANA DA SOCIEDADE CAPITALISTA QUE NÃO QUER UM PAIS PARA TODOS, MAS SIM UM PAIS APENAS PARA SI.

      1. Iran, o que têm Japão e Brasil a ver com o exemplo? Os dois são socialistas, por acaso? O Brasil não tem meio século de vida. Não é “julgo” de julgar; é “jugo”. Não temos respeito e admiração de país nenhum, e país nenhum que conheço tem 2000 anos de vida. Por fim, se a sociedade capitalista é o país inteiro, exceto comunidades alternativas minúsculas, então o país inteiro quer o país inteiro todo para si, e isso é redundante e ridículo de se afirmar.

      2. Você está enganado Iran, pesquise melhor e verá que a economia cresceu mesmo, sem o artifício de corrupção e avanço nos cofres públicos e aumento da dívida interna, assustadoramente, a fim de pagar a externa, na época dos presidentes militares, aqueles, contra os quais a esquerda mentirosa, joga culpas que não existiram, seguindo a agenda de desvalorização das FFAA, na América Latina, pelo Foro de são Paulo.
        Eles, sim aumentaram o PIB, e elevaram o Brasil à 8ª potência mundial! Os governos socialistas, desde FHC, só vieram destruindo uma Economia e avanços tecnológicos, educacionais, na saúde e foram corroendo o país, até onde chegamos, no total desgoverno! Todos seguindo a cartilha de Marx, um depravado, que jamais colocou seus pés em uma fábrica, viveu às custas do sogro, traiu a mulher com a garota que criava, menor e plagiou o livro de seu melhor amigo Engel! Este, o ícone da esquerda, escreveu o Capital, loucuras desvairadoas de um bêbado contumaz, que jamais estudou sobre Economia de mercado!

    7. Que artigo bem burro!!! socialismo não tem nada a ver com isso que foi colocado!
      Por outro lado, o socialismo nos moldes propostos é nasceu utópico e permanecerá utópico pra sempre!
      O que se vive no Brasil e em outro países é a política assistencial, que existe em toda a Europa há mais de 50 anos!!!
      Só que a maioria que comentou aqui, que é egoísta, pra dizer o mínimo, só aceita o assistencialismo quando torce um tornozelo e vai pro hospital tirar uma “chapa” e enfaixar o pé de “graça”.
      Pensem: o Brasil é o único país do mundo ocidental com esse tamanho e população em que existe saúde pública! Isso é muita ousadia e pretensão, aos olhos do resto do mundo! Sofra um acidente doméstico nos EUA pra ver o preju que dá!
      Acredito muito no avanço das políticas públicas assistenciais e de inclusão. Torço para que elas sejam por tempo determinado ou que, ao menos, se perceba uma diminuição gradual do número de pessoas que precisem utilizar esses benefícios!

      Repito, o artigo além de ter toda a cara de ser fake da internet, é completamente burro e estúpido

      1. Eduardo

        Você é como a maioria da população do Brasil. Tem uma mistura do que acha que é socialismo e capitalismo e isso é triste.
        Marx e Engels criaram o Comunismo e na ideia deles só seria conseguido com o Novo Homem e este só conseguiria ser criado no Socialismo, que seria a primeira fase do processo.
        Ninguém está falando de Pierre Leroux, Robert Owen, Marie Roch Louis Reybaud ou outros e sim do socialismo Marxista, que é este que você conhece. Para Leroux, o socialismo é “a doutrina que não desistiria dos princípios de Liberdade, Igualdade e Fraternidade” e não tem nada a ver com nada, nem com o texto e nem com o que você diz.
        Em resumo, sim. Este texto tem a ver com a teoria Marxista de socialismo e sim. É uma utopia.
        Assistencialismo é parte da lógica socialista, assim como empresas estatais. Concordo em partes com você, quando entende que quem é capitalista e se usa do socialismo é uma pessoa hipócrita. Mas vamos concordar também que muitos socialistas, na sua grande maioria de 100% também o é. Dizer que quando se fabrica um computador se gera o “mais valia” e isso rouba do pobre trabalhador algo que é dele, faz de você um hipócrita esquerdista usando um computador que escravizou alguém em sua fabricação.
        É você querendo que eu mude minha vida para que a justiça chegue ao pobre indivíduo vítima de tal crime. Você querendo que a humanidade mude para que ela atinja uma lógica moral SUA.
        Estendo esta lógica para o egoísmo. Não vejo como eu possa dar para os outros algo que eu não tenho ou que me faz falta. Isso seria altruísmo.
        Altruísmo não é dividir o que eu tenho com os outros. Altruísmo é dar para os outros em detrimento a mim mesmo. Não é pagar um hospital particular para salvar minha esposa, gastando meu dinheiro com ela. Ela é uma pessoa que tem valor para mim e muito, então eu não estou gastando meu dinheiro com ela. Eu estou salvando algo que dou mais importância que o dinheiro que estou gastando. Altruísmo é deixar minha esposa morrer para salvar a esposa de outro, ou seja, você está sendo egoísta. Sei que são conceitos pesados e difíceis de serem entendidos, mas é disso que se trata.
        Eu também sou a favor de políticas sociais e de inclusão e lembre-se que sou mais de direita que a pessoa mais à direita que você já viu na vida. E concordo que deva ser por tempo limitado. Nisso concordamos.
        Mas alguma vez alguém pensou em fazer para que isso aconteça? Imagine hoje, do nada e sem avisos, cortarem o Bolsa Família. Creio que muitas pessoas passem fome, mais até do que quando implantado. Estas políticas são para destruir o capitalismo e não para ajudar as pessoas. Você quer ajudar estas pessoas? Coloque como requisito que estas estejam cursando escolas e que suas notas sejam indicadores de valores a serem recebidos. Em 10 anos, teríamos mais de 80% das pessoas com ensino completo, seja normal ou completo e o analfabetismo destes estaria em 0%. Mas ou eu sou um gênio ou eles são burros demais.
        O fato do texto ser fake ou não é irrelevante. Você sabe que isso aconteceria se implementado.
        O que você tem que entender mesmo é que a economia não é de soma zero, ou seja, um tem que perder para outro ganhar. Este é um dos fatos mais importantes e que todos os esquerdistas desconhecem. Entendem que a economia é um bolo que já nasce inteiro e que quando um come mais, outro come menos. Isso é um fato.
        Para explicar isso, vamos dizer que os impostos para bancos, coisa que esquerdista odeia, seja alterado para 95%. Você vai pensar agora “Nada mais justo que isso”.
        Mas os donos do banco não recebem mesada dos pais e o imposto seria 95% da mesada. Quem vai pagar isso é VOCÊ! O lucro do banco vem de VOCÊ! Quem vai perder não é o dono do banco e sim VOCÊ!
        Este imposto vai para o governo para ajudar quem não tem dinheiro no banco. O dinheiro foi tirado de VOCÊ para dar para quem não tem. Em resumo… Sim… Tira-se de quem tem para dar a quem não tem.
        Se não entendeu agora, lamento. Economia é uma coisa séria e viva. Ninguém controla. Ela faz o que ela quer com base nos atos que quem governa.
        Uma pessoa com uma lógica econômica pobre apoia algo que vai contra ela pela simples falta de conhecimento.
        É como meu filho… “- Não tem dinheiro? Dá um cheque!”. Imagine se eu sigo o conselho deste economista mirim ou o seu…

    8. Nem um dos dois sistemas vai perdurar, um vai contra a necessidade que a maioria tem em estar em uma posição de superioridade em relação a outros. O outro certamente levara ao esgotamento de recursos ,pois não são infinitos.
      Vi comentários absurdos sobre “socialismo é tirar de de quem produz para dar para quem não produz “, é uma bobagem dizer isto ,o socialismo nunca pregou isto, são apenas falacias. A maioria dos pseudo intelectuais pelo que vejo “nem sabe o que é socialismo”.

    9. Na prática, nenhum sistema financeiro/econômico humano se faz justo e nenhum governo, realmente governa para o povo e pelo povo.
      Mesmo em uma sociedade/coletividade que se mostre IGUALITÁRIA, como parece ser uma colmeia ou um formigueiro de saúvas e até um cupinzeiro, há divisões de classes, embora sim, funcionem muito bem e prosperem, mas levando em conta, que são criaturas que tem alguns milhões de anos de evolução e a genética destes, atuando conjuntamente com o ambiente em que vivem, trabalham incansavelmente com a necessidade primordial pela sobrevivência da espécie.
      Mas nos sistemas humanos, nunca haverá de fato, um sistema (capitalismo, socialismo, comunismo, nazismo, facismo, monarquia, impérios, etc, etc, etc), que possa favorecer a grande base da pirâmide social, a grande massa e é bem simples compreender isto, devido a um único fator…o ser humano busca e sempre buscará PODER e quem tem o PODER, seja ele como for (conhecimento, riquezas, posses, status, controle social, força, empatia, medo, etc, etc, etc), fará o possível para que esse PODER nunca seja tirado ou perdido.
      O PODER e em sua forma máxima, O PODER ABSOLUTO destrói, aniquila, corrompe, extingue, qualquer que seja o indivíduo ou grupo de indivíduos que faça uso dele para atingir por quaisquer meios que sejam necessários, o fim almejado.
      Se os próprios seres humanos, que tem compaixão, podem amar, podem compartilhar com o próximo, tudo o que tem de melhor, se matam quando já começa a faltar alguns dos itens mais básicos, para uma sobrevivência que não seja nem de perto, notada como digna, quem dirá daqueles que tem praticamente tudo nas mãos e não vão deixar de mão beijada o que possuem…certamente, acham mais conveniente praticar genocídio em massa e assim resolver o “problema”.

    10. Duvido que metade do pessoal que apoia o que está escrito neste texto. Pagaram pelo seu Windows, Office, e todos os programas do computador. E duvido muito menos que usem em sua grande maioria software ou apps pagos. Só isso já rebaixa o respeito das pessoas que defendem esse texto. Além disso, mostra como essas pessoas absurdamente fracas em suas atitudes. Mas tudo bem, vamos levando a hipocrisia humana a diante.

    11. Senhores, esse experimento não tem absolutamente nada a ver com qualquer conceito de socialismo que se preze.
      As democracias sociais européias foram um exemplo de uma forma de socialismo. As diferenças de poder aquisitivo foram diminuidas e em alguns países, como a Suécia se mantiveram assim.
      Um conceito básico do socialismo é a premissa ‘De cada um segundo sua capacidade e a cada um segundo sua necessidade.” Os homens não são ‘iguais’ enquanto indivíduos mas são iguais quanto aos direitos.
      Todos os homens tem direito a educação, moradia digna, alimentação, saúde e trabalho.
      Isto não está escrito em nenhum livro de Marx, Lenin, Mao Tsé Tung ou Trotsky.
      Isso está escrito na Declaração Universal dos Direitos do Homem.

      Socialismo NÃO tem nada a ver com Comunismo. Já existiam socialistas antes de Marx escrever sua obra.
      Nenhum ‘compêndio’ sério sobre socialismo apresenta algo como o experimento relatado.
      O conceito básico de democracia moderna – um governo eleito pela maioria da sociedade e com sufrágio universal – foi obra de socialistas que se opunham à aristocracia.
      Pela constituição de um governo DO povo e PARA o povo.

      Com a capacidade produtiva da Humanidade nos dias que correm, é uma declaração de incompetência da governança mundial ainda existir pobreza extrema no mundo.

    12. Nicolas, o que você não percebe, é que o ser humano ele tem necessidades individuais. A pirâmide de Maslow é muito simples e fácil de entender… todo o ser humano tem necessidades básicas, sociais, profissionais. Se você tira a possibilidade de realizações do topo da pirâmide que são as realizações pessoais, você compromete toda a base da pirâmide, uma vez que tudo será movido pela busca pela parte mais alta da pirâmide. Isso não nos torna ruins, é apenas o que nos fez sair das cavernas para os apartamentos com home theater… consegue compreender isso? O socialismo é um sistema pensado por um vagabundo que teve 7 filhos, sendo que 4 morreram na infância por causa da miséria que ele impôs a sua família, era sustentado por um amigo (rico, estranho não?) depois que acabou com as economias da esposa que teve todas as suas joias de casamento penhoradas para sustentar o vagabundo que ainda a traiu. Esse é o socialismo, cheio de contradições e utopias…

    13. Tatcher tem razão e digo isso por uma experiência real de pessoa próxima. Essa pessoa é comunista atuante, membro de um dos PCs. Certa vez se candidatou a um cargo eletivo. Mesmo recebendo, sempre, no Facebook, muitos elogios por sua atuação e liderança e tendo muitos seguidores, os companheiros não o ajudaram. Com a maior simplicidade e naturalidade, foi pedir a uma parente para interceder junto aos amigos empresários (evidentemente capitalistas) para bancar e/ou ajudar financeiramente……pensar o quê?

    14. Vou expressar aqui minha opinião para tentar de fato diminuir essas dúvidas.

      Vcs poderiam realmente imaginar os sistemas capitalistas e socialistas em conflito. Eu faria a seguinte pergunta qual o interesse individual ou coletivo ? A ideologia perfeita ou humana?

      Bem depois dessas perguntas teria as respostas
      Coletivo vamos pensar no bem de todos (pensamento evoluido)
      Individual vou pensar em mim e nos meus diretos e no que posso ganhar

      Perfeito ou ideológico um sistema impossível em nossa atual realidade talvez só Jesus Cristo tenha chegado a tal nível de evolução ou outros profetas

      Humano é o nosso atualmente

      Então a resposta seria a seguinte.
      Para que nosso sistema fosse socialista teríamos de ser perfeitos “risadas” isso não vem da humanidade nem chegaremos perto dessa ideologia.

      Eu não conseguiria viver em sistema desses, pois eu mesmo não teria esse preparo, essa ideologia, não sou perfeito, mas pretendo como Jesus Cristo mesmo disse “ama teu próximo como a ti mesmo”

    15. Este texto é de uma imbecilidade gritante! Faz tábula rasa de um assunto que exige sólidos conhecimentos. Parece argumento de vendedor pra cima de consumidor desinformado. Francamente.

    16. Leandro Karnal já disse e reforço… a guerra fria acabou em 1989 e a divisão entre capital e social já foi negociada na conferência de Postdam em 1945… a pólvora também já foi inventada e a roda idem… a China emergiu como potência capitalista (mesmo que capitalismo estatal) e armamentista e hoje é maior credora dos capitalistas capitalistas… essa explicação já foi dada em 1952 naquilo que foi tachada como a primeira intervenção comunista nos eua… vir com esse argumento agora, só mostra que muitos ainda não sabem que já inventaram o aeroplano e que foi um brasileiro que implementou o design adotado até hoje. Agora parem de birras e vão estudar atualidades e politicas sociais do século XXI… é verdade, to zuando não, já chegamos nos anos 2000…

    17. Bem, na verdade, isso que o professor fez não foi um experimento “socialista”, e sim um experimento em teoria dos jogos – no caso, o jogo do easy rider. De fato, foi um experimento “viciado”, que não isolou adequadamente outras variáveis que certamente exercem influência sobre o resultado final.

      Uma das variáveis é a mentalidade individualista egocêntrica: pressupõe-se que todos os alunos são egocêntricos ou indiferentes aos colegas. Tal variável certamente influencia o resultado.

      Poderíamos isolar tal variável, fazendo a experiência em uma turma composta por pessoas generosas, amigas, altruístas etc. Neste caso, quando identificassem um dos colegas com dificuldades em tirar notas mais altas, os colegas rapidamente sairiam em seu auxílio, tentando descobrir as razões pelas quais o colega tem rendimento pior, tentando atacar tais razões etc. Aí o resultado seria diferente.

      Poder-se-ia fazer o experimento em uma sala composta por executivos corporativos condicionados à lógica hipercompetitiva, ególatra etc. Poder-se-ia fazer o experimento em uma sala composta por amigos, ou por monges budistas etc.

      Se em todos estes casos o resultado sempre for o mesmo (a diminuição da nota geral até acarretar a reprovação de todos), se formos capazes de identificar as variáveis que interferem no resultado final, etc, aí poderemos levar a sério o experimento.

      Estou apenas procurando pensar cientificamente.

  1. Como sempre neoliberalismo fajuto. Não se trata de socializar a riqueza desprezando as potencialidades do indivíduo e seu empreendedorismo. Trata-se antes, da necessidade de se corrigir um sistema excludente que vem concentrando a riqueza, seja através do dificuldade se acesso à educação, à propriedade, seja através do desenvolvimento tecnológico cada vez mais controlado pelas grandes corporações internacionais. A crise de 2008 não teve praticamente nenhum punido. Os asiáticos trabalham em regime de escravidão pra as empresas como americanas e ninguém se escandaliza? Poupe-me então de experimentos acadêmicos sem a menor sensibilidade com o mundo real. Alguma coisa precisa ser feita para se corrigir essas injustiças. Pela via das instituições democráticas é óbvio.

    1. Democracias de braço em alto. O Sr. esteve alguma vez na União de Republicas Socialistas o em alguns dos países do este da Europa antes da queda do muro de Berlim?

      1. Duvido que metade do pessoal que apoia o que está escrito neste texto. Pagaram pelo seu Windows, Office, e todos os programas do computador. E duvido muito menos que usem em sua grande maioria software ou apps pagos. Só isso já rebaixa o respeito das pessoas que defendem esse texto. Além disso, mostra como essas pessoas absurdamente fracas em suas atitudes. Mas tudo bem, vamos levando a hipocrisia humana a diante.

      1. Concordo , pode ver que o blogueiro fez questão de citar cuba ,associando brasil etc. E só para efeito de critica ao governo. Citou até a china , que e governo comunista mas a economia é capitalista .

    2. Sua resposta não faz sentido algum.
      É disso que se trata do comunismo/socialismo, igualdade social, o que nunca irá acontecer em um sociedade justa, pois sempre irá have aqueles que tem impeto em estudar e se dedicar e a aqueles que não o querem vemos isso em todas sociedade evoluídas como Noruega,Suiça etc.. que possuem os maiores índices de IDH mesmo assim há pessoas pobres por simplesmente escolheram esse caminho a oportunidade foi igual a todos mas por motivos pessoais(drogas,alcool, fraca emocionalmente ou mesmo sem objetivos) não querem trabalhar ou viver dignamente.

      Somo serem humanos peculiares todas são diferentes entre si do DNA a aparência fisica, massificar isso é um erro mortal.

      1. Não sei da onde tiram esta ideia de o socialismo que dar tudo de graça para quem não faz nada, que bobagem! E dá uma olhada neste notícia da suiça “Suíça votará projeto de Bolsa Família no valor de quase R$ 6.000 por pessoa” por causa disto vão taxar de socialistas” ?.

    3. Vc falou, falou, misturou alhos com bugalhos e nao disse absolutamente nada. Ja que esta querendo usar exemplos, olhe para Cuba, Coreia do Norte, URSS do sec xx, qualquer lugar que tenha tentado (ou pelo menos diga que tenha tentado) implantar o socialismo e vera que isso eh o mais absoluto e retumbante fracasso!!! Tem o exemplo atual da Venezuela, logo aqui do nosso lado. Vai la ver como funciona o sistema! Mas nao se esqueça de levar seu proprio papel higienico, ja que os proprios hoteis estao dando essa dica. La nao ha tal produto, so em paises capitalistas imperialistas, nao eh mesmo?

    4. Luiz Soares, perfeito. É exatamente isso. Alguns comentários anteriores me assustaram. E como levam em conta um suposto episódio tão mal fundamentado.

    5. Falando de Brasil, a crise de 2008 nem fez muito efeito por aqui. Pagamos muito em impostos e ainda assim o governo não consegue suprir as necessidades da população, porque? Porque o dinheiro público tem sido muito mal administrado pelo governo, além da alta taxa de corrupção que existe com o governo. Porque um rico, uma empresa esta gerando muitos empregos e agregando muito valor a sociedade. Governo não investe em tecnologia, educação, terceiriza a saúde.. Entre outras coisas. Não vejo culpa nas grandes empresas internacionais. Os asiáticos, posso dizer que tem muitas empresas chinas grandes vindo aí, engolindo o mercado.. E sobre seu povo deveria se mexer para não aceitar esse regime escravo.. Não adianta se revoltar com a situação ou injustiça deles, se os mesmo não fazem nada!

  2. Eu realmente estava começando a acreditar no que estava escrito no texto até ler que Brasil e Argentina estão à caminho do socialismo. Quem me dera.

    1. Achar que o socialismo é bom vivendo no Brasil é lindo, né! Vai pra Coreia do Norte e deixa a gente ser feliz! Sai pra lá macumba.

    2. Você sabe oque é socialismo? Temos o uns mercado mais fechados do mundo, temos um ministério dos direitos humanos, ministério GLBT e um ministerio dos negros e causas racias( seja lá o que for isso ), temos ainda interferência direta do estado na economia banco central, taxa de juros e cambio controlado pelo governo ( o que causou a quebra da economia do país) liberdade de imprensa ameaçada a todo momento, usamos mais dinheiro com social do que pra investimentos em infraestrutura ( isso é o socialismo puro) investimos 25 bilhões em bolsa família e apenas 13 bilhões em segurança publica.

      E ainda me diz que não estamos no socialismo? ou você não sabe do que se trata ou se faz de imbecil.

    3. E não estão? Bolsa familia, bolsa crack, bolsa puta, bolsa presidiário, faculdade de graça, desonerações para setores e empresas específicas, financiamento de portos e aeroportos em outros países, tudo isso pago com dinheiro dos impostos que nós pagamos, e os maiores pagadores de impostos são os ricos. É uma forma silenciosa de “socializar” o dinheiro dos mais ricos com os mais pobres, porém causando os diversos efeitos colaterais citados no texto.

      1. “e os maiores pagadores de impostos são os ricos” Em que país vc vive??? Com certeza não pode ser nem sonhando, no Brasil!!!

      2. Foi por isso que sai do Brasil e fui morar em um pais capitalista EUA . aqui eu sou valorizado por quem sou e oque eu sei fazer de melhor . acho meu salario justo. A cada dia vejo que fiz a escolha certa , Mas nao pense que isto aqui e para todos . so aqueles no qual tem ”peito” consegue vencer . de outra forma procure um pais socialista e va viver de assistencialismo pagos por alto tributos da classe MEDIA . Classe rica nao paga tributo repassa para a classe media e pobre nao tem como pagar .

      3. Exato, Wesley, e igualando sim, todos na miséria escravocata que o social comunismo sempre fez, onde se instalou! Agora, Fidel, Lula, Lulinha< Dilma, Maduro< Chê, Kim Jon Um, etc, todos bilionários e gastando o nosso dinheiro suado de impostos, de quem trabalha!

  3. Tudo bem, concordo com o resultado, só q se ninguem nunca tinha tomado pau na matéria a média da turma deveria ser acima da média tbm né.

    1. Obvio que isso e apenas uma historinha. Mas considerando que se vc tira D na primeira prova, vc se mata de estudar p na ultima tirar A.
      No caso do socialismo, esses que tiraram D e puxaram a media p baixo, n tiveram motivo p se esforcar.

      Os bons soh se contentam com A, mas muitos aceitam um C

    2. Não. Se você prestar a atenção na evolução, a primeira nota foi B para todos, e, como em toda turma independente do curso, alguns alunos não tinham sequer lido algo antes da prova, esses mesmos alunos resolveram então não estudar mais e viver nas custas dos “CDF’s”. Ja os mais inteligentes viram o resultado e acharam injusto, e para dar o troco não estudaram mais para as provas e acabaram sendo reprovados juntos… esse resultado ocorreu por conta da desunião das pessoas. Em resposta vimos que o Socialismo é uma utopia não por ser um sistema falho de governo, mas sim por nós sermos tão egoístas.

      1. Egoísmo é primeiramente um instinto, se você não for minimamente egoísta você morre, se quer quebrar esse conceito, doe tudo que você tem, e se ganhar algo, doe, e no final morra de fome.
        Não adianta remar contra a natureza na hora de criar uma teoria, se não ela te estraçalha, socialismo é um fracasso e ponto final cara.

      2. Sinceramente eu achei excelente, não é questão de sermos egoístas, pense bem, se todos temos o mesmo salário, um gari ganharia o mesmo que um médico, sendo que o gari precisa de no máximo ensino médio, já o médico fica 3, 4, 5 anos estudando para ganhar o mesmo tanto que alguém que não estuda nem a metade? As pessoas iriam parar de estudar porque não iriam precisar se esforçar para ganhar o mesmo tanto que os outros que se esforçaram.

      3. Desculpa cara, vc daria metade do seu salário para uma pessoa que não gosta de trabalhar? Que vive na farra, festa, bebida, mulheres enquanto vc acorda às 6:00 todos os dias da semana?! Não, pra isto eu sou bem egoístá! Não passei 5 anos da minha vida numa faculdade pra sustentar vagabundo, socialismo não funciona!

      4. Usou a palavra certa utopia. Mas temos que trabalhar com a realidade, não podemos mudar os fatos para que se encaixem em nossa teorias, e sim alterarmos as teorias pra que se encaixem com os fatos, logo se um sistema de governo exige que a natureza humana seja alterada pra ser funcional é um sistema falho.

      5. É na verdade apenas uma questão de egoísmo, o que se quer demonstrar aqui.
        Não tem nada a ver com comunismo ou capitalismo, tem apenas que ver com egoísmo e injustiça, porque o grande problema é que o facto de se esforçar muito também não quer dizer que tenha um A e nem que um aluno que não se esforça nada, não o tenha também.
        Se fosse para denegrir o capitalismo teriam feito uma experiência em que haveria uns grupinhos fechados que deixavam copiar uns pelos outros, dando A a todos dentro desse grupo, bons alunos ou não e deixando os outros de fora.
        Acrescentaria que o professor até fornecia os exames a esse grupo com antecedência, sendo necessário um outro fora do grupo ser realmente excecional para tirar uma nota semelhante, e todos os mais comuns excluídos das melhores oportunidades, e dir-se-ia legitimamente, porque é com base nas suas notas.
        Ficaria então provado que o socialismo é utopia e o capitalismo é corrupção, injustiça e negação de comunidade.
        Será realmente assim?

      1. Quer dizer que ninguém vai te sustentar, essa é a base do socialismo, alguém trabalha te o que ralou pra ter retirar e alguém é sustentado com isso, e ninguém quer pagar a boa vida dos outros.
        cada um tem de correr atrás da sua ou a coisa não anda.

      2. que se a classe pensasse no coletivo e não no individualismo eles teriam todos as mesmas notas… se não tivesse a turma do deixa que os outros estudem pra mim, todos passariam de ano e aprenderiam a matéria, e ainda provariam para o professor que é um sistema que funciona.

      3. “Sinceramente eu achei excelente, não é questão de sermos egoístas, pense bem, se todos temos o mesmo salário, um gari ganharia o mesmo que um médico, sendo que o gari precisa de no máximo ensino médio, já o médico fica 3, 4, 5 anos estudando para ganhar o mesmo tanto que alguém que não estuda nem a metade? As pessoas iriam parar de estudar porque não iriam precisar se esforçar para ganhar o mesmo tanto que os outros que se esforçaram.”

        Sinceramente fico triste ao ver que no momento que o mundo vive hoje pessoas ainda pensam assim, que realmente o trampo de um gari vale menos que de um medico APENAS por conta do seu grau de escolaridade. Doutorado, Mestrado, Graduação, Ensino Médio, Ensino Fundamental não deveria ser parâmetro para salários, isso não determina a importância das profissões, são apenas classificações de uma competição inventada, competição essa que nem sempre inicia com todos participantes na mesma linha de partida, isso desde criança. Idade que se fossemos estimulados a coletividade, o fato narrado acima não teria ocorrido como ocorreu. Por isso digo, se ele fez medicina é pq ele tem grana, e teve a oportunidade de estudar em ótimos colégios p bancar a entrada em um curso desse, o qual sabemos que somente quem tem “condições” que cursa. Com certeza o gari que recolhe a “delicia” do seu lixo não teve a oportunidade por “n” motivos que sabemos, citando apenas um, a qualidade das escolas publicas, mesmo quem se dedica muitas vezes não consegue estudar 3, 4 ou 5 anos integral, pois precisa trampa p muitas vezes ajudar em casa a pagar as contas….enfim, agradeça que os garis aceitam ganhar o que ganham e não fazem uma revolução pois, se eles soubessem a importância do seu serviço p sociedade cobrariam o dobro do salario do médico, afinal de que adianta APENAS o médico se a rua ta cheia de lixo? Ele teria é trabalho em dobro, por conta das doenças causadas por problemas sanitários.

    3. Mas a questão é essa, antes era cada um por si, cada aluno estudava pra passar, desse modo que o professor fez os alunos ficaram esperando o outro pra se beneficiar

      1. ahahaha tem uns comentarios que até eu me senti Fidel Castro… Não fiz meu comentario como apologia ao Socialismo, pois foi como eu disse, é uma Utopia e não se encaixaria na realidade do mundo de hoje. Acho que poderia existir uma adaptação do Socialismo em um governo capitalista… por exemplo, na irlanda (usarei irlanda como exemplo pois sei como funciona nesse pais, nos outros, como nunca morei, não sei com certeza então acho melhor não opinar) um funcionário sem ensino superior, ou que não trabalhe em cargo de chefia, ganha 8,65 “Eurekas” por Hora trabalhada, seja esse empregado gari, garçom, promoter, lavador de prato, faxineiro, porteiro de hotel, recepcionista… enfim, podemos dizer que existe uma igualdade salarial. Porém alguns cargos exigem mais horas trabalhadas, ou o proprio trabalhador, pode optar por trabalhar mais horas caso queira ganhar mais, ou trabalhar menos horas caso queira descansar mais, assim mesmo funcionarios com o mesmo salario/hora, podem ganhar valores diferentes no final da semana, ou mês pelo simples fato de ter trabalhado mais….No Brasil, ja trabalhei em diversos ambientes de trabalhos onde uma pessoa ganhava muito mais que eu e eu trabalhava muito mais que essa pessoa, e tinhamos cargos iguais, porém era meu primeiro ano na empresa e essa pessoa ja estava na empresa, no mesmo cargo a 5 ano, por iso tinha um salario maior que o meu, o que era muito injusto. Não estou dizendo que meu chefe deveria dividir o salario do meu colega comigo ou com os outros funcionarios, mas que todos deveriam receber o mesmo salario/hora, e quem trabalahar de verdade, quem gostar de trabalhar, quem acorda cedo pois gosta de se sentir util em uma sociedade ou organização, recebera mais do que o vagabundo que coça o saco o dia todo e não faz porra nenhuma, chega atrasado e sai mais cedo.

  4. Um sistema igualitário nunca funcionaria com alunos individualistas. Agora, ensinando o altruísmo, a igualdade e a lógica cooperativa para os alunos desde pequenos, apesar das diferenças de cada ser humano, o resultado do experimento seria diferente. Não se trata de socialismo ou capitalismo, se trata de cooperação ou competição. A natureza humana é colaborativa e social, mas desde pequenos ensinamos a competição para os alunos, gerando pessoas majoritariamente individualistas.

    1. Mas quem garante que “a natureza humana é colaborativa e social”? Não se pode afirmar isso, meu caro, é apenas um achismo.

    2. Nao tem essa. Nao tem essa de ensinar altruismo qnd se esta falando de recompensa por esforco individual.
      Como posso ser altruista se em vez de ir p balada me mato de estudar e os outros estao curtindo?

      O socialismo eh um fracasso, assim como seu nlablabla de altruismo.

      1. Porque você pensa assim e pra você é impossível que outra pessoa pense de forma diferente. Você pensaria que estaria perdendo de deixar de se divertir para estudar enquanto outras pessoas poderiam se divertir. É o pensamento “ninguém pode me passar a perna”, “tenho que tirar vantagem de tudo sem deixar ninguém tirar vantagem de mim”. A média de pessoas como você é muito alta, então esse seu comentário se torna completamente desnecessário já que é chover no molhado. Mais do mesmo.

    3. eu não sou obrigada a dividir o que é meu com os outros, mas eu posso por boa fé ajudar os outros, e você não precisa ser ensinado sobre isso. Isso vai de cada um, belo exemplo é você que diz que foi criado a competir e ser individualista, mas não é. É isso que que no fundo esse professor quis mostrar, que se o sistema obriga a vaca vai para o brejo, pq virou sistematico e quando a colaboração é feita por puro prazer e vontade é muito melhor, cada um faz o que achar melhor simples assim.

    4. por mais, que vc tente ensinar, sempre te um, que vai pensar diferente do outro, mesmo vc ensinando 1 vai pensar diferente são varias personalidades diferentes. por isso que eles tenta acabar com a educação para deixar a pessoas alienada e facil de controlar, o ser humano não é um robo, que vc programar ele, para pensar apenas de um maneira, sempre vai ter alguem querendo se escorar no outro, isso tbm é da natureza humana, a natureza um humana tem vara características.

      1. Exatamente. Sempre tem um “espertalhao” que vai se escorar e nao fazer a parte dele. Tb concordo que isso a longo prazo nao iria funcionar. O ser humano tem aquele problema q tem q ter mais q o.outro. carro.melhor, casa melhor, piscina maior, etc. Num pais onde todos teriam o mesmo isso iria gerar conflitos maiores.

    5. a natureza humana é colaborativa, sim, mas de forma individual, nunca igualitária, temos gostos diferentes, objetivos diferentes, histórias diferentes, biotipos diferentes, vidas diferentes.
      Cada um faz a sua, e sem querer faz a de outro, seja criando um emprego, ou um produto que ajude as pessoas ao seu redor em alguma coisa, isso já é altruísmo mais que suficiente e é isso que faz o desenvolvimento.
      Igualdade? lógica cooperativa? vê se acorda amigo, temos de ensinar individualismo e independencia, não a viver num mundinho de ilusões e a ser dependente.!

    6. Se você ensinar o seu filho a ser cooperativo e altruísta, seu vizinho vai ensinar o filho dele a ser individualista e competitivo, e ele vai superar o seu filho no mercado de trabalho. No mercado não interessa se você é competitivo ou cooperativo, o que interessa é entregar resultado. Se for necessário cooperação para se auto-promover, o filho do seu vizinho conseguirá “emular” um espírito de equipe (procurando benefício próprio, é claro), mas quando chegar uma hora em que o seu filho terá que pensar em si e apenas em si, ele não conseguirá. Em teoria dos jogos (uma área da economia), essa situação é conhecida como Equilíbrio de Nash sub-ótimo. Embora a cooperação seja melhor do que a de competição para todos (ou para a grande maioria), quem tentar sair dessa situação vai se prejudicar, então ninguém tem incentivos para mudar. E tentar impor essas mudanças gera inventivos para alguns se desviarem do comportamento esperado em busca de ganhos individuais, prejudicando os “honestos”. Resumo: o buraco é muuuuuito mais em baixo, e esse espírito individualista só vai diminuir com mudanças culturais vindas de dentro da sociedade, não de fora. Não espere ver essa mudança no Brasil pelos próximos 100 anos, no mínimo.

    7. Muito bom seu comentário, a seleção natural tratará de eliminar os métodos de ensino que nao se adaptam ao século atual, o que pode nao ser verdade daqui uns anos

  5. Antes de mais nada, é fake. Analisando a ESTÓRIA, o professor apenas aplicou o capitalismo hahahaha e refletiu nossa sociedade atual (diga-se de passagem é capitalista e não socialista)… O importante era que todos aprendessem, sem provas e sem meritocracia e que o aprendizado fosse utilizado igualmente por todos para a construção e desenvolvimento igualitário. Esse texto não faz o menor sentido, além de não refletir os ideais do socialismo ou do comunismo.

  6. Só se for a tua natureza ( Deves ser um santo)….A Natureza do Homem é sair de um estado de NÃO bem estar para um de bem estar… O homem nasce pobre e individualista… Quer fazer o experimento começa doando 30% do teu salário…fora o que o estado já te espolia! para gastar como bem entender… e pagar toda burocracia…

  7. boa metáfora, claro que socialismo não é a resposta, mas o modelo atual de capitalismo também não.

    1. Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas tirando a prosperidade do mais rico;

    resposta: Não, não podemos fazer isso, mas também não podemos permitir que que exista a miséria e a fome em quanto alguns lucram tanto quanto o PIB de um pequeno pais, que mérito esse “mais rico” tem se ele já nasceu em um berço de ouro? da onde veio o esforço dele?

    2. Para cada um recebendo sem ter que trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber;

    Resposta: então se todos quiserem trabalhar e prosperar partindo do zero, sem nenhuma ajuda, eles vão conseguir? é fácil dizer que sim de um laptop em Copacabana, mas experimente dizer que sim em meio aos porcos da ilha das flores.

    3. O governo não consegue dar nada a ninguém sem que tenha tomado de outra pessoa;

    Resposta: o lucro de toda empresa é baseado nisso, mas o governo deve sim retirar o minimo necessário de alguns para propiciar uma vida justa a todos.

    4. Ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la;

    Resposta: de 10 milhões para uma pessoa e ela vai gastar 1 e guardar 9, de 1000 reais para 1000 pessoas e elas vão gastar os 1000, movimentando a economia e gerando emprego, multiplicando a riqueza do pais, não a de um indivíduo.

    5. Quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, chegamos ao começo do fim de uma nação.
    É o mais puro retrato do Brasil que vivemos.

    Resposta: Retrato do brasil? Nos Estados Unidos que são um simbolo do capitalismo 49% da população recebe algum tipo de auxilio governamental.

    1. 1. não entendi a lógica, então tem que tirar do Rico? esse discurso “nós e eles” não parece uma artimanha de governo para tirar o foco na incompetência de fazer o país gerar riqueza?
      2. mais uma vez quem tem laptop é culpado pela desgraça secular de um país sem governo e gestão? Então quando a pessoa da ilha dos porcos tiver um lap top, vamos lá tomá-lo, afinal sempre haverá pobres e desprovidos, certo? e o estado de direito e o direito a propriedade?
      3. vida justa? que governo consegue dar vista justa na américa latina? quando vai acontecer isso no Brasil. Vamos esperar mais 500 anos?
      4. de onde vem essa matemática? quem paga essa coisa do “dar”? quem vai gerar riqueza? quem ganha vai gastar com celular, eletrodoméstico e fingir que faz uma graduação (sem saber ler e escrever)? a economia do Brasil moveu-se assim nos últimos 12 anos e agora travou – será porquê? Ah, culpa é dos que tem lap top em Copacabana… os que tem na Rocinha não tem culpa.
      5. hein? os EUA tem bolsa família para o cara ficar em casa sem trabalhar?

      1. ” Então quando a pessoa da ilha dos porcos tiver um lap top, vamos lá tomá-lo, afinal sempre haverá pobres e desprovidos, certo? e o estado de direito e o direito a propriedade?”

        Mas é justamente é ai onde habita o problema. Aceitar como imutável uma ideia já mostra um pouco da problemática da sociedade atual. Sabemos que existem ricos e pobres, mas de alguma forma sabemos que é possível a dissolução desta dicotomia. Nós como homens, agentes da história, podemos por fim nisso e não necessariamente através do socialismo.

        Basta olhar para atrás e ver como a humanidade encarava como simples o conceito de escravidão, e olha que isso é desde os tempos de Aristóteles, onde o mesmo relata em seu livro Política que algumas pessoas nasceram naturalmente para serem escravas. O homem agindo na história conseguiu extinguir a dicotomia desnecessária de homem escravo-livre e hoje nosso senso comum acha inaceitável a existência da escravidão.

        Analisando os problemas e contradições é o que permite gerar novas soluções. E ao meu ver era nisso que nossos debates deveriam está centrados, não essa defesa dogmática de sistema x ou y.

    2. Perfeita resposta, Guilherme!
      Principalmente porque este exemplo é completamente deturpado no que diz respeito ao socialismo, capitalismo, individualimo… e todos os “ismos” presente nesta tentativa de analogia..
      É a logica da meritocracia. São as mesmas pessoas que criticam o bolsa-familia… tal, tal…

    3. 1. Vamos supor então que alguém crie um novo imposto para empresários que lucrem tanto quanto o PIB de um pequeno país. Daí eles pegam o dinheiro deles e vão morar em Miami, não vão pagar esses impostos, não vão pagar outros impostos que já pagavam antes e o Estado vai terminar com menos dinheiro pra ajudar os que já estavam na miséria. Na teoria é muito fácil dizer que “não podemos permitir que que exista a miséria e a fome”, mas na prática esse problema é bem complicado, e soluções simples normalmente acabam piorando a situação.

      2. Acho que NINGUÉM defende que não deve existir nenhum tipo de ajuda governamental para melhorar a igualdade de oportunidades. A forma como deve ser feita deve ser debatida, mas não acho que exista alguma discórdia sobre o fato de que algo deve ser feito.

      3. Não, o lucro de toda empresa é baseado na realização de trocas voluntárias de bens ou serviços que beneficiam tanto o consumidor, quanto a empresa. Do contrário, por que você assinaria a internet que você está usando?? Nenhuma empresa “toma” nada de você, e se fizer, pode ir na polícia porque é crime.

      4. Reescrevendo sua frase utilizando conceitos corretos de economia:
      Dê 10 milhões para uma pessoa e ela vai gastar 1 e investir 9. Esse investimento irá gerar emprego e crescimento econômico nos anos seguintes.
      De 1000 reais para 1000 pessoas e elas vão gastar os 1000, movimentando a economia. No ano seguinte, os preços terão quadruplicado, e haverá escassez dos bens mais básicos (vide caso do papel higiênico na Venezuela), pois ninguém investiu no período anterior, então não houve aumento da capacidade produtiva do país. Alguns culparão os imperialistas, outros culparão a mudança climática, mas uma coisa é certa: todos estão piores do que antes.

      5. O PIB per capita dos EUA é 3x maior do que o do Brasil, então mesmo com uma carga tributária menor do que a nossa (em relação ao PIB), eles ainda têm muito mais dinheiro (em termos per capita) pra fazer programas de auxílio governamental. O nosso caso que é patológico, pois somos um país pobre, precisando crescer, e temos uma das maiores cargas tributárias do mundo.

    4. Seus argumentos possuem alguns pontos falhos e sem perspectiva da realidade e do mercado financeiro por alguns pontos

      1. Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas tirando a prosperidade do mais rico;

      Claro que não podemos permitir que haja miséria e também não podemos tirar dinheiro dos ricos e certamente muitos terão oportunidades melhores que outros mas partindo desse principio vamos fazer um reset na terra. Todo mundo começa igual , pelados.

      Seria justo você trabalhar a vida toda e deixar um legado para o seu filho e esperar que seu filho não tire proveito desse legado ? Por isso existe toda essa desigualdade no mundo. Guerra, fome, miseria sempre teve desde os primordios da humanidade mas o fato é que se um individuo no mundo moderno quiser se manter rico ele devera gerar riqueza para outros, simples assim.

      2. Para cada um recebendo sem ter que trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber;

      É o mesmo pressuposto acima, muitos terão oportunidades, outros terão menos, outros terão mais, mas nem sempre todos conseguiram aproveitar as oportunidade, o ser humano por si só é diferente, e se uma pessoa tem um Laptop em Copacabana ou é porque foi deixado um legado de riqueza pra ela ou ela conquistou, isso é fato.

      3. O governo não consegue dar nada a ninguém sem que tenha tomado de outra pessoa;
      R: O lucro de toda empresa é baseado nisso, mas o governo deve sim retirar o minimo necessário de alguns para propiciar uma vida justa a todos.

      Quem garante que o governo consegue propiciar uma vida justa a todos retirando dinheiro de alguns ? Historicamente foi provado que estados inflados não conseguem gerenciar de forma eficiente o dinheiro recolhido de imposto enquanto estados minimos conseguem exatamente fazer o contrario.

      O dever de um governo é propiciar apenas os direitos universais aos cidadão (saude, segurança, liberdade de expressão e educaçào básica), o resto é papel da sociedade civil. Até mesmo nos estados de bem estar social como os paises escandinavos o incentivo as empresas é grande a burocracia é bem reduzida.

      E tirando os estados de bem estar social nao precisamos ir muito longe para encontrar bons exemplos, veja por exemplo Costa Rica e Panamá que também foram paises colonizados e quem nos ultimos anos com uma politica de livre mercado e reducao da influencia do governo vem conseguindo grandes avanços tanto no campo social quanto economico.

      4. Ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la;
      Resposta: de 10 milhões para uma pessoa e ela vai gastar 1 e guardar 9, de 1000 reais para 1000 pessoas e elas vão gastar os 1000, movimentando a economia e gerando emprego, multiplicando a riqueza do pais, não a de um indivíduo.

      De acordo como descrevi no item 1 é impossivel ter riqueza sem gerar riqueza pra outros. Se voce tiver 10 milhoes, gastar 1 milhao e guardar os outros 9 voce vai gerar riqueza querendo ou ou não. Se tu guardar os 9 milhoes no banco ele será usado pelo banco como forma de emprestimo para que empreendedores possam tocar o suas ideias, gerar capital, gerar empregos etc, em contrapartida o banco cobrara uma taxa por este emprestimo e vai te repassar um rendimento menor. Somente nessa de guardar o dinheiro voce gerou riqueza em 3 niveis (voce, banco e terceiros).

      Leia um pouco mais sobre dinheiro real e dinheiro falso e entenderá porque em geral os paises desenvolvidos são paises em que há um maior acumulo de poupança do que em paises subdesenvolvidos.

      5: Certamente há um grande assistencialismo nos EUA mas diferente daqui as leis trabalhistas de lá são muito mais flexiveis o que proporciona um mercado de trabalho mais ativo.

      Qualquer programa social nos moldes do bolsa familia nào faz nem cocegas frente à arrecadação tributaria que um governo (tanto nos EUA quanto no Brasil) tem.

      Se somarmos todos os emprestimos que o BNDES fez para empresas que possuem lobby com o governo daria pra bancar uns 2 anos de bolsa familia.

      Quando se fala em impedir outros de trabalhar nào referimos apenas aos programas sociais e sim a todas as barreiras que o governo impoe ao empreendedorismo, a toda a burocracia e impostos que o trabalhador é submetido e mesmo com toda essa burocracia o brasil ainda possui um maior numero de empreendedores do que nos EUA.

  8. Ensinar o altruísmo é estimular a caridade voluntária.
    E quanto mai caridade voluntária (privada) houver, menos o governo terá pretextos para impor suas práticas de distribuição de renda forçada.
    O altruísmo nada tem em comum com o socialismo. Muito pelo contrário, a prática do altruísmo destrói o argumento socialista, por retirar do Estado o monopólio da assistência aos pobres.

  9. Ótima metáfora!
    Só me desagrada o trecho “Tão simples quanto o exemplo de Cuba, Coréia do Norte, Venezuela. E o Brasil e a Argentina, que estão chegando lá..”
    Brasil e Argentina tem políticas sociais mas disto para o socialismo/comunismo é um salto gigantesco. A França e o Canadá tem políticas sociais muito mais forters do que as nossas e nem por isto são socialistas, mas concerteza sofreram duras críticas quandi instituíram estas políticas.

  10. Acontece que só “trabalho e esforço” não é suficiente pra fazer alguém crescer sozinho. É muito fácil pra vocês falarem estando aí, no topo dos privilégios de vocês. Vai conversar com quem não teve oportunidade, com quem é explorado por esse sistema, que ganha o mínimo pra sobrevivência própria e dos filhos. Querer comparar com notinhas de prova, me poupem. Sai dessa bolha que tu vive.

    1. A sim, enquanto muitos escolheram para trabalhar dia todo e estudar de noite e ainda virar a madrugada fazendo trabalhos da faculdade, para ter uma vida melhor, agora a desculpa é que essas pessoas não fazem esforço e devem ganhar menos que os que levam a vida como uma festa, que só quer trabalhar 8h e gastar o dinheiro com futebol e cerveja, ai quando começa a ter filhos não tem trabalho estável, ai é fácil pedir por um sistema mais fácil de se viver a custa dos outros.

    2. Muito bem, Hellen! A vida real é complexa demais para uma comparação tão presunçosa como essa. Como se se tratasse apenas de uma fórmula. A experiência humana é muito mais que isso, pela sua diversidade. Além disso, a validação de uma “teoria” exigiria muitas repetições. Isso necessariamente iria além da parcialidade entre o bom e o ruim.

    3. ninguem deve se casar e ter filhos antes de antes de ter um curso superior, uma pessoa sozinha que trabalhe homem ou mulher consegue estudar, agora o cara faz 18 anos financia um carro, prefere anda de carro do k estuda, ai casa e arruma filho e dis k nao teve oportunidade, cortei cana e andei de pe 5 anos para paga a faculdade, a oportunidades todos tem, o governo nao tem culpa se vc nao kis estuda pra ter uma vida melhor.

    1. Seu comentário foi postado Isabella, só estou moderando os comentários que ofendam alguém, pretendo um debate de idéias, não de pessoas. Mesmo que o posicionamento for contrário ao meu, será aprovado, não pretendo ser o dono da verdade, pois a verdade sempre é subjetiva! Só não estou dando conta de ler tantos em um só dia. Fico feliz que esteja por aqui, obrigado por participar, sua opinião pode ser relevante. Poste suas boas idéias, e se tiver algum material ou um artigo para compartilhar, aproveite e me envie que posto aqui. Saudações cordiais!

  11. Agora vejamos o mesmo experimento com o sistema atual.

    – Alguns poucos alunos terão de partida os seguintes privilégios: acesso a toda bibliografia, acesso a provas anteriores, testes prévios, monitorias e aulas extra-classe.
    – O resto dos alunos, precisa por conta propia, conseguir toda bibliofrafia, jamais terão acesso a provas anteriores e nada de testes prévios.

    O sistema acima parece justo?

  12. O IMPORTANTE , ALEM DE APRENDERMOS SERIA APREENDERMOS O CONTEUDO PROPOSTO PELO NOBRE PROFESSOR…DICOTOMIAS SEMPRE EXISTIRAM , AINDA BEM, RESPEITO TODAS AS OPNIOES, NAO CONCORDO COM MUITAS ,MAS RESPEITO.

  13. Recordo dos trabalhos em grupo numa turma de TGA, onde alguns faziam tudo e outros só o mínimo esforço, ou apenas assinavam. Um mês antes do final do semestre o professor dispensou alguns alunos – EU entre eles – que num primeiro momento não entendemos o porquê.
    Ele disse que sabia muito bem quem havia estudado e quem só estava na carona.
    Eu fazia minha parte: trabalhava, estudava e não faltava classes. Outros colegas vinham uma vez por mês, apenas para assinar o trabalho em grupo.

  14. Querer mudar o sistema de distribuição sem mudar a mentalidade das pessoas dá nisso. O problema do Brasil não é o sistema de governo e sim as pessoas.

  15. Um governo socialista não se baseia em tirar dos ricos para dar aos pobres que não fazem nada, mais sim em incentivos para os mais necessitados tirando a mais valia dos burgueses.não deturpe o socialismo!

  16. Agora pense em uma classe onde existem pessoas com diferentes condições sociais, alguns estudaram mais que outros, pois foram sustentados por pais ricos e outros tiveram que trabalhar, para sustentar uma família, os que eram mais ricos estudaram, pois não precisavam trabalhar, podiam se dedicar integralmente à faculdade, mas os menos favorecidos tinham que trabalhar, não necessariamente não estudaram, mas estudaram menos que os outros, por não possuirem tanto tempo, ou seja, um ajudaria o outro a subir na vida, no entanto não é assim que o ser humano pensa, tem que fazer tudo para ele próprio, não pode ajudar os que possuem menos condições. Se o Brasil está indo para este caminho, então a solução seria deixar os pobres morrerem de fome, enquanto os ricos ficam cada vez mais ricos?
    Discordo da metáfora, por ser tendenciosa e não mostrar a realidade do socialismo.

  17. Numa nação com seus habitantes nascidos em iguais condições socia
    is e econômicas ou seja, no pais das maravilhas imaginado por este professor o raciocínio seria válido. Porem num Brasil onde politicos e empresarios chafurdam bilhoes de dolares enquanto miseráveis cidadãos batalham o dia a dia para alimentar este bacanal ou seja, partindo de referências tão díspares, nao cabe tal metafora!

  18. Eu não acho que nem um socialismo funciona, porém acho injusto uma pessoa ter que se matar estudando e trabalhando tudo junto pra sonhar em fazer uma faculdade porque os pais não se esforçavam e a pessoa nasceu na vila, ou o cara ser pedreiro e não ter emprego morar junto com a mãe e os filhos e a mulher trabalhar na lebes, enquanto isso gente com 7-8 terreno, sendo 4 com apartamentos abandonados
    Poxa, daí é chato né?! Não estou dizendo que deveria ganhar uma casa, mas ir lá e ver um prédio está abandonado a 3 ano, tem 50 família lá que todo mundo da família trabalha, bota eles lá dentro, minha conhecida participou de uma ocupação de um prédio abandonado a 5 anos e conseguiram fazer com que a prefeitura desse para algumas pessoas sem casa, daí foi um monte de gente mora lá, eu acho que isso tinha que ser automático “seguinte, tu não usa a 4 ano, ou tu começa a usar em 1 mês ou a gente tira de ti” daí muitos não iam começar a usar, mas foram avisados daí tira.

  19. E desde quando tem alguém sem trabalhar no Brasil recebendo por isso?????? Ahhhhh é, os parlamentares… havia me esquecido….

  20. já existe gente que recebe quase toda fração do dinheiro sem trabalhar, isso no próprio Capitalismo… o nome desse grupo é “elite”

  21. A história é interessante, mas esse modelo parodiado na crônica não reflete uma sociedade socialista, você pode encontrar uma situaçao desta em várias outras circunstancias( um time de futebol onde quando todos trabalham juntos com expirito de cooperaçao mutua todos saem ganhando, ou em uma prática no exército onde um comete a cagada e todos vão pagar flexão) e não significa tratar-se de socialismo ou comunismo. O que enxerguei na crônica foi o fim do valor individual/subjetivo da sala, pelo menos isso reflete comunismo, concordo. Agora um equívoco incontestável de quem escreveu este artigo ( que é muito incompleto e tem uma sintése muito pobre para provar o que se quer provar) é dizer que o Brasil vive essa situação e tende ao comunismo, não estou discordando da afirmaçao até pq não quero provar o contrário ou o mesmo, mas fazer afirmaçao tão vaga e sem exemplo ou sem argumentaçao coerente é algo muito irresponsável e pobre da parte de quem publicou este artigo/post.

  22. Esse “experimento” continua completamente distante da realidade. Parte de um número de princípios que ignoram as injustiças que já existem e já debilitam as pessoas. Nem socialismo nem capitalismo servem como exemplo de um modelo econômico justo. Infelizmente privilégio é algo que existe e muito. Enquanto essa disputa ideológica patética de direita e esquerda continuar e as pessoas ficarem sendo “mandadas pra cuba” por acharem melhor do que nada a existência de um sistema de welfare mínimo como bolsa-família esse país não vai a lugar algum. Nem estado laico estamos merecendo ultimamente. Tenho apenas pena de quem acha que tem as respostas pra esse cenário político e econômico atual.

  23. Entao eu acho e igualdade e justiça sao coisas que nao existem tanto num sistema como no outro, mas a questao é a seguinte: pq o simples fato da media da classe ter abaixado foi motivo para dizer que o metodo e falho? Afinal se a recompensa será menor é obvio q terá menos motivacao isso e caracteristica do sistema, porém, pq a gnt precisa sempre ter o maximo, fazer o maximo e estar sempre inovando? Enfim, a pergunta é pq o simples fato da produtividade diminuir justifica o sistema ser falho? N podemos viver produzindo menos?

    OBS: n defendo ideia socialistas, pois n acredito em igualdade e justiça como explicitei, porém achei estranho a justificativa q o professor deu para mostrar q o socialismo n funciona, ele justificou isso em base na baixa produtividade, porem a ideia do socialismo e exatamente essa, produzir apenas o necessario n precisa ser o maximo.

  24. A Rússia e Cuba são os maiores exemplos que o socialismo não tem chance de ser sistema econômico para ninguém, e sim uma ideologia ultrapassada pelos fatos, uma utopia. A Rússia cedeu ao capitalismo, e quando a mesada acabou, Cuba demonstrou que tinha perdido sua capacidade de trabalho, e se tornou um aleijado. Além de charutos, não faz mais nada. Com um potencial turístico e agrícola que tem, povo que recebeu educação gratuita, mas nunca teve que trabalhar, mostrou para o mundo o desastre deste modelo.

    1. 1. A Rússia cedeu à corrupçāo do seu governo.
      2. Cuba cedeu ao embargo dos Estados Unidos (imagine uma pequena ilha sem petróleo ou muitos bens minerais sendo isolada do mundo, e assim do progresso de todo o resto da população humana).

      Assim se conclue que você está errado. QUANTO A ESTE POST RIDÍCULO:

      O complicado mesmo é achar algo plausível neste texto.
      -Socialismo NÃO é um sistema onde todos recebem o mesmo independente se estão trabalhando ou do mérito social(tipo de trabalho).
      -O Brasil está longe do socialismo, sendo, pelo contrário, um dos países com a pior distribuição de riquezas no mundo.

  25. Esse caso é pura demagogia! Não se trata de socialismo, e crise dos comuns. Qual universidade? Qual professor? Quando isso ocorreu? Discurso fácil, de senso comum, mas sem qualquer experimentação social. Outro erro bizarro desse texto é o simples resumo da Obra de Marx de 300 páginas em 15 linhas.

    1. 3000 paginas, e não 300 como ditas no comentário anterior. E a obra retratada é O Capital. Além disso não é a única obra dele.

  26. Eu já ouvi esta história, mas, não acho que seja real. O problema do socialismo ou do comunismo não é o descontentamento das pessoas, o problema é a ganância de quem concentra o poder, de se tornar intocável e achar que é Deus. Os líderes comunistas não se colocam dentro do comunismo. Eles são capitalistas conduziindo o comunismo do povo. Enquanto Fidel critica o imperialismo comunista, usa roupas da holandesa Adidas fabricadas em trabalho escravo na Ásia.
    Mesmo países como a Rússia e a China, que produzem mais do que o suficiente para o sustento do povo e até para exportar, seus governos movimentam títulos e ações nas bolsas européias, americanas e asiáticas.
    Para brasileiros, que aprendem que servir é humilhante, a moral desta estória pode até ser válida, mas, em países onde funcionários públicos se orgulham de receber menos que a iniciativa privada porque estão servindo ao seu povo, essa estória é ridícula.
    Já foi provado que não é o dinheiro o motivo absoluto para o trabalhador. Todo mundo que trabalha sabe que, se for só pelo dinheiro, não há salário que pague um emprego com o qual a pessoa não se identifique.
    Mesmo os EUA têm, benefícios sociais, aliás, que consomem mais dinheiro público do que os benefícios distribuídos no Brasil. Tem uma saúde pública deplorável, é verdade, mas, uma segurança pública que, mesmo com todos os problemas, tem a credibilidade e a confiança da população. Um guarda uniformizado é respeitado até pelos bandidos, que não os atacam simplesmente por serem guardas, mesmo que sejam seguranças de empresas particulares.
    Mas, o seguro desemprego e benefícios em dinheiro são distribuídos até aos sem-teto, a ponto de haver pessoas sem-teto que conseguem emprego.
    Na Europa a saúde pública é maravilhosa nos países mais desenvolvidos e nos países com mais alto índice de educaçãoa educação é gratuita até o nível superior. Gratuita, não financiada.
    Como eu sempre digo, o problema do comunismo e do socialismo são os comunistas e os socialistas. Aliás, Marx percebeu isto a ponto de abandonar o Manifesto Comunista, que foi terminado por outras pessoas. Marx não era marxista porque percebeu que a Utopia se aplica a todos os seres humanos.
    Os humanos, na sua pretensão de se achar acima da cadeia alimentar, esquecem que são animais. e predadores omnívoros. Está na nossa natureza biológica competir por melhor posição no grupo e subjugar os da própria espécie. Existem machos e fêmeas alfa no nosso grupo, assim como nos grupos dos cães.
    Um professor de economista bom sabe que não se pode avaliar um fato, um evento, um grupo por uma, duas ou mesmo três variáveis

  27. Engraçado que as críticas ao egoísmo humano expressas acima estão direcionadas aos alunos que estudaram. Mas o que “quebrou” a experiência foram os demais, que ficaram esperando as boas notas caírem do céu. NADA cai do céu, e é por isso que o socialismo é uma utopia. O governo não produz nada, ele tira de quem produz para dar para os quem não produz. Então, no meu ver o egoísta foi o aluno que ficou esperando a boa nota sem esforço, enquanto o outro se sobrecarregava estudando por ambos.

  28. Infelizmente, ainda não está ao alcance de todos a percepção de que é o próprio sistema de controle das massas, seja ele qual for, que induz os indivíduos a serem cada vez mais egoístas. É a falta de autoconhecimento a causa de todo e qualquer problema. Ensine as crianças desde pequenas a se conhecerem e você vai ver se ela estará preocupada, mais adiante, em ter algo além de alimentação, moradia e outras necessidades básicas preenchidas. Não, buscar “sucesso” na vida não é ascender como ser humano, é retrocesso, não avanço. Se quer ser feliz, arrume dentro de si uma maneira de não precisar se sacrificar mais por NADA, porém não depende de nós que estamos na base fa pirâmide do poder, mas sim do topo.
    Quem entende o que digo apenas observa os comentários, já ciente de que falar algo se trata muito mais de imaginar e desabafar sobre o sonho de um mundo novo, pois já se sabe que de NADA adianta tentar mudar o outro, antes a mudança precisa ver de dentro de si mesmo; uma profunda mudança de consciência.
    Para acordar é preciso saber que está dormindo…

  29. Que zuada essa historinha, nos podemos construir qual quer ideologia e concertar seus erros…
    o problema é nos, que sabemos como tirar vantagens e nao aprender a servir uns aos outros..
    Por isso a bosta do capitalismo e a bosta do socialismo e esse Inferno …

  30. Essa história é falsa! O tal “professor” Adrian Rogers realmente existe, mas com o adendo de que ele não é professor de nenhuma universidade, ele é tele evangelista e ele criou essa história para explicar o porque o socialismo não funciona para seus fiéis e para aumentar ainda mais o medo e o temor de seus fiéis contra a “ameaça vermelha” que rondava a mentalidade média dos norte-americanos por dentre a década de 50, o tal pastor era conhecido pela retórica e oratória excelentes e era um dos expoentes mais visíveis do conservadorismo norte-americano e que ainda hoje é referência no porque se deve “temer os socialistas”. Portanto historinha falsa feita por um reacionário pastor norte-americano pra amedrontar incautos.
    Mas entrando no mérito entra-se a questão, os alunos reprovaram meramente por terem a mentalidade competitiva dos modelos corporativóides onde um deve puxar o tapete do outro pra se dar bem, o que é muito comum dentro das faculdades de administração e formação de executivos (a competitividade exacerbada, a busca por metas a todo custo, a bajulação e conquista dos superiores pelos favores gratuitos, e a falta total de solidariedade com o próximo, fato este que causa problemas graves de estresse e depressão nos empregados). Se eles pensarem como forma de coletivismo e de que um depende do outro, isso desde sempre na formação básica, com certeza as notas seriam sempre acima da média. Portanto MrSucesso, poupe o mundo dessas falácias de palestras motivacionais. O mundo diminuiu muito pra ficarmos presos dentro dos escaninhos dos corporativóides de plantão!

  31. Ridículo isso. Dinheiro e conhecimento não são comparáveis, além do mais, a descrição abaixo da narrativa, está mais próxima do capitalismo do que do socialismo. Isso só demonstra o quão ignorante é quem publicou isso. Convenhamos, qualquer um que estude um pouco mais de economia e história sabe diferenciar as duas coisas, mas como é típico no Brasil devido a educação que selecionam a população, há o fantasma do comunismo envolvido. Comunismo esse que é totalmente desconhecido, desconfigurado e distorcido nessa perspectiva. Limito-me a resumir minha crítica em uma palavra: IGNORÂNCIA.

  32. Então, avise pra esse professor que o experimento dele tá errado. O objetivo não é a aprovação total da turma, mas sim que todos os matriculados apreendam o conteúdo da matéria.
    Portanto, o professor deve dedicar especial atenção aos alunos que não conseguem se sobressair (coisa que EU fiz DE GRAÇA quando dei aulas de inglês). Ele deve dar atenção extraclasse aos alunos que trabalham e não têm o mesmo tempo para estudar que seus colegas; dar aulas em horários especiais às eventuais alunas que sejam mães de filhos recém-nascidos, por exemplo, e que não têm tempo de se dedicar aos estudos pis têm que se dedicar a uma vida nova, e à amamentação.
    E, principalmente, ele deve incentivar que os colegas troquem informações entre si, que troque m conhecimentos, experiências.
    Aí, sim, a turma estaria perto do que ele entendeu como “nivelamento perfeito”. Aí, sim, todos seriam aprovados, e mais ainda: discutiriam extraclasse o conteúdo da disciplina o que suscitaria a criação de estudos especiais, bolsas de estudo etc e tal.
    Esse professor é um merda.

  33. Se fosse um experimento capitalista, em uma sala de 50 alunos, apenas 4 deteriam o material escolar. O restante teriam então que fazer trabalhos para aqueles que detém o material escolar, para poderem ter contato com os livros.
    Quando um aluno começasse a se destacar, os quatros burgueses educacionais formariam um cartel e boicotariam o aluno que estava indo bem, impedindo que ele tivesse contato com os livros.
    Logo logo também estes 4 alunos forçariam a escola a proibir tirar xerox dos materiais escolares, alegando estarem afetando a propriedade intelectual. Depois de um tempo, nem os alunos com livros teriam um bom rendimento, posto que se acomodaram com a exploração do proleducariado para fazerem os trabalhos. E estes também não teriam um grande rendimento posto que precisam se preocupar mais com o trabalho dos bookeses do que com sua formação intelectual.
    Em pouco tempo, alguns alunos com déficit de ensino passariam a cometer atos criminosos, como o sequestre dos burgueses para lerem um pouco do livro de matemática, ou então vandalizariam os banheiros da escola para protestar contra a concentração de livros.
    Até que chegaria um dia que a situação ficaria impossível e todo mundo botaria fogo no furgão da escola

    1. Interessantes seu paralelo rs.
      A Falta de empatia impossibilita algumas pessoas enxergarem algo assim.

      (não que eu concorde com a vandalizar os banheiros…rs)

    2. Certamente, se acompanhássemos o cotidiano destes personagens descritos na estória, possivelmente encontraríamos estas relações e resultados. Muito boa a sua metáfora sobre o capitalismo!

  34. Texto preconceituoso, diz que o pobre è pobre porque não trabalha ou não produz.Diz isso pra quem levanta de madrugada, viaja quilomettros trabalha horas a fio, e o que ganha mal dá pra pagar as contas, enquanto que uma boa parcela de burguesinhos nunca deram um dia de trabalho pra ninguem e vivem no bem bom, bebendo e se drogando, não produzem uma agulha, e quanto a isto nimguém fALA NADA? então eles são mais merecedores do que os trabalhadores? Sem lógica e sem nexo este argumento de meritocracia, se fosse assim o operário seria bilionário!!!!!

  35. As pessoas que criticam os privilegiados também não param para pensar se eles, ou os pais deles podem ter começado de baixo, como o Silvio Santos, por exemplo. Se um “menos privilegiado” se desenvolver e se destacar, passando a ser classe média alta, o seu filho será um dos “privilegiadinhos” que ele tanto criticou no passado. Ai você pensa, “Nossa, valeu a pena ter se dedicado, passando por várias necessidades, para dar o melhor para a sua família? Agora o seu filho é “filhinho de papai”, com escola e faculdade paga, morando em uma casa com luz, sem falta de água, sem esgoto a céu aberto, e com certeza saindo na frente de muitas outras pessoas fora dessas condições? E se esse menos privilegiado não tivesse se esforçado, seu filho seria só mais uma nessa manada condenada? O que é o correto então?” Não sou de direita nem de esquerda, apenas acho que para cada situação um sistema seria preferível ao outro, é muito relativo.

  36. Duro é depois de mais de 100 milhões de mortes na história um professor ainda ter que provar que o socialismo não funciona.

  37. O socialismo é tao bom que construiram um muro na Alemanha pra que nenhum capitalista quisesse ir pra la ser feliz. Ops, pera.

    1. O problema em questão não e socialismo mais sim as pessoas que umas odeiam as outras por natureza ninguém quer dar uma ajuda ao próximo nem se for pra trabalho em equipe conserteza o socialismo esta mais adequado os primatas do que a nos miseráveis seres humanos. Agora quanta gente que nao trabalha rouba e suga os mais fracos com um capitalismo de ilusões pregando noite e dia o sucesso e grandeza só crescimento e aumento de lucro não existe lucro infinito tao pouco crescimento a não ser de meia duzia que controla a economia mundial o resto busca oque não pode ser alcançado pensem nisso vejam com funciona o dinheiro no mundo de verdade isso e realidade. Socialismo não da certo pela ganancia do ser humano.

    2. O muro foi construído pq a alinaça venceu a guerra e uma parte ficou pra URSS e a outra pros outros países. Comentário repetido de outros lugares que só demonstra, além da falta de originalidade, uma baita ignorância.

    3. Por isso que países se desmembram cada vez mais da antiga União Soviética, hoje Rússia. Seria ótimo se desse certo a república dos PAMPAS com novas leis, sem tanta amarração da Justiça.

    4. Pois é, Alexandre.. O que me causa estranheza é que, mesmo com exemplos espalhados pelo mundo, alguns ainda acham que essa aberração socialista funciona.

    5. Dê uma apostila estupidamente fraca para uma metade da turma e uma apostila altamente elaborada para a outra metade, para representar a diferença entre escolas públicas e cursinhos pré-vestibular. Dê somente um terço da aula para metade da turma e uma aula completa para a outra metade, para representar a disponibilidade de tempo que crianças pobres e crianças ricas tem para estudar. Dê uma aula em um ambiente completamente impróprio, com problemas dentro e fora para metade da turma e um ambiente confortável, com multimídia e dinâmico para a outra metade, para representar a diferença entre a qualidade de vida do rico e do pobre. Separe essas duas metade usando como critério de seleção o poder monetário de cada família. No final, dê a mesma prova para ambas e diga: “Quem merece irá passar, quem não merece não irá”. Não sou comunista, mas se você tem direito a fazer uma generalização burra, eu também tenho.

      1. Mesmo quem nasce pobre pode vencer na vida cara, exemplo existe aos milhares…eu passei fome na infância e nem por isso assumi esse discurso vitimista, trabalhei e venci na vida, basta querer.

      2. Não sei, ao certo, se isso tem a ver com capitalismo ou socialismo. EUA e grande parte dos países europeus são capitalistas e conseguem oferecer educação de qualidade para toda sua população. Acredito que em alguns países socialistas também. O grande problema dos países onde ocorre esse problema que você se referiu é a corrupção, a má administração do dinheiro público e a falta de vontade dos governantes. E isso é algo que pode ocorrer em países capitalistas ou socialistas.

      3. Disse que era generalização burra minha, também tinha direito. haha. Mas Isaque, o problema é que ainda existe um rio imenso entre os significado da sua palavra ‘vencer’, e o significado de ‘estou falido’ de magnatas. Mas claro, meu discurso é vitimista, então você concorda que um homem que possui um capital 50 milhões de vezes maior que o seu teve um esforço também 50 milhões de vezes maior? Não tiro o mérito de quem consegue, só dou legitimidade a dificuldade de milhões. E por favor, não morda a mão que te alimenta, não me venha com esse discurso de que pobre pode vencer enquanto sua definição de riqueza não seja a mesma de quem te comanda.

  38. Essa história, apesar de ficcional (vocês devem ter percebido que não há qualquer menção de datas, pessoas ou lugares), é um bom exemplo da “tragédia dos comuns”, uma armadilha social estudada em Teoria dos Jogos. [1] Exemplos concretos da “tragédia” são conhecidos pelo menos desde a Idade Média, envolvendo o esgotamento de pastagens compartilhadas; é, portanto, anterior ao Socialismo. Também é mais um exemplo do fracasso de uma comunidade em se organizar – os alunos “preguiçosos”, afinal, poderiam ter negociado com os “esforçados” alguma compensação ou outra forma de mantê-los motivados – do que propriamente uma contraprova da viabilidade de sistemas de seguridade social.

    [1] http://pt.wikipedia.org/wiki/Trag%C3%A9dia_dos_comuns

  39. Socialista, Democratas não importa, essa história retrata o que vivemos e o que somos e pra salienta um pouco mais tenho a minha história real.
    Fui DJ Cristão por bastante tempo, sempre pedi ajuda de custo, só que em certo momento me vi em uma situação desagradável, pois em certos lugares, era sim necessário uma cobrança correta, pelos serviços prestados. Já em outras era necessário que não se cobrasse nada, por fim não deu para prosseguir.
    Assim é o socialismo que querem pregar e é assim que o país vai acabar.
    Sou a favor do social de sim ajudar quem precisa, mais sejamos justos, vamos da a vara e a iscas e vamos ensinar o cidadão a pescar, se o mesmo não o fizer, lavemos nossas mãos, pois o mesmo é aproveitador.
    Um outro ponto que acho absurdo é um governo que se diz de todos, aumenta os salários próprios, com porcentagem alta, enquanto quem antes ganhava 3, 4 salários, ganha hoje o valor de quem recebe um salario mínimo, de que adianta, isso é injustiça com aquele que batalhou pelos direitos e hoje não tem um aumento igual ao que na vida, sempre viveu do seguro desemprego. Sou um jovem de 26 anos, que vou ser pai pela segunda vez e não acho justo, viver as custas de um governo que puni quem estuda, trabalha, pra justenta “vagabundo” que vive recebendo bolsa em cima de bolsa e não se preocupa em melhorar e sair do comodismo.

  40. Bom é evidente que sem capitalismo muitas coisas não seriam desenvolvidas é fato de que o capitalismo é preciso e é fundamental sim para uma vida melhor, este quando usado de forma correta traz inigualáveis benefícios. Portanto em nosso país este sistema é um capitalismo desleal e falho,cujo a causa é determinada pelas instituições, empresas, e pessoas e muitas pessoas que mantém o sistema de forma desleal, que apenas usam a natureza humana classificada por mim como a natureza “errada” e prejudicial como um todo a todos que nele fazem parte. Pois nós humanos possuímos naturezas humanas e estas são usadas conforme é nos dada a melhor opção a ser escolhida.Ou seja eu acredito que agimos vendo o que esta primeiramente a nossa frente para assim agirmos e tomarmos qualquer ação e atitude, primeiro vemos para depois sabermos o que fazer, primeiro observamos o ambiante para logo tomarmos qualquer ação individual e por consequência escolhermos a nossa melhor natureza partindo do zero. Isso é o que penso, e analisando desta forma quando em um ambiante manipulado agimos sem perceber e ainda pior de forma quase que sem saída temos apenas uma escolha mais óbvia a não ser sermos presas fáceis do sistema, porque é isso ou nada, é vida ou morte é luz ou trevas, não existe equilíbrio onde possamos nos assegurar de forma saudável. É ai que esta a grande resposta do problema do sistema que enfrentamos aqui em nosso país e em muitos lugares do mundo . É esse justamente o ponto central mais importante que demonstra a grande falha e descontrole do sistema atual que há muito tempo é continuado. Para mim a resposta para um mundo melhor esta na definição universal do que é certo ou errado. Para podermos começar definir alternativas e soluções precisamos reformular ações e as idéias dos indivíduos dentro de cada sociedade como um todo .Pois os dois estados c já não possuem aquelas explicações ou se quer definições existentes.. Hoje o que é ruim, o que é errado infelizmente é usado por milhares e milhares de indivíduos para o alcance do bem próprio. Eu não vejo razão e não coloco a culpa no sistema mas sim a forma que as pessoas veem o mundo por uma ótica indutora e inútil de que se deve resolver os problemas da vida baseado em culpar ou na tentativa de estabelecer algum sistema ou paradigma como resposta dos problemas, e isso tem que mudar. Pois no fundo de forma realista a meu ver, digo em vida e não como visão teórica, o que acontece sempre é real e o que queremos sempre é utopia correto. Mas na verdade para conseguirmos miníma melhoria é preciso apenas fazer o que todos queremos e em geral definimos como certo e para isso mais uma vez não é preciso necessariamente ideologias, mas sim fazer o que é certo entre todos em convergência entre as partes no globo. Para mim não é estabelecendo uma vertente ideológica que vamos mudar as coisas achando que deveria isso ou aquilo,,,, tudo parte de fazermos o que é conveniente em uma ética universal para todos e para isso não precisamos de teorias e sim de saber descobrir onde, como, e porque queremos chegar a tal lugar. Não sera o socialismo nem o capitalismo ou qualquer outra linha teórica que sera solução dos nossos problemas mas sim em minha humilde opinião,é o que acredito que a mudança começa com um pouco de tudo, um pouco de cada ideia e pensamento a ser evoluído e desenvolvido na construção de algo revolucionário a partir da semente do saber de cada um chegaremos lá, está semente é claro com princípios corretos e entendidos e aceitos pela grande maioria. E para isso não é preciso um partido de direita ou esquerda que nos represente E sim de uma maioria com pensamentos corretos e com uma visão correta daquilo que você crê que é certo e que deve ser de fato feito da melhor forma, e fundamentalmente sim na conexão co-relação e uso do que é certo em cada uma destas teorias que conhecemos para formação de uma solução plausível e rígida. Para mim esta é a chave de um mundo melhor. Vou lutar por isso com todas as forças é o que acredito! ! Eu também por exemplo acho errado as pessoas não terem as mesmas oportunidades que outras e principalmente mais errado aquelas pessoas que acham normal o sacrifício quase que surreal de uns que conseguem vencer em relação a outros que pouco fizeram para atingir seus objetivos pessoais. Isso não deve ser considerado normal e se todos concordam me diz porque a criação de qualquer que seja a teoria para o óbvio? Mesmo aquele bem afortunado ou não, deve ter as mesmas oportunidades do que todos os outros em níveis que consideramos lógicos e usuais para atingirmos nossos objetivos básicos. Estabelecer os saberes básicos certos é o ponto central. Os esforços devem existir de todos os lados sim é correto, mas cada esforço depende de onde você quer chegar isso anula a ideia dos dizeres do oba oba da competitividade de classes. Mas como uma lógica óbvia existem objetivos que são comuns a todos e estes todos deveriam por direito terem os mesmos sacrifícios não é? Então neste texto e aplicação e teste feito pelo professor com seus alunos é aquela famosa pergunta que já temos a resposta, O professor tinha plena convicção do que estaria fazendo e já previa qual seria sua atitude naquela situação; porque em dado momento nós caminhamos sozinhos de forma involuntária agimos e contribuímos quase que de forma automática em sua grande maioria para isso, e os alunos agiram moldados a um costume e construção lhes dada desde o dia que vieram ao mundo e tudo esta baseado na “maioria” vista e aprendida, isto é fato. Parece estranho mas a grande maioria não é digna de determinar a natureza do homem, é muito mais complexo. Mas com certeza a maioria pode vir definir o que é certo ou errado como ética universal. Se para você é certo não dividir o que é seu por direito exclusivo OK você esta correto. Mas agora não saber identificar onde começa a despencar o equilíbrio da balança de direitos e deveres sociais da sua própria sociedade no que diz respeito ao que definimos como certo e errado e acima de tudo não se preocupar e fazer nada a respeito? Isto para mim é gravíssimo e o maior motivo por qual enfrentamos muitos problemas. Não é o erro de uma ideologia qualquer imposta e sim o erro que esta dentro de nós mesmos, no que pensamos no momento da tomada de decisões passo a passo. Os pensamentos idéias e princípios de uma humanidade estão incorretos todos estão em grande parte e isso é um problema universal a ser combatido primordialmente. São por todos estes que tais atitudes são tomadas que o problema se torna maior e vai aumentando cada vez mais. Para começarmos a mudar alguma coisa devemos estabelecer uma ética universal que hoje já não existe,se existe ela não é pura nem mesmo sólida e sim usada quando necessária pelos próprios interesses de um individuo a custa de vantagens. Então para mim “A mudança começa com a própria mudança” de idéias e princípios dos pensamentos da humanidade que estão lá os bons pensamentos as boas atitudes, mas estão vendadas pelas idéias de poucos que fazem do mundo uma “desordem organizada” e muito bem elaborada. Então pensamos um pouco mais a frente do que tu mesmo já sabes.

  41. Não sou socialista, muito longe disso, mas esse texto, que é claramente inventado, desconhece totalmente o que significa socialismo. Socialismo parte basicamente da apropriação pelo Estado dos meios de produção. Não se trata do fim completo e imediato da propriedade privada como um todo, ou da divisão irrestrita de tudo por todos, mas sim da propriedade privada dos meios de produção, a fim de se evitar coisas como a mais valia, mercantilização da força de trabalho, etc. É evidente que o sucesso individual não pode ser inviabilizado e recompensado, pois do contrário cairíamos em profunda estagnação, mas os meios de produção, especialmente os de necessidades básicas como a terra, devem pertencer a sociedade representada pelo Estado, a fim de se garantir um mínimo de igualdade a possibilidade a todos. Faço críticas ao socialismo por desconsiderar o elemento humano da administração do Estado, assim como faço críticas ao capitalismo por desconsiderar a total desigualdade de condições entre os competidores. De qualquer forma, é bom que tenhamos algum conhecimento sobre ambos para elevar o debate, senão os argumentos ficam parecendo contos infantis tanto em forma como em conteúdo, assim como esse texto pueril que lemos acima.

  42. Comparação completamente infeliz!!! Quem devia se reprovado era o professor!!! Acontece que no caso das notas de provas cada aluno tira a sua nota de acordo EXCLUSIVAMENTE com a sua inteligencia e com o seu esforço de ter estudado ou não. Já no caso do capitalismo, o patrão só enriquece pq explora o trabalhador! Se o patrão enriquecesse EXCLUSIVAMENTE com esforços próprios a comparação seria válida.. Mas enfim…#nadaaver

  43. Olha ai, o povo não trabalha e nós os que não tem medo de pegar no tranco temos q sustentar um bando de gente preguiçosos. Lamentável

  44. Não sou socialista mas esta fábula é a velha falácia reducionista. Essa deve ser a única classe do mundo que ninguém cola, bastaria um apenas. Isso equivale ao custo marginal zero: se não há competição individual nem capital intelectual, não há motivos para que colar ou consultar o google durante a prova seja proibido, não é mesmo?

  45. No mínimo essa notícia, isenta de fontes ou de referências claras (quem é o professor?), é suspeita. Talvez seja mera enganação. Se for, ela conta menos sobre o experimento em si e mais sobre o caráter de quem a colocou aqui. Uma pena.

  46. Não entendo porque tanta raiva do socialismo, porque perder tanto tempo debatendo ele se o nosso sistema político/econômico, capitalista, não é justo. O capitalismo recompensa quem trabalha mais, claro que sim, mas também é desumano, corrupto e destruidor. Quantos países subdesenvolvidos não estão nas mãos de países ricos por dividas eternas construídas pela ”lógica” demoníaca capitalista dos juros. Bom, mas isso é só um detalhe do capitalismo selvagem sem falar em guerra$, medicamento$ da industria farmacêutica etc. Para sua informação, segundo o informe de 2012 da Anistia Internacional, Cuba é um dos países da América que menos viola os direitos humanos. Desde 1959, e da chegada de Fidel Castro ao poder, nenhum jornalista foi assassinado em Cuba. O último que perdeu a vida foi Carlos Bastidas Argüello, assassinado pelo regime militar de Batista em 13 de maio de 1958. O Fundo das Nações Unidas para a População salienta que Cuba “adotou, há mais de meio século, programas sociais muito avançados, que permitiram ao país alcançar indicadores sociais e demográficos comparáveis aos dos países desenvolvidos”. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), “as medidas aplicadas por Cuba na atualização de seu modelo econômico com vistas a conseguir a soberania alimentar podem se converter em um exemplo para a humanidade”.O informe da ONU sobre “O estado da insegurança alimentar no mundo 2012” aponta que os únicos países que erradicaram a fome na América Latina são Cuba, Chile, Venezuela e Uruguai. Quer mais? estude antes de postar algo.

  47. “Nicolas disse:
    06/04/2015 às 16:31
    O que não é levado em consideração é que o experimento se deu com pessoas com mentalidade capitalista. Mentalidade de competição, e pessoas provavelmente muito centradas no seu eu.
    O socialismo pressupõe senso de coletividade. Sem isso, não tem como funcionar. Uma mentalidade socialista, ao contrário da mentalidade capitalista, seria o entendimento de que é preciso se esforçar um pouco mais para que todos possam ter boas condições (ou, no caso, notas).
    Se todos da turma tivessem essa mentalidade, naturalmente, o experimento funcionaria.”
    BELEZA… o cara ACABOU de dar a justificativa marxista para os paredóns, gulags e holodomores. Vamos reconstruir o ”novo”homem, e pra isso precisa ELIMINAR o velho e sua mentalidade… resultado mais de 100 milhlões de ”velhos homens”mortos prar criar um paraíso inexistente…

  48. Que papo furado. Não quero a troca pelo socialismo. Mas defender o abismo social que é o liberalismo econômico é ridículo nos dias atuais.
    Temos muita gente rica que nunca trabalhou e não entende nada foi próprio negócio. Onde entra essa gente no valoroso exemplo da turma de estudantes?
    Dizer que o Brasil está no caminho para o socialismo é estupidez política.

  49. Quanta besteira. O mal do capitalismo é a mais valia: o grande lucro em prol do grande esforço da equipe de base. A recompensa deveria ser invertida nessa analise, onde o chão de fábrica deveria ganhar a riqueza dos donos de fabricas.

  50. Texto até “interessante”, mas um tanto quanto tendencioso.

    Descaracterização do socialismo (e não que ele seja a solução das desigualdades do mundo).

    Clara despreocupação com as pessoas mais pobres. Ninguém em sã consciência quer manter-se pobre, e ninguém fica rico com a ajuda (se assim podemos chamar) do governo.

    Comparar Brasil e Argentina a Cuba, Coreia do Norte e Venezuela? Sério?

    O mínimo que deveríamos ter é igualdade de condições. É covardia discutir qualquer assunto desses sem começar pela base, a raiz do problema.

    E só pra pensar, ainda que não se “tirasse” nada de ninguém, os “dedicados” não estariam tão bem.

    Quer problemas reais? Conte os políticos, calcule salários, leia planos e leis para grandes empresas e depois ande pelo Brasil. Mas não somente na Capital com toda estrutura que necessitas, vai pro sertão. Vai conhecer teu povo. A mente se expande e reorganiza os pensamentos.

    Enfim… apesar de bem construído, o texto é só um case (real ou não) e qualquer comparação com o socialismo é até infantil.

  51. meu amigo, nunca tinha pensado nisso, muito bom o q vc escreveu, realmente tem sentido, mas me diga, esta historia do professor reprovar todos e usar esta teoria para tal fato, e veridico? esta de parabens

  52. Eu não acho que isso tenha acontecido de fato, em primeiro, isso é uma “parábola” só. Eu já tive experiência de professor dando nota coletiva, professor muito bom inclusive, e o pessoal que se esforça continuou se esforçando sim.

    Isso veio de toda essa história de que o Brasil está se tornando comunista, etc. Eu li sobre isso na Veja onde constantemente eram feitas analogias do governo cubano com o brasileiro. Sinceramente o que eu li não fez muito sentido.

    Sabe, pra quem quer entender um pouco disso sem “flaming”, eu sugiro ler um pouco e em termos de leitura sugiro o Manifesto Comunista que é curto e tem linguagem bem direta. Pelo menos pra mim, que sou ignorante, alcançou bem.

    Sobre o Manifesto, ele tem duas partes. A primeira analisa o capitalismo, a segunda propõe o caminho até o comunismo. Honestamente, eu não fui nem um pouco convencido pela segunda parte, acho que ele é contraditório em muitos pontos e etc. Mas a primeira parte é de encantar.

    A análise do capitalismo, começando pelo capital, mostra que frases como

    4. Ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la

    são frases um tanto quanto impetuosas. O capital do mundo é finito, a capacidade de produção é finita. Terras, matéria-prima, mão-de-obra restringem a geração de riqueza. Na verdade a riqueza não é gerada, ela é concentrada. Invariavelmente, para alguém enriquecer alguém precisa empobrecer (se alguém discorda, por favor me apresente um contra-argumento que vai me acrescentar muito criticamente). Isso está diretamente associado à mais-valia.

    É muito fácil dizer que dividir a riqueza é ruim quando se está acumulando. Obviamente não sou a favor do não-trabalhar, mas pensemos na motivação para estarmos trabalhando. Talvez a nossa motivação não seja tão nobre assim.

    Outro dia saiu uma matéria falando de produtores de tomate que jogaram o excedente de produção na estrada para subir o seu valor. Qual a finalidade disso? Nesse sentido, existe de fato emprego pra todo mundo? E se existe, existe uma motivação para trabalhar?

    Eu penso nas corporações de ofício da medievalidade, quando havia status em ser um artífice competente, antes da produção em série anular as atividades humanas na operação-padrão em máquinas. Talvez aí houvesse mais prazer no trabalho.

    Enfim, depois de tanto escrever, pensemos na motivação das pessoas em escrever o que escrevem e leiamos com cabeça e olhos mais que abertos.

  53. tenho outra estória um pouco mais realista:

    Um professor de economia em uma universidade disse que nunca havia reprovado um só aluno, até que certa vez reprovou todos os bons alunos de uma sala, passando apenas os preguiçosos.

    Esta classe em particular havia insistido que o capitalismo realmente funcionava: com um governo mínimo, garantindo a manutenção do status quo, ninguém teria mais do que o esforço que colocou ali, tudo seria meritocrático e justo.

    O professor então disse, “Ok, vamos fazer um experimento capitalista nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas.”

    No início do ano, todos teriam a última nota que tiraram no ano passado. A medida que o ano passava, a nota seria multiplicada por um fator que dependia não só do desempenho do estudante, mas também da sua nota anterior. Quanto maior a nota anterior, maior o fator de multiplicação. Da mesma forma, quanto maior o esforço, maior o fator. Em ambos os casos, aqueles que estivessem acima da média, subiriam 10%, os que estivessem na média, se manteriam, e os que ficassem abaixo da média cairiam 10%. Assim, todos poderiam não só chegar a ter um A, como aqueles que foram bons alunos no passado não perderiam o esforço que acumularam até ali.

    Após calculada a média da primeira prova, metade da turma teve sua nota aumentada e a outra metade diminuída, enquanto uns poucos se mantiveram na mesma.

    Quando a segunda prova foi aplicada, os que vieram de escolas mais puxadas no ano anterior estudaram ainda mais – eles precisavam tirar notas boas para conseguir passar. Já aqueles que tinham estudado em escolas mais fáceis resolveram estudar somente o suficiente para ficar na média. Como resultado, a segunda prova manteve os mesmos alunos com A, e aqueles que se esforçaram mais e tiraram notas melhores na prova continuaram sem média suficiente para passar.

    Depois da terceira prova, os alunos que tiveram piores notas no ano anterior estavam em estado de esgotamento, mesmo tirando nota máxima nas provas era bem difícil alcançar a média. Não houveram desavenças entre os alunos porque os sortudos, que vieram de escolas fáceis, nem mesmo iam às aulas. Perder 10% nessa prova significava quase nada para eles. Os alunos que pediam a revisão do modo de avaliação eram vistos como “preguiçosos”, já que “bastava que estudassem para passar”. No final das contas, todos os alunos que estudavam e compareciam nas aulas repetiram aquela disciplina… Para sua total surpresa.

    O professor explicou: “o experimento capitalista falhou porque quando a recompensa é grande o esforço pelo sucesso individual é grande. Mas quando o status quo elimina todas as recompensas de uns e elimina todo o esforço de outros, baseado em critérios arbitrários como a nota do ano anterior, então não adianta mais tentar ou querer fazer seu melhor, o destino já está decidido de antemão. Tão simples quanto isso.”

    1. Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas exigindo seu esforço, se os ricos 99% das vezes já nasceram ricos;

    2. Para cada um recebendo sem ter de trabalhar, há milhares de pessoas trabalhando sem receber;

    3. Quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação. Por sorte, os alunos de escolas mais difíceis estavam ocupados demais estudando para se darem conta disso.

  54. Lembrando que a história mostra que não houve experiências socialistas em suas plenitudes, uma vez que foram uma mistura de Ditadura/Governos Militares…

    Creio que o Capitalismo foi o que melhor produzimos até agora…

    porém, um sistema que coloca mais da metade da riqueza mundial nas mãos de 1% da população, certamente não está funcionando integralmente e precisa de mudanças. Aí seria bem-vindas ideias de outros sistemas (não me importa de quais). Já estamos assistindo nas últimas décadas ações sociais que ajudaram a atenuar as dificuldades do Capitalismo, o que talvez esteja salvando o sistema de um colapso ou revolta total. Espero que essa rivalidade INÚTIL entre sistemas não apague nem interrompa esse ciclo de mudanças necessárias.

  55. O exemplo está aí. Bolsa famáilia, minha casa minha vida, benesses criadas para manter o já manjado populismo. e o povo nas ruas pedindo socorro para se ver livre de quem ele mesmo criou.

  56. Não sou socialista.
    Pelo contrário. Mas não precisa ser muito inteligente para saber que esse exemplo não se aplica a uma sociedade do mundo real. É só um exemplo para tentar afagar a consciência da galera que está mais tranquila.

    Existem conceitos tidos como socialistas que sendo bem aplicados ou adaptados fazem sentido.
    Por exemplo. Como alguém que é muito pobre pode ao menos sonhar em ter possibilidades de “subir na vida”? É preciso uma ajudinha certo?
    Pessoas que são de família mais estruturada conseguem, justamente por terem esse bootstrap.

    E havendo um ecossistema favorável para que este “pobre” tenha possibilidades para se manter ou melhorar ainda mais, fará com que ele não precise mais dessa ajuda.

    Em contra partida, uma política pura e simples de assistencialismo ou de divisão igualitária sem “premiar” o valor do serviço/trabalho prestado também não funciona.

    No fim do dia, o capitalismo no papel é lindo, mas no mundo real é um câncer.
    E o socialismo e suas vertentes são utopias com conceitos interessantes.

  57. Será que os governantes do nosso país gostaria de ter o mesmo salário que todo mundo?
    Será que um médico que chegam ficar até 36 horas de plantão no interior da Amazonia gostaria de ganhar o mesmo que uma pessoa que trabalharia 40 horas semanais??? Não dá certo, porque sempre um se dedicará mais e outros não estarão nem ai!

  58. Isso não passa de um sofisma: mistura alhos com bugalhos e não se prisma por um príncipio básico, indicado por um dos pais da economia: “Adam Smith” que diz que só o trabalho pode produzir riqueza. E Karl Marx só seguiu esse rastro para entender a lógica do capitalismo (sendo ele próprio e todos os demais críticos: burgueses).

    No capitalismo, a riqueza desde sempre é produto de usurpação; mais valia: trabalho não remunerado). e isso desde seu movimento inaugural (as Cruzadas)
    Sendo que nós – classe média – somos talvez, a principal criação desse sistema perverso ; Taylor, Fayol, Ford que o digam.

    Justamente porque é fácil nos identificarmos com o lado de cima e não com o de baixo , porque de alguma forma, nos descolamos e por isso defendemos aqueles que têm infinitamente mais do que o trabalho deles pode produzir.
    Ou será que acreditamos que as maiores fortunas (prá se concentrar apenas no nosso país) são fruto do trabalho destas famílias ? (Abravanel, Edir Macedo, Diniz, Eike Batista etc etc?)
    Ou será que acreditamos que os milhões de pessoas que vivem à margem não “trabalham”?
    Ou será que acreditamos que a educação em Cuba e China é mesmo igual ou pior que a do Brasil? baseada na perpetuação da ignorância de milhões de crianças e jovens (que marcham e atacam feito zumbis sem rumo nem perspectiva nestas passeatas de “carnaval fora de época?)
    Ou mesmo na manipulação de massas por políticas de Estado assistencialistas?
    A utopia socialista – prevê uma mudança de perspectiva, inclusiva da educação: institucional e familiar. Ao invés de concorrência e competição a serviço do capital: realização e sonho a serviço do “humano”.
    É utópico, concordo. Porque está longe e porque nós e nossos filhos fomos e estamos sendo criados para acreditar em outros valores.

  59. Mas se o problema sempre é o pessoal que fica preguiçoso, não seria o caso de punir os malandros que não se esforçam? Ex, o professor era, em teoria, o governo, responsável por manter a ordem e fazer a coisa dar certo, sendo o líder ele também se beneficiaria caso tudo desse certo. O professor poderia no começo olhar oque causou as notas baixas e dar pontos negativos, tc.. No caso do governo, diminuir salário, benefícios, etc… Desta forma, as pessoas teriam ciência de que todos precisariam se esforçar. Algumas regras ai não teriam resolvido o problema? Não deu certo porque diferente de um governo, o professor não sofreria caso tudo desse errado, então ele não se preocupou em criar leis e medidas preventivas para manter o povo no eixo. Mas os alunos foram tontos de topar isso sem pensar nos detalhes rsrs.

  60. Que pena… Não entendem nada de socialismo/comunismo e querem inventar historinhas para tentarem provar que algo que não conhecem não funciona.

    Só rindo de vocês. Argumentar aqui seria como discutir com uma pedra… Não vale meu tempo.

  61. Lorota, os beneficios sociais existentes no Brasil sao apenas suficientes para que a pessoa nao morra de fome, alem do mais, numa sociedade como a nossa, os ricos, a classe media e inclusive os trabalhafores assalariados nao estao dispostos a largarem suas atividades pois tem um patamar de consumo e status social bem mais elevado que os desvalidos de mosso pais! O que o texto sugere eh um absurdo, seria como se um metalurgico do ABC disse- se : Vou abandonar o meu emprego no chao de fabrica pois eh melhor viver de bolsa .. abrindo mao do salario elevado que um operario metalurgico costuma ganhar, dos beneficios, e todo o resto , pra ficar parado …. sem a menor logica este raciocinio!

  62. O experimento falhou por que metade das pessoas acreditou que poderia dormir enquanto metade trabalharia, por que a tendência a preocuparem-se com seu bem estar em detrimento dos demais é demasiadamente tentadora. O experimento falhou por que partiu da ingênua idéia de que pensar no colega faria com que se esforçassem mais e não menos. E esse artigo falhou por que faz parecer certo como a turma agiu e falhou mais uma vez por não saber que tal estudo nunca existiu…

  63. Namoral sem querer dizer nada, mais não iria gostar de um Professor fizesse tal coisa, testes assim eles fazem de proposito pra ferrar o cara

  64. uma experiencia cabulosa para provar que não daria certo esse modo de pensar que dividindo para outro ganhar acaba que não daria seu esforço para manter , para que fazer se tenho quem faça por mim é assim que funciona

  65. Que fontes são essas, “uma certa vez”, “um professor americano”, “uma universidade americana”. Não sou socialista, mas quando vejo uma mentira lateralista, não consigo me conter. Reportagem demagoga e parcial.

  66. A classe falhou em sua postura política e não a ideia socialista. Não significa que devem sustentar is que nai trabalham, mas que todos devem ter oportunidade para trabalhar. Já que não se dá se aplica os programas sociais, uma espécie de resolução a curto prazo. Se todo tivessem as mesmas chances, todos trabalhariam, que não quisesse trabalhar também não teria assistência governamental. É muito fácil falar em ” ensinem a pescar e não dêem o peixe” quando as bocas que espalham esse discurso já nasceram com os peixes nas mãos e não tiveram que acordar as 4 da manhã pra trabalhar no campo e a noite estudar e chegar em casa a meia -noite.
    Se na sala havia preguiçosos isso não é culpa de uma ideia socialista é culpa do sujeito que a pratica.

  67. Na realidade não é o socialismo que não se encaixa nos tempos de hoje, e sim os seres humanos da atualidade que não se encaixam ao socialismo.
    Esse senso de justiça pregado por nós, é nada mais que o ego. A turma poderia ter sido aprovada, o que faltou foi deixar o orgulho de lado, dialogar e chegar a um senso comum, também chamado de trabalho em equipe, mas quando existe um para julgar e apontar as falhas do próximo, é gerado um julgamento em cadeia, onde cada um acha defeitos, esquecendo dos seus, criando uma “desculpa” do porque não deveria evoluir.

  68. Aí esta mais uma vez provado que sem trabalho e esforço individual uma empresa ou nação não progride. Tem que haver igualdade de compromisso na busca do melhor, tanto para si próprio como para a sociedade num todo. Na Bíblia em 2 Tessalonicenses 3:8, diz entre outras coisas, que não devemos ser cargas pesadas a ninguém, mas sermos trabalhadores infatigaveis. Socialismo só é bonito no papel mas, na prática, só beneficia o mal intencionado. Devemos lutar com todas as nossas forças contra esta forma de fazer governo.

  69. Nós recebemos tanta lavagem cerebral que aceitamos como um dogma que os partidos da esquerda são progressistas enquanto na realidade acontece o oposto.
    Nós recebemos tanta lavagem cerebral que aceitamos quando os nossos políticos falam do dinheiro público. Nos países onde os políticos realmente cuidam de seus eleitores (e não de seus bolsos), fala-se do DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES.

  70. a unica sociedade verdadeiramente socialista ou melhor, comunista, creio ser a comunidade dos índios brasileiros, onde tudo é de todos e todos usufruem de tudo…..isso nao há professor de economia que conteste….

  71. Engraçado! Aqui no Brasil é justamente isso que acontece. A maior parte da população é de trabalhadores operarios que trabalham para sustentar uma pequena parcela de chupins que não fazem nada só sugam o trabalho alheio. Não estou falando dos “pobres” não, e sim de nossa elite financeira que tem milhões de trabalhadores a sua disposição para cada vez mais sugar e continuar seu acumulo de capital sem qualquer tipo de esforço.

  72. tô besta da galera achando que o texto é verídico… “universidade americana”, professor sem nome e 1 classe de pessoas estudando numa aula sem nome, fora o exemplo exageradamente reducionista e o fim do texto que não tem coesão (avaliando como texto mesmo, não tem nada a ver) com o restante do conteúdo.

  73. A ideia de socialismo está deturpada no texto. Na realidade retrata uma sociedade capitalista. O parasita burguês ñ trabalha se sustenta a custa do trabalho de quem trabalha, isso é adiquirido atraves da mais-valia (o excedente de produção). Os que ñ estudaram representam essa porção de parasitas e os que estudaram os trabalhadores. No socialismo o individuo só é recompensado se trabalhar. O trabalho é o elemento basilar da humanidade.

  74. Entendo perfeitamente o que o texto quis ilustrar, mas reduzir o socialismo a “tirar de quem trabalha para dar a quem não trabalha” é ser preguiçoso ou mal intensionado.

  75. Sr. Sucesso, como terei um país sustentável e igualitário, se poucos são proprietarios do capital?
    Eu também quero fazer parte desse time ai …
    Mas já deixo o alerta, minha mãe é doméstica meu pai é pedreiro, moro no subúrbio do ABC..será que consigo? Ou no curso final da minha vida perceberei que não sou tão competente assim..
    Por que não a divisão dos recursos?
    Por que não dividir essa fatia dos acionistas? Com quem realmente trabalha e coloca a mão na massa..
    Ainda vivo pra ver o vim do capitalismo, e espero que alguns de vcs também.

    1. Caro Bruno, também venho de uma familia que enfrentou muitos desafios e alguns ainda enfrentam, mas a partir do momento que percebi que o mundo não é igualitario, a natureza não nos fez assim, mudei meu comportamento, desde então jamais esperei que alguém fizesse algo por mim, quero que saiba que o mundo é feito de escolhas, e a maior parte de nossas escolhas são incosciêntes… a partir do momento que começo a entender como eu funciono (na PNL temos os Metaprogramas) e quais são meus elementos motivadores, começo a usar minha força interna e rever minhas estratégias mentais para conseguir o que desejo. Atendo varias pessoas todos os dias, tanto com terapia quanto com coaching, e posso te assegurar mais de 80% delas não conseguem o que querem pelo simples (e parece ridiculo) fato de não ter metas claras e definidas, além de suas crenças por prosperidade serem falhas… Sugiro que conheça mais sobre PNL, ou meu trabalho, descobrirá que pode muito mais do que imagina se parar de esperar que alguém mude seu futuro, ou refaça seu passado sem ser você mesmo. Mesmo na desigualdade eu cresci, onde não tive apoio, busquei por meus méritos, não sou melhor que nenhuma pessoa, mas posso te assegurar hoje sou muito melhor pelo fato de treinar minhas competências emocionais, mais do que as intelectuais. Siga meu blog ou me adicione no facebook, posso te passar material e guiar você para sair de onde está… se já escolheu para onde quer ir fica fácil, se nunca pensou nisto profundamente… posso te dizer como! Obrigado, e Saudações Mauricio Ruiz Mr.Sucesso!

  76. Mas e se por acaso todos trabalhassem e estudasse juntos para que houvessem apenas notas A. A classe seria aprovada. A questão do “socialismo” deste texto, é a liderança que faltou, para fazer os que não queriam estudar pensar melhor no bem comum. Não é o caso do dinheiro, mas da melhor distribuição de trabalho e riqueza.

  77. Esse texto é a maior mentira. Se fosse um experimento socialista mesmo quase todo mundo tirava nota A pq senão Grande Líder mandaria os que não tiraram A para algum gulag na Sibéria XP

  78. Já dizia Margaret Thatcher, “O Socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros”.

    Beleza, pelo menos temos agora uma perspectiva clara de quando acabará o PT.

  79. Um professor entra na sala e diz: “Façamos um experimento Capitalista. Vocês são em 40 alunos. Nesse bimestre darei somente 5 notas azuis, sendo uma nota ‘A’, duas notas ‘B’ e duas notas ‘C’. O restante de vocês ficará no vermelho.A prova será daqui a 2 meses”
    Os alunos se mataram de estudar. Noites mal dormidas, perderam toda a sua vida social para terem a chance de tirar notas boas. Alguns alunos montaram apostilas preparatórias para vender aos colegas, mas esse material continha informações falsas…(afinal, não iriam ajudar seus concorrentes). Outras pessoas vendiam serviços eletrônicos ilícitos para os alunos burlarem a prova.Alguns estudantes receberam ameaças anônimas para não comparecerem à avaliação. O professor foi subornado por um grupo de alunos para facilitar as coisas…
    Chegou o grande dia. Os que se esforçaram honestamente não obtiveram êxito. Os enganadores, os desonestos, os corruptos ficaram com as notas A, B e C…!!! Isso é o Capitalismo!!!

    1. Tenho pena de você e de sua forma de pensar… Isso não é capitalismo; é corrupção. E o seu experimento proposto também não se refere a capitalismo. Você está totalmente equivocado sobre o significado das coisas…

  80. Qual o nome desse professor ? Qual é o nome da Universidade que ele leciona ? E que turma foi reprovada ? ficou muito vago os argumentos ! falacias !

  81. Engano comum acreditar que o comunismo prega dividir tudo entre todos, Karl Marx deve se revirar no ´tumulo quando falam isso. Pelo amor de Deus não confundam comunismo com cristianismo. Dividir o que se tem nunca foi argumento utilizado pelo comunismo em momento nenhum da história gente, isso quem disse foi jesus, ele que veio com esse papo maluco. leiam.

  82. Mas existe uma falha grande se comparar isso ao Brasil: aqui os ricos PISOTEIAM os pobres, nesse caso tirar deles só ajuda a equilibrar, já que tirar deles nem vai ser muito, e muito menos vai se repetir com frequência.

  83. Esse exemplo é totalmente contra o socialismo e se pensar bem ele chega a ser fraco…
    Todo aluno quando cursa uma disciplina quer ser aprovado. Então é difícil acreditar que os alunos que se saíram bem não tentaria ajudar os que não saíram, para que ao menos fossem aprovados. Ou seja, no contexto apresentado, mesmo no modelo socialista, cada um pensa em si e é tão egoísta que não faz nada para melhorar quem está ao lado, ainda mais sabendo que será prejudicado… Acho difícil acreditar nisso.
    Num mundo capitalista seguindo a mesma linha de raciocínio (extrema), os que tiram notas boas continuaram a tirar, não se preocuparam com os que não tiram, porque não é problema deles, pois serão aprovados mesmo assim e os que não tiram notas boas, podem se esforçar, alguns conseguiram ser aprovados e outros não…
    Na minha opinião a questão principal nos dois modelos é como melhorar aquele que não é bom ou não tem interesse em ser, ou seja, equilibrar o nível de conhecimento e ambição dos alunos, para que não exista um abismo entre eles, dessa forma independente do modelo todos seriam aprovados.
    Em questão aos modelos, para mim não existe modelo correto, ambos tem pros e contras, a questão principal é que um precisa do outro para se manter, ou seja, não dá para ser capitalista ao extremo e tampouco socialista. Quando as pessoas enxergarem isso, talvez se elimine o nível de abismo que existe entre elas e sociedade possa evoluir como um todo…

  84. Sim, é obvio que isso iria acontecer. Mas isso é aplicado em uma cultura que valoriza o individualismo e meritocracia, não em uma sociedade com valores coletivos! Essa tal “mudança” não deve ocorrer através de um decreto, mas sim através de anos e anos de experiência social para que, finalmente, seja um consenso a valorização do bem estar social para chegar ao bem estar individual.

  85. Sim!!! não existe nada mais bom, nem muito ruim, a vida só é dura para quem é mole, sabemos que somos falíveis,somos seres espirituais em experiencia humana, cheios de defeitos,aleijos, atrofias ,e pensamos ser sempre mais espertos que os outros, somos egoista de alguma forma, uns mais outros menos, mas….as desarmonias são bem legíveis, dá para notar em inúmeros níveis, educacional, político, científico etc… os regimes de convívio são diversos, e nunca estaremos satisfeito, mesmo sendo rico ou pobre, grande ou pequeno, negro ou albino; a grande tragedia é não conseguirmos destilar, deglutir,aceitar diferenças contidas em tudo, e preconceituosamente NÃO conseguimos engolir esse grande SAPO…RSRSRSRS, pois a lei de Gerson impera em todas as sociedades pode ser Comunista, Socialista,Democrata,e, ou Republicana, e o maior exemplo da enorme discórdia trágica , e sabermos que só existe um DEUS, criador e doador de todas as vidas presente e espalhadas por todo esse nosso planeta, e estamos se matando a milhares de anos, por religião, em disputas de alta periculosidade, esse é o grande equivoco,e o verdadeiro apocalipse já presente em todos os cantos da terra, lamentavelmente, num belo dia faleceremos, e por aqui vai terminar toda essa ridícula disputa de poder de posse, de espaço, deixaremos tudo que lutamos ignorantemente sem realmente entender qual o proposito divino de todos que por aqui estamos passando……….

  86. Muito “bacaninha” a história, mas o socialismo não é tão raso assim, além do mais o verdadeiro socialista sabe identificar a melhor alternativa para cada situação de cada país além de ter plena consciência que não se faz uma sociedade melhor apenas com o socialismo ou apenas com o capitalismo!

  87. Não sou Socialista MAS, foi em qual universidade? Em que ano? Qual o nome do professor?

    Tá meio na cara que esse experimento não aconteceu de verdade. É só uma historinha inventada para forçar um ponto de vista.

  88. Não tem vergonha de escrever esse texto ?
    Acredito que podem haver várias críticas ao socialismo, agora usar de retórica pega mal. Texto muito ruim!

  89. Para tal experiência, se aplica o conceito de que uns vão trabalhar em favor de outros que não vão se esforçar. Porém no contexto de uma sociedade como a nossa extremamente hipócrita, não podemos dizer que tal situação seria verdade pois se os mais pobres tivessem a mesmas condições que os ricos têm a educação, saúde, lazer, segurança etc. E além disso os ricos não fossem ricos por terem se aproveitado dos mais pobres, os mantendo em tal situação. E sim se tornado ricos por sua prosperidade em condições sócias iguais O socialismo seria de fato eficiente, regulando tais disparidades de provimento de recursos para a sociedade, e não incentivando tal conduta relatada na experiência. Pois o discurso de socialismo ser ruim, quando o cidadão teve “prosperidade” se aproveitando de brechas em leis, sonegando impostos, jogando com interesses políticos, corrompendo a si e a outros. Ele se torna sócio de um grupo hospitais privados que fundão um plano de saúde, com isso ele faz parte de uma bancada política onde ele nunca vai votar a favor de melhorar hospitais públicos pois lucra muito em sua empresa. Ou mesmo desvia verbas em licitações públicas na área de saúde ele sempre vai querer que a situação da saúde esteja ruim para ele poder “prosperar” as custas dos pobres. Ai quando acaba essa “prosperidade” o socialismo é ruim.

  90. Não compartilho com qualquer princípio neoliberal que tende a subjugar ou usurpar, economicamente, (através de estratégias políticas capciosas), os mais desafortunados pela elite política abastada. Mas, estou convencido de que a aplicação política do socialismo é uma utopia. Por que? Pela simples realidade psico-organo-subjetiva de que o ser humano é um ser humano egoísta, ambicioso, moralmente desigual. Brilhante a exposição supracitada sobre o socialismo. O que é essencial para que o homem, a humanidade, possa viver unida entre si, atinja os seus magnos, saudáveis, superiores/belos ideais, (inclusive, a felicidade — por que não?) seria necessário que vivenciasse o predomínio de uma mentalidade ética, moral, humanística, de verdadeira justiça, decência, respeito, dignidade, honestidade e verdadeiro sentimento de fraternidade. Mas, SOBRETUDO, consoante os princípios evangélicos. Isso, no entanto parece ser utópico? Até hoje, tudo indica que sim. Infelizmente. A realidade fala acima de tudo.

  91. o pessoal desanimou porque a nota foi baixa, mas o pessoal vai pra aula pra ganhar nota ou aprender? ai é o furo da bala! um teste que foi um tiro no pé, onde prova que os fatores valiosos estão distorcidos à números e não na real intenção do propósito de praticar o ato!
    eu estaria despreocupado com a galera que não estava estudando, cada um busca o que quer, o mesmo ao trabalhador, se não quer trabalhar, que não trabalhe! deixa pra quem quer!
    ai também esta o outro ponto, a situação é que o sistema não quer ver as pessoas com tempo de lazer, ou pra fazerem o que quiserem, estamos escravizados, e os aliados lutam para que outras pessoas também estejam! tipo assim: se eu tenho que trabalhar você também vai! o sistema não quer mostrar as pessoas que elas podem ser vagabundas, serem livres para pensar, para escolher, para viver, para viajar.
    isso é o sistema, que prende e alia o preso ao seu carcere.

    1. a pessoa livre, nunca deixará de fazer algo, ela se ocupara com outro tipo de trabalho que não seja obrigatório, monótono, repetitivo.

  92. O problema é que o povo está semi alfabetizado, principalmente para qur não seja capaz de entender a lógica das evidências que estão acontecendo paulatinamente; estamos caminhando rumo ao buraco, pela inércia de nossos representantes

  93. Mas essa é BEM MAIS REALISTA, é o outro lado da estória……

    Um professor qualquer uma vez disse: “Turma, vamos fazer um experimento capitalista.

    Temos 50 alunos nessa turma. Porém, teremos apenas uma nota A, duas notas B, cinco notas C e o restante que se exploda, digo, o restante fica com as notas D, E e F.” Um dos alunos retrucou: “Mas professor, isso não me parece muito justo…”. O professor imediatamente expulsou o aluno da sala e o reprovou sumariamente. E ainda disse que qualquer outro que mantivesse relações com aquele aluno teria o mesmo tratamento. Eles não sabiam, mas aquilo ali já fazia parte do experimento.
    A corrida começou.
    A prova se aproximava e cada minuto era importante. A pressão parecia boa, pois instigava os alunos a estudarem cada vez mais. Porém, alguns logo perceberam que só estudar poderia não ser suficiente, pois a concorrência era forte. Um dos alunos, invadiu a biblioteca à noite e roubou todos os livros daquela matéria, para que os outros tivessem mais dificuldade. Outros alunos invadiram as casas dos colegas para roubar-lhes os livros e anotações. Outros organizavam materiais com informações erradas e distribuíam, fingindo estar ajudando. Todo dia surgiam novas ideias para prejudicar os outros ou para se beneficiar de forma ilícita, como novas formas de colas. Ninguém estudava em grupo nem se dispunha para tirar dúvidas ou de qualquer forma ajudar sem ser ajudado em troca. Todos se viam como inimigos ou, no máximo, “aliados estratégicos”.
    O dia da prova chegou. Alguns alunos mais estudiosos faltaram, pois foram chantageados, ameaçados ou até mesmo agredidos. Os que apenas estudaram fizeram até uma boa prova, mas não ficaram com o A ou com o B. Estas notas ficaram com aqueles que, além de estudar um pouco, foram desonestos, colaram, roubaram e prejudicaram os demais.

  94. Achei digno a atitude do professor. Concerteza houve algum tipo de debate bem intenso em sala pra ele ter feito isso. A galera da sala concerteza aprendeu bastante! Hahah

  95. Só uma pergunta… Qual o nome da Universidade Americana e o nome do professor!? Esquecer de citar fontes é um pecados terrível e demonstra história da carochinha! Por favor me diga o nome da Universidade e a fonte de onde vc tirou isso!

  96. Começa errando quem diz que o socialismo é tirar a oportunidade dos “ricos” para oferece-la aos “pobres”, enquanto que na verdade seria recompensar a falta de oportunidades dadas aos pobres e o que faz eles permanecerem assim. Sensibilidade social com quem tem menos e mantém a máquina. Não confundam socialismo com comunismo. Quem dera o mérito e a força de vontade permitir tanto e tudo, se, digamos assim, nem todos aprendem da mesma forma, não tem as mesmas oportunidades para aprender e nem devem ser avaliados da mesma forma com os mesmos instrumentos e mesmas “notas” (palavras de um professor que usa avaliação qualitativa, transdisciplinaridade e didática mediadora!).

  97. Como se todo rico tivesse feito por merecer…muito contrário…a maioria enriquece as custas dos outros, escravizando e tomando posse muitas vezes do que não lhe pertence.

  98. Mensagens assim é que deveriam fazer parte dos meios de comunicação, nas escolas e principalmente na família (base de tudo). Adorei o artigo.

  99. Esse artigo é um HOAX, um boato, nunca aconteceu. É uma historinha inventada para não se questionar os problemas da sociedade capitalista.

  100. Que medo do socialismo que nem existe mais.A China está fazendo sua transição para o capitalismo.Pelo amor de Deus,de onde tiram isso de que o Brasil e Argentina irão ser socialista!Quanta estupidez!

  101. Eis a razão porque a turma da CUT, MST e afins está hoje em horário de trabalho protestando em Brasília, liderados pelo PT. Protesto para enganar bobo. Enfim, quem financia é o povo que está trabalhando.

  102. Olha sinceramente eu acho que no mínimo esse experimento não aconteceu.
    1- Se o professor em questão fosse competente ele deveria assumir o papel do Estado e também se importar com esse desequilíbrio permitindo que houvesse um debate para que os alunos mais relapsos percebessem o risco que estavam assumindo;
    2- A ideia de socialismo não está só em fazer todos receberem igualmente independente do seu esforço individual, essa é a interpretação mais infantil e desinformada que se pode ter sobre esse sistema;
    3- O capitalismo não simplesmente começou a existir e todo mundo teve que correr para ganhar o que merecia. Já existia todo um mundo de desigualdade montado e que persiste até hoje.
    4- Essas conclusões desse hipotético experimento (continuo não acreditando que seja verdadeiro. Se for me mande um link com o relato completo por favor) já segue o raciocínio de que com toda certeza vários se encostariam nos outros
    O socialismo como aconteceu no mundo de fato não deu nada certo mas com toda certeza o capitalismo não é a solução.

    https://youtu.be/7pG1tmZoSpw

    Dá uma olhada nesse video e depois me diz se você realmente acha que aquele 1% trabalha mais do que todo o resto do planeta.
    Obrigado pela atenção.

  103. Se a classe realmente pensasse de forma socialista, não seriam os desempenhos individuais, e sim os esforços coletivos, que seriam compensados com recompensas coletivas. Esse texto é tendencioso porque retrata que o socialismo sugere divisão de classes e não equidade social, que seria o caso.

  104. A experiencia parte de uma sala de aula com todos nivelados.
    Teriam tambem todos brasileiros nascidos com a mesma oportunidade, pergunto.
    Em materia de racionalismo, estao certissimos. E a conciencia humana, pergunto.
    O pais tem que prover a nacao, sem fome. O cidadao tem que ter oportunidade de somar.

  105. E a “vontade de poder” humana? As potencialidades? Esse desejo de ser melhor, de se desenvolver, de crescer, de realizar, de transformar a natureza com a ação do trabalho?
    Estamos acostumados a ver o trabalho como meio de ganhar dinheiro, e não como uma ação de auto-realização inerente ao humano, quem faz o que ama, seja o trabalho que for, quer ser sempre melhor no que faz para satisfazer a si mesmo, e o dinheiro acaba sendo apenas o retorno disso em dada sociedade, e não o motivo.
    Não concordo com o texto.

    Apenas uma frase pra fechar::
    “Se não existisse dinheiro, você continuaria indo atrás dos seus sonhos?”

  106. Fontes? um professor? quem? qual universidade? para isso ser um experimento, as notas deveriam ser estabelecidas por alguém imparcial. Esse é um dos piores exercícios mentais de que já ouvi falar. Sem contar que quem escreveu não faz ideia do que é o brasil fora de uma sala de estar burguesa. Me mostre uns dados sobre o desemprego no brasil e dados de famílias que não trabalham para receber ajuda do governo e eu me disponho a argumentar. Até lá, não me venha com esses textinhos prontos que rodam os e-mails desde 2000 e tantos sem base nem fundamento nenhum.

    1. Falou e disse um sujeito provavelmente sustentado pelo pai e que nunca trabalhou na vida… trabalhador que não trabalha, estudante que não estuda… apoia o Jean Willys também, ‘pessoa de bem’?

  107. “Um economista americano”. Papo furado pra meter o pai no governo. É só criticar diretamente. Qual universidade? Posição idiota.

    1. Silmar, bom dia!
      Não importa qual universidade. Não importa se o papo é ou não furado! Importa é que: a posição pode ser “idiota”, como disse, mas é o retrato do Brasil. Tudo que está escrito já aconteceu; está acontecendo ou ainda acontecerá no Brasil, e quem viver verá. Tenho certeza que viveremos!

    2. Você não sabe ler? (Este Post foi baseado em uma historia de Adrian Rogers, argumentos de ser boato já ouvi, porém reflete minha observação de o porque do socialismo não funcionar, não tem referências pois esta história já foi contada na Internet, mas é uma boa metáfora sobre o Brasil, )

  108. Argumentação totalmente falha!
    Nada haver! é a mesma coisa de vc igualar equações com ordens de grandeza diferentes, tipo 1Newton = 1Tesla.
    Piada! duvido que essa palhaça realmente aconteceu.

    1. Joaquim, para começar seu português está errado. Na verdade seria “nada a ver”. Segundo, sua argumentação é que está equivocada, não se trata de equações e sim de ideologismo. Para terminar, as unidades de medida podem sim ser compatíveis desde que apropriadamente tradas, pois 1 TESLA = 1 N / A.m

      1. Não esperaria desses caras metidos a intenderem de algo criticarem a forma figurada do que o professor pôs em pauta. Então pegue esta.: Tinham dois indivíduos e uma escada, ambos teriam que galgar o topo do muro que era da mesma altura da escada. Então começaram a brigar, cada um queria a escapar primeiro. Daí apareceu um socialista e resolveu a situação, cortando a escada em duas partes iguais, dando uma cada dos brigões, Moral da história: Nem sempre a divisão funciona, pois os dois ficaram com a sua escada, porém sem utilidade. Órfãos do totalitarismo que os consideraram inimigos do poder, assim foram presos e levados para o trabalho forçado. Concluindo: viva o socialismo. regime da opressão.

      2. okay, vamos falar de ideológias, então.
        Assim como nas equações temos que adaptar às unidades, em uma ideológia temos que contextualizar .
        Uma turma totalmente despreparada, criada em uma cultura “cada um por si”, que, da noite pro dia muda totalmente o sistema de avaliações realmente vai fracassar.
        E se as pessoas aprendessem desde pequenas a pensar mais no próximo e fazer o seu melhor pela sociedade, e passasse por uma reforma paulatinamente, como seria?

    2. Fizemos este experimento em sala, e o ocorrido foi exatamente o que ocorreu nesse texto! Socialismo é feito para sustentar vagabundos que não gosta de trabalhar a custas de outros que trabalham.

      1. Voce tem razão Cristiano. Mas ao mesmo tempo o Capitalismo é feito para enriquecer poucos com o trabalho e a exploração de muitos.

      2. Exatamente Cristiano. É o que os larápios da Nação estão fazendo no Brasil. Quem trabalha e produz tem que trabalhar cada vez mais para produzir sempre mais, em condições cada dia piores, para sustentar cada vez mais vagabundos que não querem trabalhar. Só querem viver às custas de quem trabalha, incentivados pelos ladrões que tomaram o poder!

      3. esta muito equivocado. Falo isso por experiencia propria!
        Fiz varios cursos, ate cheguei a começar a fazer faculdade, me “matei” tendo que trabalhar e estudar, eu nem sabia o que era dormir direito; e ate agora o meu esforço nao adiantou de nada, porque nao consigo emprego na area em que me formei. E os meus “colegas” que estudaram comigo conseguiram emprego na area, mas sabe porque? porque eles moram perto do trabalho, porque eles tem “peixinho”, como eu moro longe só consigo emprego para “piao”; entao, só se esforçar para conseguir um emprego melhor e mais digino aqui no Brasil nao funciona!
        Acorda, estamos no Brasil, e nao no Japao ou na Coreia

  109. O principio pelo qual é feito o pressuposto não é real. Na economia o dinheiro existe e a não ser que alguém faça uma bela fogueira com ele, ele vai continuar a existir. Alguém tem sempre de o ter. O seu valor, assim como o valor dos recursos naturais do planeta, também vão se manter. Quando se diz que toda a riqueza do mundo se concentra em 10% da população mundial, não se está a dizer que esses são os únicos humanos inteligentes. Estamos a dizer que os recursos estão mal distribuídos. Inteligência e recursos materiais são duas coisas bem diferentes. Por muito inteligente que um possa ser, se a única coisa que lhe vem à cabeça é a fome dos filhos, dificilmente poderá descobrir a cura para o cancro. O bem estar de todos depende da capacidade de fazer chegar a todos os bens essenciais. Os recursos do planeta deveriam ser dirigidos para esse fim. Divagar sobre a inteligência como se isso fosse uma analogia à gestão dos recursos, é em si pouco inteligente. Quem deveria chumbar era o professor.

    1. Nada haver os recursos do Planeta estão exaurindo e com certeza dificilmente poderá se recompor, pois vivemos num mundo onde as pessoas são egoístas, só pensam em si próprio e não ajudam os outros. Esse professor esta certíssimo, perfeito na sua colocação.

      1. Você cometeu uma enorme contradição meu caro Gilmar, o fato do egoísmo dos homens te gerar indignação deveria, naturalmente, te fazer fica contra as idéias do professor.
        Eu só seria a favor do socialismo se a intervenção fosse somente na divisão econômica e se as pessoas fossem inteiramente esforçadas e comprometidas em alavancar a nação pensando no próximo. Mas como todos os homens jamais chegarão nesse nível de conciência utópica o capitalismo prevalecerá. Logo meu caro, é cada um por si!

      2. Concordo com o ponto de vista do Gilmar e acrescento… A ideia de SOCIALISMO pode funcionar, mas requer disciplina de todos, comprometimento com a sociedade, bondade e generosidade. Vivemos num mundo egoísta, mas não em todo o lugar. Precisamos ver com os olhos da moral e costume de cada povo, antes de julgarmos a ideia de socialismo, ou capitalismo, ou seja qual for a ideia.

    2. MAL DISTRIBUÍDOS NADA , TEM UMA PARTE DO POVO QUE TRABALHA E TEM SEU DINHEIRO, OUTRA PARTE SÃO PREGUIÇOSOS E VIVEM AS CUSTAS DOS OUTROS. claro QUE EXISTEM OS MAIS NECESSITADOS.

    3. Amigo teu raciocinio é FALHO.

      Dinheiro nao EXISTE amigo. Dinheiro é APENAS papel que serve como INTERMEDIADOR de valor. O Valor que refiro é o trabalho realizado. Um país é tão rico quanto a capacidade de produção de valor do seu povo. No socialismo, as pessoas passam a trabalhar menos. FATO, se tornam menos produtivas. Logo o país se torna mais POBRE. Esse principio é tão basico quanto 1 + 1. E o raciocionio do artigo é cruelmente verdadeiro, e sintetiza de maneira clara e objetiva o porque do socialismo nao dar certo no mundo, EM NENHUMA NAǘAO

      1. Seu PRINCIPIO esta totalmente ERRADO cara. Dinheiro tem VALOR ABSTRATO. Não é fixo, pode valer muito quanto pode nao valer nada, NAO TEM ESSA de que na ECONOMIA dinheiro tem que existir. . E ele reflete a produtividade de um povo. Por isso ele nao tem valor fixo e jamais terá.

        Se o governo da noite pro dia decide imprimir nota e colocar um bilhao de reais na conta de todo mundo… Quais as consequencias disso. Faça esse exercicio e entenderá o raciocionio

      2. Excelente, Marco Matheus. É um exemplo perfeito da “vadiagem social”. Tendência a trabalhar menos quando se está em grupo do que quando se está trabalhando individualmente. Todos passam a jogar a responsabilidade para cima do grupo, já que recebem igualmente, independente do quanto trabalham. Queria muito ver estes socialistas quebrando a cara se esta porcaria fosse implementada no Brasil. As pessoas donas das empresas e negócios que de fato sustentam esse país, como estas “86 famílias que possuem metade da riqueza produzida” como foi dito acima, iam logo se mandar daqui e ia TODO MUNDO ficar na merda e não só alguns.

    4. Muito obrigada pelo comentário lúcido! Foi exatamente o que eu pensei. Como exemplo disso eu tenho minha própria mãe que foi campeã olímpica de matemática mas teve que largar os estudos para ajudar a renda familiar. A meritocracia só funciona entre iguais. Nunca funcionará enquanto um come e o outro passa fome.

      1. totalmente de acordo; o fato de não se optar pelo ideologismo socialista não significa que o capitalismo e a tecnocracia sejam melhores; vejam o exemplo que está acontecendo na Europa, especialmente nos países do sul da Europa; existem grandes diferenças de tratamento em países considerados todos iguais numa União Europeia – é tudo palhaça – tal como Orwel escreveu em o Triunfo dos Porcos: “com esse novo sistema somos iguais mas uns são mais iguais do que os outros”!!! Por isso nem a meritocracia terá importância se você não possuir uma língua de veludo!

      2. Vejo a meritocracia funcionando em todos os lados, o tempo todo, inclusive em meu desfavor quando não sou bom o suficiente. Ao que parece, sua mãe desistiu, logo, colheu o que mereceu. Trabalhar e estudar é perfeitamente possível. E você, ao vitimizar a escolha errada de sua mãe, também fica a mercê da meritocracia.

    5. Seu conceito de riqueza eterna esta equivocado. A sociedade cresce em número e demandas, logo as riquezas precisam também crescer para manter o padrão. SEMPRE. Crescimento zero e até negativo sao realidades que inclusive vivenciamos nesse pais agora. Informe – se melhor. Inteligência sem informação é inútil.

  110. É, você só “esquece” de mencionar os países nórdicos e, aliás, o Welfare State europeu em geral, que, com forte influência de políticas socialistas, criou as sociedades com melhor qualidade de vida e prosperidade coletiva da história. O próprio Brasil (que não tem NADA de socialista, apenas começou a desenvolver um tímido Welfare State muito inferior e menos abrangente que o europeu, diga-se) conheceu importantes avanços sociais nos últimos anos, embora insuficientes. A experiência desse professor, se de fato existiu e não é apenas uma mentirinha, é totalmente sem sentido, sobretudo porque parte de pressupostos equivocados, como a ideia de que Socialismo significa tirar de uns para dar a outros (e o pior é que ignora que a riqueza dos ricos é muito mais resultado de hereditariedade, exploração e roubo mediante mecanismos laborais social-darwinistas do que fruto de esforço). E depois vem a frase da Thatcher, para fechar com chave de latão.

    1. Meu senhor! Como voce esta sendo preconceituoso, de onde voce tirou essa informação tão sem sentido . Voce conhece o 3º homem mais rico do mundo ? Warren Buffet, ele fez a fortuna dele com o seu trabalho, não herdou nada de ninguem. Se informa melhor depois voce de a sua opinião. A propósito, eu sitei somente um.

    2. Só estava esperando alguém com falar do welfare state nórdico e mito escandinavo. Pois bem, muitos usam o relativo sucesso nórdico para defender o welfare state. O que eles não falam é que os países ficaram RICOS antes desse modelo, e não POR CAUSA desse modelo. Se replicarmos o mesmo modelo de welfare states na Africa, você acha que daria certo? Eu tenho certeza que não, teríamos apenas mais miséria. O economista Stefan Karlsson derrubou o mito com um artigo chamado “The Sweden Myth”. Até o seculo 19 a Suécia é era bem pobre. Mas graças ao livre mercado implantado por volta de 1860, permitiu que o país se aproveitasse da revolução industrial, assim surgindo a Volvo, Ericsson, a Saab. Outro fator que ajudou o enriquecimento da Suécia, foi o afastamento das guerras do seculo 20. Em 1950 a 1975 os GASTOS começaram a subir de 20% a 50% do PIB. Com essa mudanças o país se torno menos competitivo no mercado, a moda de desvalorizou, a inflação aumentou, um cenário parecido com o do Brasil de hoje não?

      Em 1986 um partido de centro-direita, e implementou várias reformas de livre mercado. Aboliu os controles de moeda e reduziu impostos. Como quase todo remédio, o impacto imediato foi amargo. No começo dos anos 1990, a economia estava em queda, enfrentando certos ajustes necessários por anos de irresponsabilidade do governo. A crise do petróleo causada pela invasão ao Iraque agravou a situação. Somando tudo, a economia sueca estava em recessão no começo da década de 1990, com o emprego caindo mais de 10% e o déficit fiscal subindo para mais de 10% do PIB. Novas reformas foram adotadas, privatizações foram feitas e vários setores foram desregulamentados. O déficit fiscal foi eliminado. Essas reformas liberais permitiram uma certa recuperação da economia sueca. O Banco Central sueco, Riksbank, adotou uma meta inflacionária de 2% ao ano. Ainda assim, a renda per capita da Suécia, perto de US$ 30 mil [hoje é US$ 40 mil], está bem aquém da americana, perto de US$ 40 mil [hoje é US$ 50 mil].

      A renda de Cingapura, que não contava com o acúmulo de riqueza da Suécia nem com seus recursos naturais, já colou na sueca [hoje, já ultrapassou a americana e está em US$ 60 mil], graças ao modelo de ampla liberdade econômica. Até mesmo em uma nação que já era rica e com apenas 9 milhões de habitantes, o peso do “welfare state” tem sido duro de carregar. Quando o Estado oferece tudo de graças, a menos inventivos para o trabalho e o sustendo por conta própria. E sem contar que hoje em dia, esse acumulo esta acabando, e quando não tiver mais, o que fazer? Contar as benesse que o próprio Estado deu. E quem sobre mais? Sempre os mais pobres. A Suécia desfruta de boa qualidade de vida a despeito do “welfare state”, não por causa dele. O pior é que para o povo do tupiniquim a Suécia é “ultrabasterliberal”. O índice de liberdade econômica do Heritage coloca a Suécia em 19º lugar no ranking [hoje 18º], enquanto o Brasil está em 81º lugar [hoje caiu para 100º]. Para o Brasil chegar ao modelo sueco, teria de adotar inúmeras reformas liberais. Aqui no Brasil a tchurma ainda acha que o PSDB é um partido liberal (não é, é sim um partido de CENTRO-ESQUERDA). Estamos tão longe desse modelo, como a nossa Lua está de Plutão. Então, como diz as esquerda e a nossa queria Luciana Genro, vai estudar, vai.

  111. Há tantas formas de criticar o comunismo/socialismo que não dá para entender porque é necessário inventar mentiras.
    O autor deste post nem deve estar preocupado com sua reputação uma vez que publicou esta tirada e nem se deu ao trabalho de procurar no snopes…
    Mas vamos lá dou-lhe hipótese de refutar, diga lá quem foi este professor e em que escola aconteceu por favor.

  112. Tenho duas perguntas bem simples:
    a) O senhor poderia informar QUANDO e ONDE esse experiência foi feita?
    b) É válido, na sua opinião sociológica, extrapolar UMA experiência específica para toda a humanidade?
    A confirmação das experiências é importante para dar respaldo e credibilidade ao senhor e aos seus pontos de vista.
    Grato pelas informações.

  113. Só na cabeça desses PTralhas é que o socialismo funcionaria no Brasil.
    Passaremos, no primeiro momento a andar para os lados, depois para traz…. Onde funcionou de verdade??? Me informem…. Aquele modelinho de Cuba, Venezuela, Rússia, etc…

      1. Economia de Cuba anda tão bem pq o Brasil anda mandado nossas riquezas para lá. Vcs se matando de trabalhar para pagar imposto enquanto isso a Sra. Presidenta ajudando na repressão. Vc jah esteve na Venezuela ou Coreia do Norte? Socialismo funciona tanto qto esta funcionando no Brasil. Lembra q no socialismo vcs não estariam nem comentando nada q não fosse permitido pelo governo e o controle total está no governo. Quantas pessoas querem fugir de Cuba mesmo? Quantas pessoas querem fugir no Brasil tbm ultimamente. Socialismo funciona muito bem no papel.

      1. Não importa como ele escreveu e sim o que ele quis dizer!
        Típico de gente que quer pagar de ”professor de português” como se nunca tivesse ESKRITO ERRADU!!

  114. Um sistema econômico que permite que 86 famílias possuam metade da riqueza produzida com certeza também não deu certo. E o pior é que temos os que defendem esse absurdo apelando para o jargão da tal da meritocracia. Não é por que o socialismo deu errado que o capitalismo deu certo.

  115. Não que o capitalismo seja um sistema assim tão bom, mas é a realidade. Chamo isso de “o princípio da louça suja”. Se você mora sozinho, é uma obrigação. Mas pra quê ir lavar a louça se sua mãe, sua esposa ou outra pessoa pode fazer isso? E daí só vai acumulando e a pia vai ficando cheia até que seja um trabalhão limpar tudo.

    1. os Inteligentes, e/ou estudiosos tirariam notas altas, os menos inteligentes e/ou não estudiosos tirariam notas mais baixas. simples!

      1. Errado. Se as notas fossem distribuidas da mesma forma que as riquiezas no capitalismo, várias coisas aconteceriam:
        – Os filhos herdariam as notas dos pais, o que já lhes daria vantagem.
        – Os filhos de famílias abastadas poderiam pagar por professores particulares, o que os colocaria também em vantagem.
        – Os mais humildes teriam que dividir seu tempo e energia entre a escola e o trabalho, o que seria para eles uma desvantagem.

  116. Quem escreveu este artigo não tem qualquer noção de socialismo, de teoria Marxista. Não tenho nada a favor dela, mas tenho muito contra a ignorância e a transmissão de informações infundadas. Nossa nação carece de conhecimento, não de opinião e especulação. Sejamos responsáveis ao transmitir informações, mesmo não sendo algo que observemos corriqueiramente. Para o socialismo ser implantado pré-condições deveriam existir, pré-condições estas que não existiam no experimento citado, que sendo assim obviamente levaria ao fracasso. Marx foi utópico e teve pouca noção da realidade ao criar as suas teorias no século XIX, não façamos o mesmo em pleno século XXI.

    1. Nem precisa ter noção do socialismo, basta olhar Cuba, Venezuela etc. ai vcs. tem o bom exemplo! O Professor esta corretíssimo. Esquerdistas contra fatos não ha argumentos.

      1. coitados, eles nem sabem o que significam fatos, sempre vão ter um grito de guerra ou uma manipulação verbal mesmo que seja incompreensível ou mentirosa para defenderem o esquerdismo ou socialismo… geralmente eles fazem parte dos alunos de baixa proficiência que querem nem que seja momentaneamente um pouco dos que os inteligentes possuem por mérito. Fico com pena…

      2. Que comparação mais estúpida!!! Então vamos observar como o capitalismo funciona bem na África Central??? Contra fatos não há argumentos!!!

  117. Superficialmente pode ser isso, mas na prática nem o capitalismo dá certo, basta ver o mundo como um todo e a ganância do ser humano pondo tudo a perder.

    1. Concordo em parte contigo, o capitalismo e o socialismo não podem ser vistos como as únicas vias, porém o capitalismo é infinitamente mais justo pois permite que as pessoas tenham algo… Veja por exemplo liste 10 Países Ícones do Capitalismo e 10 Ícones do comunismo, agora responda, vc preferiria morar em qual bloco ??

  118. Acontece que a ideia socialista não é só de igualdade, mas de equidade. Não significa tirar algo de quem tem e trabalhou por aquilo e DAR para quem não fez nada por merecer. A luta é para que TODAS as pessoas possam ter CONDIÇÕES de batalhar pelas suas próprias recompensas. No caso das notas, seria muito injusto comparar um aluno que pode pagar por todo o material, estudou em escola particular a vida toda indo de carro, e só tem essa responsabilidade com outro que morava a quilômetros da instituição, pública, quando PODIA ir (não contando com ele ter que cuidar de irmãos e trabalhar para sustentar a mãe), e querer que os dois tirem a mesma nota. Não é impossível alcançar o socialismo se todos tiverem COMO conquistar suas riquezas, impossível é alguém que tem um computador pra ler isso, provavelmente no ar condicionado e carro estacionado entender como a vida pode ser injusta para algumas pessoas que não tem um terço desse privilégio e rezam por uma OPORTUNIDADE.

    1. Errado de novo, Um menino de 13 anos que estudou em escola publica passou no vestibular de medicina em primeiro lugar, e ai sua analogia não procede.

      1. Para cada 1 menino de 13 anos que estudou em escolas públicas e passou no vestibular, é possível apresentar 1000 menino de 13 anos semi analfabetos…. Seu caso de exeção meu caro é um caso discrepante, quer realmente fazer uma regra visando menos de 1% da população?

    2. Os dois casos estudaram da mesma forma. Se o nível das escolas públicas hoje em dia é péssimo, a culpa não é do capitalismo e isso nao tira o mérito de quem estudou em particular. Há diversos casos de estudantes bem sucedidos vindo de escolas públicas e o inverso vindo de escolas particulares… Mérito de quem estuda e se esforça.

      1. Se a escola pública é ruim a culpa é de quem? Do nosso ESTADO corrupto que não cumpre com sua função que a administrar a carga tributária maia pesada do mundo desviando recursos arrecadados entre os que TRABALHAM (em todas as classes sociais). Se falta escola, saúde, lazer, transporte público de qualidade a culpa não é do cidadão não. Seja ele de que classe for. Pouco importa se um regime é capitalista ou socialista se estiver alicerçado na corrupção. Anos atrás conheci médicos cubanos que vieram implantar o sistema de saúde da família em minha cidade ( Piraju para quem quiser confirmar a informação) vestidos humildemente, sapatos surrados e muitos até faltando dentes enquanto o cara que os acompanhava um equivalente ao ministro da saúde de Cuba, um tal de Cosme, vestia Lacoste! Um senhor chiquérrimo…Naquele dia tive uma grande lição sobre o regime comunista cubano. Trouxa de quem acredita nessa ilusão de ” igualdade” social.

  119. Não há sistema perfeito, assim como as pessoas não são. Sem dúvida que o capitalismo também não pode ficar “sem correções de rumo”, do contrário torna-se apenas exploração do maior sobre o menor, ou seja, há que se terem regras para que isso seja evitado, tal como existe em países mais avançados, e um exemplo ocorre nas alícotas do imposto sobre a renda (o mais rico paga mais, o que está certo).
    Inclusive o nosso congresso está tentando passar uma lei em que se aumenta o imposto sobre heranças* para arrecadar mais imposto, pois os políticos não querem se indispor com os mais ricos aumentando o imposto sobre a renda.

  120. Se fosse uma simulação do capitalismo só haveriam 2 notas 10, 5 notas 5 e o resto de nota 2. E o pessoal ia sair matando ou sabotando uns aos outros ao invés de estudar… ambos os sistemas dão merda e todo mundo sai não sabendo porra nenhuma de economia
    (PS: não estou defendendo o socialismo estou dizendo que ambos sao uma bosta)

    1. Vc só deve conhecer só socialismo pois as melhores economias do mundo são Capitalistas. Só a China que esta melhor mais não é 100% socialista pois o capitalismo já esta se misturando por lá.

      1. FALÁCIA CAPITALISTA CLÁSSICA. Pegar a exceção para firmar ou justificar uma regra injusta. Este menino de 13 anos é uma absoluta exceção. Além disso, a internet tem várias matérias dando conta de alunos oriundos de escolas públicas passaram em vestibulares de medicina em todo o país. A maioria deles é “filho da era ENEM” ou seja, foi beneficiado pela mudança no sistema de seleção. Agora a nota do ENEM classifica para universidades federais, o que não ocorria antes. O ENEM é um tipo de processo seletivo muito mais fácil do que os convencionais vestibulares. Primeiro, porque não cobra memorização de conteúdo (não caem questões que exijam decorar fórmulas de física, ou questões de português que exijam saber o nome de figuras de linguagem,por exemplo). Segundo, porque não cobra conteúdos específicos de cada matéria do Ensino Médio. separando as questões em “competências” que, supostamente, abarcariam os conteúdos de várias matérias. Tudo uma forma de driblar os estes verdadeiros “gargalos sociais” que se tornaram os vestibulares. Melhor ou pior, certo ou errado, o fato é que o processo de seleção atual é uma forma de projeto social que mira na ampliação do acesso as universidades públicas federais por parte das classes mais baixas para aumentar sua representatividade nas universidades públicas. Contudo, Universidades públicas não federais com a USP e a UNIFESP continuam com o vestibular tradicional que penaliza os alunos oriundos das classes mais baixas por exigir muitas horas de preparação (dada a concorrência) a alunos que precisam trabalhar além de estudar para o vestibular, torando a disputa desigual.

        http://vestibular.uol.com.br/noticias/redacao/2015/02/12/ex-aluno-de-escola-publica-conta-como-passou-em-4-faculdades-de-medicina.htm

        http://vestibular.uol.com.br/noticias/redacao/2015/01/27/aprovada-em-1-lugar-em-medicina-na-unifesp-estudava-14h-por-dia.htm

        AS MELHORES ECONOMIAS DO MUNDO SÃO CAPITALISTAS E AS PIORES TAMBÉM. Além disso, o sucesso de uma economia dentro do capitalismo depende, entre outras bases, conseguir uma balança comercial favorável o que é praticamente impossível a todos os países ao mesmo tempo. Em resumo, para que alguns países ganhem no capitalismo, alguém tem que sair perdendo.

    1. Falaste bem Ithalo! Sem a cobiça, a desonestidade e a individualidade, viver-se-ia bem com qualquer regime político. Com a cobiça, a desonestidade e a individualidade, qualquer regime é fadado ao fracasso… A solução para a prosperidade e o bem viver de qualquer sociedade está em investir na sua Humanidade… É na individualidade, na desonestidade e na cobiça que está sempre o cerne dos problemas, seja qual for o regime.

  121. “Sinceramente eu achei excelente, não é questão de sermos egoístas, pense bem, se todos temos o mesmo salário, um gari ganharia o mesmo que um médico, sendo que o gari precisa de no máximo ensino médio, já o médico fica 3, 4, 5 anos estudando para ganhar o mesmo tanto que alguém que não estuda nem a metade? As pessoas iriam parar de estudar porque não iriam precisar se esforçar para ganhar o mesmo tanto que os outros que se esforçaram.”

    Sinceramente fico triste ao ver que no momento que o mundo vive hoje pessoas ainda pensam assim, que realmente o trampo de um gari vale menos que de um medico APENAS por conta do seu grau de escolaridade. Doutorado, Mestrado, Graduação, Ensino Médio, Ensino Fundamental não deveria ser parâmetro para salários, isso não determina a importância das profissões, são apenas classificações de uma competição inventada, competição essa que nem sempre inicia com todos participantes na mesma linha de partida, isso desde criança. Idade que se fossemos estimulados a coletividade, o fato narrado acima não teria ocorrido como ocorreu. Por isso digo, se ele fez medicina é pq ele tem grana, e teve a oportunidade de estudar em ótimos colégios p bancar a entrada em um curso desse, o qual sabemos que somente quem tem “condições” que cursa. Com certeza o gari que recolhe a “delicia” do seu lixo não teve a oportunidade por “n” motivos que sabemos, citando apenas um, a qualidade das escolas publicas, mesmo quem se dedica muitas vezes não consegue estudar 3, 4 ou 5 anos integral, pois precisa trampa p muitas vezes ajudar em casa a pagar as contas….enfim, agradeça que os garis aceitam ganhar o que ganham e não fazem uma revolução pois, se eles soubessem a importância do seu serviço p sociedade cobrariam o dobro do salario do médico, afinal de que adianta APENAS o médico se a rua ta cheia de lixo? Ele teria é trabalho em dobro, por conta das doenças causadas por problemas sanitários.

    1. Acho que nunca ouvi tanta bobagem em toda a minha vida.
      Você pensa exatamente igual ao Dep. Jean Wyllys, que diz que o salário de um parlamentar é pouco e ainda critica o salário de um executivo.
      Esse é o nosso Brasil

    2. Qnta merda numa frase só… Todas profissões tem seu grau de importância. Se um gari errar, nao ira matar ninguém, se o seu cirurgiao errar, pode ter ctz que vc terá consequências graves. Para de viver no mundo das fadas e unicórnios, não existe e nunca vai existir ponto de partida igual. É isso que faz os resultados dos seus esforços valer a pena, alcançar o que se almeja tendo poucas oportunidades. Por mais que os esquerdistas neguem, a meritocracia esta em toda parte desse planeta.

      1. Antes de mais nada já aviso que sempre estudei em escola pública(gostaria de estudar numa particular? sim mas não deu),esses dias minha mãe que estava substituindo algumas professoras em escolas na minha cidade(já digo cascavel-PR para não dizerem que não tem informação),ela deu em uma escola pública e particular,ela conta a diferença das duas, na pública os alunos não queriam fazer nada,simplesmente nada, só bagunçavam.
        Na particular(olha que que era de artes,uma matéria considerada desnecessária para muitos), todos ficavam quietos e atentos na matéria, depois me falam, que a diferença esta no dinheiro, a diferença esta na atenção que o aluno dava na matéria, e vemos isso nas escolas públicas, se u aluno que esta atento na matéria busca aprender, vai tirar notas maiores, poderá passar em vestibulares que nem mesmo um aluno de particular(se não prestar atenção) pode passar.
        Vai da pessoa isso,não é de escola, eu sei disso porque tenho muitos amigos que estudaram comigo, uns que estudavam e outros, que eram os famosos turma do fundo, e cada um tem agora o que colheu de antes.

    3. Não é por puro grau de escolaridade, é por necessidade de conhecimento e skills para se realizar o trabalho…

      Pensa comigo: O quanto de conhecimento e treino tu precisa pra saber varrer uma rua? E o quanto de conhecimento e treino tu precisa pra fazer uma cirurgia?

      Ou seja, a questão central não é pagar bem um trabalho que é mais “chique” e sim, basicamente, pagar melhor quem realiza em nível profissional uma atividade mais difícil e que teve que investir tempo/dinheiro para chegar neste nível. Na meritocracia, o mérito não é o título de graduado, mestre, doutor, etc. O mérito é o quanto a pessoa investiu pra se melhorar e o quanto se melhorou, o título é só a prova outorgada disto.

      Analisando o texto do autor (não sei se experimento é real ou não, mas, convenhamos, faz sentido), o que é criticado no socialismo é a falta de reconhecimento de quem busca se melhorar. Sem reconhecimento, é inocência imaginar que alguém vai correr atrás e, em pouco tempo, temos baixa produtividade. Se todos são iguais, pra que se melhorar?

      Por outro lado, uma meritocracia só é justa e funciona de verdade se todos tem condições iniciais semelhantes. Numa sociedade, isso é absurdamente complexo de atingir, muito mais do que numa sala de aula.

      Na minha opinião, o modelo perfeito de sociedade seria o estado ser responsável por todos termos estas condições básicas supridas (alimentação, educação, saúde e segurança) e o resto, meu filho, é contigo! Não quer sair do básico, quer ficar na vida a passeio, beleza, mas depois não fica de mimimi ao ver o amiguinho conquistar mais coisas.

      O grande problema é que os governos “socialistas” (mais populistas do que socialistas, a bem da verdade…) não pensam em suprir o básico, o que é difícil e com resultados apenas a longo prazo, e sim em tapar buraco com “soluções” como bolsa família, cotas raciais e assim por diante, pois é mais fácil e tem bons resultados a curto prazo, mas que nada adiantam no futuro…

      Bottom line: Nem comunismo nem capitalismo selvagem, pois todo extremismo é burro por definição. O ideal seria aplicar as boas idéias das duas ideologias e pensar mais em resolver o problema e menos em dizer que acha essa ou aquela ideologia mais legal…

    4. Quer dizer que o cara estuda durante dez anos investe tempo dinheiro e gasta a bunda na cadeira pra conseguir um título de Doutorado e vem você e diz que isso NÃO é motivo de meritocracia? hunnn

  122. o problema não esta no socialismo e nem no capitalismo, o problema esta no mundo de hoje,
    o problema do socialismo esse que vc descreveu, e o problema do capitalismo é que as grande empresa explora os funcionários os bancos pagão centavos nas poupanças e cobram um absurdo de jurus em empréstimos entre outros problemas.
    ou seja em capitalismo nem socialismo precisamos de um outro método de administrar uma sociedade onde seria justo para todos, na minha opinião se o capitalismo funcionasse como na teoria seria bom poderem teria que modificar todo o governo desde os vereadores ate a presidencial e cada um que ocupasse o cargo teria que ser justo e ético em todas as suas assoes.
    o sistema monetário do pais teria que ser mudado onde o valor da moeda não mudasse

  123. Se o Socialismo fosse bom não teria parado no Muro de Berlin e toda a Europa escolheria essa opção. A Alemanha que foi quebrada economicamente na 1ª Guerra, destruída completamente na 2ª Guerra, dividida por anos pelo muro, Tornou-se a Maior Economia Europeia e uma das maiores do mundo. Então me digam todos os Países Socialistas já são grandes potencias econômicas?

  124. Sem fontes, sem crédito… A única coisa que prestou dessa publicação foram os comentários que podem elucidar os leitores “que não estudam para a prova de economia”….

  125. Gosto de ver os “intelectuais de porra nenhuma” tentando argumentar, explicar ou justificar um sistema que não deu certo jamais em lugar algum. Um monte de palavras bonitas pra impressionar os mais leigos não assusta ok camaradas!

  126. Ronald Reagan Disse:
    “O socialismo é um sistema que só funciona no Céu, onde não precisam dele, e no Inferno, onde ele já existe.”

    “Devemos medir o sucesso dos programas sociais pelo número de pessoas que deixa de recebê-lo e não pelo número de pessoas que são adicionadas ”

    Bolsa Família é um programa social e deve ser extinto.

    1. Bolsa Família é um programa de assistência social que nem se compara ao oferecido pelos sistemas utilizado nos EUA (que é o mais mercenário de todo o planeta) ou ao dos países escandinavos (os mais economicamente estáveis e socialmente avançados do planta).

      É fácil criticar se você literalmente ignorar a realidade…

      Ronald Reagan não é um intelectual. Ele é um ator que foi rico a vida toda e ganhou a casa branca unicamente pelo carisma de personagens que ele interpretou no cinema. Citar ele é apenas uma amostra de falta de senso crítico (assim como citar Margaret Tatcher no artigo em si).

      E para a sua última citação… porque você não procura os números de quantas pessoas deixaram de necessitar do Bolsa família? Você se surpreenderia… se eu acreditasse que faria isso, uma vez que já tem a opinião formada e não existe número ou argumento no mundo que mudará sua opinião.

    2. Bem não concordo que deve ser extinto, mas sim que deva existir um limite de tempo para receber o beneficio. Gente a maioria das pessoas que recebem esse beneficio não são vagabundos, mas concordo que os vagabundos também são beneficiados.

  127. capitalismo lixo, socialismo ainda mais lixo, exemplo podre do socialismo, no meu colégio técnico quem tem renda familiar acima de 1800 reais paga 250 reais para fazer o curso q deseja, quem não trabalha ou a familia recebe menos q 1800 reais não paga nada, só q ai pense que quem tem renda familiar de 1850 reais ja arranca perdendo 250 reais para poder estudar lá, uma renda de 1800 reais é pouco para uma familia, ou seja um cara trabalhador q ta tentando melhorar de vida paga 250 reais enquanto um vagabundo q não trabalha faz de graça, eu até acharia justo se o valor da renda fosse para uns 10 mil reais pq ai sim 250 reais não fariam falta nesse caso.

  128. Só tem comunistinha revoltado aqui nos comentários.
    Pra apoiar este modelo econômica tem que ser muito ingênuo ou muito burro. Como defender alguma coisa que já foi provado várias vezes que não funciona?
    É cuba que está abrindo a economia ou os Estados Unidos que estão virando comunista?
    A Córeia do Sul ou do Norte é mais desenvolvida?
    Responde aí 😉

  129. Nada a ver é o infeliz escrever “nada haver”!
    E sobre o socialismo, só digo uma coisa: é o sonho de todo baiano. Ô povo preguiçoso!!

    1. Nada a ver é um infeliz escrever uma babaquice dessa!
      Eu tenho certeza que tem baiano trabalhando mais que você, aí, onde você mora!
      Fazendo trabalhos que você não tem coragem de fazer ou deve se achar muito importante pra fazer.

  130. Tai minha referencia…hahaha

    Hoje eu vou comer pão murcho
    Padeiro não foi trabalhar
    A cidade tá toda travada
    É greve de busão, tô de papo pro ar

    Tem fiscal que é partideiro
    Motorista, bicheiro e DJ cobrador
    Tem quem desvie dinheiro e atrapalha o padeiro
    Olha aí, seu doutor!

    Eu que odeio tumulto
    NÃO ACHO UM INSULTO MANIFESTAÇÃO
    Pra chegar um pão quentinho
    Com todo RESPEITO A CADA CIDADÃO

    Então, parei (parei)
    E até pensei (pensei)
    Tem quem goste
    Assim do jeito que tá

    FARINHA E CACHAÇA É FERMENTO PRA MASSA
    Quem NÃO TA NO BOLO disfarça a desgraça
    SONHO é um doce difícil de conquistar
    Seu padeiro quer uma casa pra morar…

    1. Stinglitz, Nobel de Economia 2001

      “os Atuais artefatos tecnológicos de guerra são desenhados para evitar o contato físico: bombardear 50 mil pés de altura garante que ninguém ‘sinta’ o que faz. A administração da economia moderna é semelhante: reunidas em um hotel de luxo pessoas podem friamente impor politicas sobre as quais pensariam dias vezes se conhecessem o povo cuja vida está destruindo”

      O autor também menciona que a utopia poderia ocorrer para reduzir as condições de competitividade entre os países, abolindo algumas condições, com a inclusão das populações mais miseráveis e pobres. Mas, como podemos perceber, esta utopia terá que superar várias barreiras para sua implementação, na qual buscaremos outros caminhos para a inclusão destas classes. Um desses caminhos poderia se dar através de pressão popular por uma melhor educação pública para a população.

      mais referencias…haushuahsuahushaus

  131. A questão no Brasil está longe de ser o de não se querer trabalhar (o brasileiro trabalha sim, e muito!) Esta é uma falácia a que a direita se apega, sem a menor constatação. Nosso mal é sim a corrupção e o descaso com o bem-comum! E é tão antiga quanto a nossa colonização.

  132. Pelo o que apontam os fatos, a história foi originalmente escrito por Adrian Rogers, mas diferentemente do que afirma o texto, ele não era professor de economia e jamais lecionou na universidade de Texas Tech. Rogers era um pastor tele-evangelista norte-americano, e muito famoso por sinal.

    Você pode acessar um dos vídeos dele no Youtube. Aliás, o pastor era conhecido por sua excelente oratória e era considerado um dos ícones do conservadorismo religioso de direita nos EUA.

    O texto, que acabou se transformando em um boato sobre um “experimento socialista”, nada mais era do que um dos sermões que o pastor costumava compartilhar durante os cultos. Ou seja, o “experimento socialista” nunca existiu.

    E tem mais, o texto diz ter sido escrito por Adrian Rogers em 1931. No entanto, 1931 foi o ano de nascimento do pastor, ou seja, ele não poderia ter feito uma pesquisa com menos de um ano. Com isso, chegamos à conclusão que Adrian Rogers existiu, mas o experimento socialista dele é uma lenda.

  133. bem, para melhor resultado do experimento, deveriamos incidir “juros” nas notas… aí tambem poderiamos ver o “defeito” do capitalismo.

    1. Opà !!! Galera, socialismo passando por capitalismo, todos têm falhas, quer dizer ao lado bom e ruim, até que ñ satisfeita tudo mundo e deixa sempre ou apresenta uma desigualidade…. Nada é certissimo.. O que é certissimo é continuar à reclamar, à contar o bem e mal que apresenta cada umas das ideologias, assim tentaremos manter o equilibro.. Pois a natureza é bom e feroce.. O que diria dos ser humanos….. Tudo mundo jà pediu ajuda uma vez na sua vida.. Isso é socialismo… O resto é a mentalidade.. Como usa-là… Obg

  134. Galera esse lance de tomar o dinheiro de quem têm pra dar pra quem não têm leva ao mesmo fim do Robin Hood! A morte! O problema do capitalismo está nos POLÍTICOS CORRUPTOS que não aplicam o dinheiro arrecadado PREPARANDO os menos favorecidos. Os caras precisam entrar no jogo também com condições de ganhar! Socialismo é a merda do juiz de uma partida de futebol que fica o tempo todo parando jogadas e anulando gols do time mais forte só porque o outro não vê a cor da bola! A única saída pra deixar o jogo bonito é preparar o time mais fraco, não existe outra! Quem acha que existe, com certeza, está no time mais fraco e torcendo pra que o juiz tome a bola e acabe com o jogo! kl

  135. Se essa história é verídica, o tal professor já iniciou errado. Há um abismo enorme entre socialismo e o que ele acredita como tao. Claro, sei que o blog é de um liberal então sei que a história e fantaziosa. O socialismo prega a igualdade de direitos e oportunidades partindo da ideia que todos trabalham. Os “preguiçosos” que se menciona no texto acima não são os socialistas e o metodo de avaliação do professor não passou de uma verdadeira idiotice.

  136. Seguindo esta lógica devemos acabar com as escolas públicas, com a saúde pública pois ela é paga por quem sustenta o país. Doentes, enfermos, menores abandonados devem ser deixados a própria sorte e assaltarem as cidades para que o nosso dinheiro nos mantenha na prisão de nossas casas. Argumento muito falho,como se vivessemos em sua sociedade plana, onde todod tem as mesmas chances.

  137. Lendo essa velha e conhecida anedota sobre as mazelas do socialismo, só posso chegar a uma única conclusão a respeito do Brasil: o povo hoje em dia pode ou não trabalhar, mas a grande maioria escreve mal pra caralho.

  138. A palavra mais TOTALITÁRIA da língua portuguesa é a palavra IGUALDADE. Esquerdeopatas buscam a igualdade como um fim. O ser humano NAO tem q ser igual, cada indivíduo é DIFERENTE. E tem o direito de ser diferente. LIBERDADE E DIFERENÇA são palavras lindas. o ÚNICO jeito de fazer o ser humano ser IGUAL é através da força, da opressão, por isto igualdade significa oprimir, significa fazer com que diferentes sejam iguais contra sua vontade. Somos diferentes em TUDO, nas ambições, na vontade, nas expectativas, na criatividade, no trabalho, nas virtudes e defeitos. E daí que existam os ricos? E daí que existam os mais belos? e daí que existam os mais inteligentes, mais capazes? Forçá-los a serem mais feios, mais pobres, mais burros não vai fazer com q os feios fiquem mais bonitos, nem vai fazer com os pobres fiquem mais ricos e nem que os mais burros fiquem mais inteligentes. Quem defende IGUALDADE é totalitário, é um ser INVEJOSO, que não consegue esconder que quer controlar os outros a força pra moldar o mundo a sua maneira.

  139. Eu acho digno em uma situação como essa os que tiraram “A” deveriam ter matado o restante da sala que não honraram o idelismo, só assim para o socialismo funcionar, quem não colabora, morre! Acharia mais digno ainda se aqui no Brasil colocassem ordem e progresso: roubou, morre! matou, morre! estrupou, apanha e morre! Os presidios lotados de vagabundos sustentados por nós que trabalhamos.

  140. Ótimo texto, para refletir. Mas não se iludam. No caso, o referencial de sucesso e de troca na “balança social” é o estudo. Para todos da sociedade (no caso, turma). Em um contexto de sociedade socialista não é o mesmo cenário. Aqueles que não forem bons estudiosos podem se destacar em outras áreas, nas quais serão mais relevantes para a sociedade. Existem setores que o estudo (sobretudo o escolar) não é o mais importante, mas o dom ou a prática. A troca na sociedade socialista não se dá pelo mesmo viés. Um médico presta serviço para o agricultor e come o purê de batata no restaurante que compra do mesmo agricultor os ingredientes para fazer o prato. Cada um lidando com o que tem a oferecer de melhor para a sociedade, o que não se restringe a notas da escola, nem um pouco.

    1. Neste contexto, se o médico tirar “nota vermelha”, o agricultor morre, e deixa de vender batatas para o restaurante que serve o médico. Assim, o ciclo se interrompem e todos perdem. Ou seja, se todos se dedicarem as suas funções, a sociedade como um todo ganha. O problema é ler o socialismo com uma cabeça capitalista. Quantas batatas valem uma cirurgia? Toneladas… Mas sem batatas não tem cirurgia…

  141. Acredito que é uma análise coerente porém apenas para a realidade atual baseada na recompensa individual. Não podemos deixar que a cultura atual de consumismo e competição nos impeça de evoluir como humanos. Além dos sistemas econômicos, precisamos evoluir também o nosso pensar. Já disseram uma vez que ou a riqueza está nas mãos de todos ou está apenas nas mãos de alguns. As duas possibilidades não coexistem ao mesmo tempo.

  142. O socialismo é uma das mais contundentes expressões de tolice do ser humano. Ele parte do pressuposto de que todos são iguais diante da necessidade de plantar para colher, o que não é verdade e, por si só, justifica a tese de que não merecem tratamentos iguais aqueles que são desiguais. Em todos os grupos sociais existem pessoas trabalhadoras, mais ou menos trabalhadoras e totalmente preguiçosas. Ora, segundo a tese socialista, o bolo social deve ser dividido em partes iguais, independente da capacidade e da vontade de produzir de cada um. Logo, só um lado é beneficiado nesse regime: o dos preguiçosos. Isso permite dizer, com todas as letras, que ser socialista é defender o direito dos vagabundos de continuarem vagabundeando, já que em tal hipótese a comida na mesa lhe cairia do céu.

  143. Eu gostei do artigo e gostaria de ver mais sobre socialism no Brasil e como isso seria. Quais são as mudanças que o indivíduo pode realizar consigo mesmo?

  144. A analogia foi boa porém simplista. Já diziam na época de meus avós “nem tanto lá, nem tanto cá”. Há um erro crasso na analogia em achar que os melhores alunos iriam deixar de estudar aceitando as notas mais baixas (seria ao invés de socialismo um capitalismo burro… “eles não estudam, também não vou estudar, quero levar vantagem também”). Possivelmente o grupo de maiores notas iria integrar, ajudar e forçar os de menores notas a melhorar (socialismo)…e uma minoria, que persistisse na lei do menor esforço, restaria a ela o fracasso em sua profissão. “Nem tanto lá, nem tanto cá”…penso que o bom senso resolveria grandes conflitos mundiais e que infelizmente da forma que está só resta lugar ao poder da grana.

  145. Fantástico essa história,seja se aconteceu ou não,o fato é que realmente representa sim o Brasil,só que complementando,não basta tirarem das pessoas que tem seu dinheiro digno do trabalho,mas com um governo que rouba parte desse dinheiro,pesquisas a parte para quem quiser argumentar contra,por favor,e depois o que sobra para ser investido no país,é uma miséria,deixando o país abandonado.No final de Tudo as pessoas com menos condições que ralam trabalhando,não tem uma boa condição de vida por falta de assistência do governo,e muitos se revoltam com as pessoas que tem um poder aquisitivo melhor,porque ninguém se preocupa com essas pessoas humilde que vivem so para o trabalho para ter um pão na mesa e quanto uns tem tudo tão fácil,parece tão injusto mesmo,isso foi dito por uma criança que ajudo,e sabia que ali onde foi criada,zerada visão do mundo foi construída em sua cabecinha.Mas respondi a ela que eu seria a Pessoa Mais feliz do mundo se os impostos que pagasse fosse certamente investido em uma uma boa qualidade de vida para o país,que nesse momento desejaria que ela estudasse para que um dia ter um trabalho digno e quem sabe ajudasse outras pessoas,como eu fiz e continuo fazendo e assim como ela,eu tive uma infância com bastante ausência dos meus pais,pelo fato de eles passarem o dia trabalhando para poderem me dar uma boa educação,apesar das diferenças temos muito em comum .Isso é ser Humano,podem estar tirando e “roubando” de mim,mas não é por isso que deixari de ajudar o próximo.Brasil,esse é o nome da faculdade para quem perguntou ai.

  146. E por isso que na época do socialismo as pessoas n tinham carros, motos, casas… As coisas eram do GOVERNO, as impressas do GOVERNO, vc tinha acesso a por exemplo 1 sabão por mês, essa foi a principal falha dele, o socialismo n se preocupa cm impressas de bem de consumo o q e extremamente tentador aos olhos do ser humano. O q vcs n devem saber e q graças ao capitalismo nos temos carros que foram feitos para estragar, pois assim vc terá q comprar outro, entrando em um ciclo vicioso.

  147. Que tal fazer um argumento anti-capitalista utilizando exatamente a mesma retórica fajuta?

    “Um professor de sociologia em uma universidade cubana disse que nunca havia reprovado um só aluno, até que certa vez reprovou quase que uma classe inteira.

    Essa classe em particular havia insistido que o capitalista realmente funcionava: com um governo meritocrático só seria pobre quem merece e só seria rico quem merece, tudo seria justo e correto.

    O professor então disse, “Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas.”

    Todas as notas seriam concedidas com base no mérito do aluno de acordo com o discernimento do professor e portanto seriam ‘justas’.

    Após calculada a nota da primeira prova um dos alunos, filho de um governador que financiara a universidade, conseguiu 97 pontos de 10, uma vez que o professor se beneficiou mais da presença do aluno do que qualquer outro dos alunos. O filho do governador sequer tinha estado presente na prova, mas achou justo e decidiu “distribuir” seus pontos, dando 6 para um amigo que tinha reprovado, 8 para um outro colega que ele podia contar que sempre consertaria seu carro e 9 pontos para outro que prometeu não dedurar um esquema de corrupção do pai dele, no fim ainda sentando em confortáveis 74 pontos de 10.

    Outro aluno, genial, tinha tirado a prova de letra e conseguiu um total de 3 pontos de 10. A nota tinha sido 10 graças ao seu esforço e conhecimento, mas o professor tirou 2 pontos por causa do dia em que o aluna não lhe retornou um “Bom Dia” (pois seu pai tinha acabado de morrer), 3 pontos por ter dormido em uma das aulas (por que tinha passado três dias acordado ajudando a mãe a preparar o enterro do pai, pois não tinham mais ninguém para ajudar) e mais 2 pontos pelo dia em que tinha discordado do livro (por uma questão obsoleta que o aluno já conhecia o método mais atualizado). Todos os outros na sala tiraram de 0-3 pontos de maneira similar, por desculpas arbitrárias feitas pelo professor.

    Na segunda prova, o filho do governador conseguiu ainda mais pontos, e desta vez ele não tinha assistido nenhuma aula nem no dia da prova, só retornando para ver o resultado. Desta vez ele exigiu mais benefícios para distribuir pontos para seus colegas, exceto pelo seu amigo, para quem deu pontos de graça outra vez. Os outros alunos, que tinham se esforçado na prova anterior, se esforçaram menos desta vez uma vez que sabiam que o sistema não os deixaria passar de um jeito ou de outro, e conseguiram uma média de 0-2 pontos desta vez.

    Na última prova o filho do governador outra vez não compareceu à prova e ainda assim tirou mais de 100 pontos de 10. Ele desta vez decidiu distribuir da seguinte maneira: ele daria um ponto para cada 100 dólares que pagassem a ele. Para o amigo dele ele fez um desconto de apenas 10 dólares por ponto. Os alunos mais ricos não pensaram duas vezes antes de pagar para passar no curso. Já o resto, conseguiram uma média de 1 ponto, exceto pelo aluno mais genial, que desistiu da última prova uma vez que se deu conta de que o sistema não queria saber de inteligência ou competência.”

  148. Acredite ou não os países em desenvolvimento, como o Brasil, têm o maior perfeito sistema de “Capitalismo selvagem”. Se considerarmos o Socialismo como um estado igualitário, países bem desenvolvidos deveriam ser considerados socialistas, como a Dinamarca, por exemplo. Há algum tempo atrás, um colega meu de turma me contou que em sua empresa trabalha um dinamarquês. Ele sempre ficou intrigado do porque o homem deixar um país com uma qualidade de vida tão boa para vir se “aventurar” no Brasil (curiosidade muito comum, diga-se de passagem). Uma vez ele perguntou e a resposta foi a seguinte:
    “Realmente, no meu país a qualidade de vida é muito boa. Temos atendimento de qualidade na saúde e se você tem um filho e não deseja que ele estude em escola pública (que é muito boa), o governo paga o valor da mensalidade em uma escola particular.” Ele então continuou: “Só que lá ocorre o seguinte: imagine uma linha média de renda, os que ganham mais estão pouco acima dela, enquanto os que ganham menos estão pouco abaixo. O gerente de uma empresa mora no mesmo bairro que o mecânico e ambos têm carros parecidos. Agora aqui no Brasil não: quem ganha mais está muuito acima da linha média e quem ganha menos muuito abaixo.”
    Meu colega concordou com ele e entendeu 🙂

  149. Típico exemplo da sociedade individualista americana. Socialismo dá igualdade de oportunidades para que existam sociedades inclusivas. Equidade, que significa suprir as necessidades de todos, afinal a economia é para os homens e não para números.

  150. É um perfeito e autentico disparate de quem escreveu semelhante asneira. mas os incautos acreditam nesta estupidez. Enfim vivemos numa sociedade do vale tudo.

  151. Texto até mais ou menos, até que li “Brasil e Argentina que estão chegando lá.”
    Se você acredita que o Brasil está no caminho do tal “socialismo” porque a classe baixa está em ascensão você precisa estudar muito ainda.

  152. No dia em que o muro do Berlim caiu e as pessoas correram da Alemãnha oriental para a ocidental, meus questionamentos e idealismo ingênuo acabaram.

  153. Independente da fonte, o exemplo é verdadeiro e uma excelente reflexão. Quem aqui acha que não é isso o que acontence quando se aplica esse experimento em qualquer turma de qualquer matéria em qualquer escola? Lógico, partindo do pressuposto que os alunos não conheçam o experimento nem o motivo. Agora, se isso reflete o que é socialismo e seu desempenho convivendo com o capitalismo, aí é outra estória.

  154. Meu Deus, quanta gente questionando a veracidade da estória pra desqualificar a idéia! Vcs devem estar de brincadeira. Nunca ouviram falar em parábolas ou analogias?? É EVIDENTE que isso nao ocorreu porque esse tipo de avaliação média não existe e com certeza vai contra o regulamento de qualquer instituição de ensino. Caramba, se vai discordar ao menos apresente um argumento menos patético.

  155. Não sou especialista no assunto e entendo que independentemente do texto ser real ou não, não dá pra negar que ele faz muito sentido! Realmente acredito que o socialismo funcione dessa forma. É triste dar o seu melhor e saber que outros que não o fizeram também, irão se beneficiar… :'(

  156. Muitas pérolas e uma constatação: A aberração chamada socialismo, testada e reprovada mundo afora em 100% das tentativas, só faz eco nos dias de hoje porque ainda tem muito folgado nesse mundo querendo melhorar a própria vida às custas dos outros, muito invejoso que não suporta a riqueza alheia, muito fracassado que não enxerga os próprios erros, e muito arrogante que não reconhece as próprias limitações.

  157. Estive em Cuba há vinte anos atrás, presenciei um povo estagnado, acostumado a esperar tudo do governo. A culpa pela miséria do país era atribuída aos EUA, e Fidel, para muitos, herói da resistência. Sim, Fidel derrubou um regime opressor, mas sua figura paternalista e controladora arruinou o país. Se fosse tão bom, porque seus habitantes são proibidos do direito fundamental de poder ir e vir? O programa brasileiro para os médico cubanos é um escândalo. Uma maneira do Brasil ajudar Cuba, com o conhecido contorno petista, de auxílio aos desfavorecidos. Viver sob um governador onipresente e controlador, seja de esquerda ou direita, no mundo globalizado contemporâneo isso não tem grande significado; é atribuir ao outro a culpa pelo seu fracasso pessoal. Faz parte da natureza humana atribuir a culpa ao outro. Portanto é mais fácil vociferar contra os que não compartilham da sua esfarrapada bandeira ideológica, seja ela vermelha, azul ou cor de burro quando foge, do que assumir sua responsabilidade como indivíduo na sociedade. Consciência coletiva: olhar o outro. Usar seu conhecimento, parte do seu tempo, parte da sua energia para fazer a diferença no seu entorno. Do micro para o macro-cosmo. De dentro para fora. Quando uma pessoa percebe o alcance de sua contribuição positiva, percebe sua força. Numa reação em cadeia, a sociedade se fortalece, e passa a não tolerar corrupção, paternalismo, autoritarismo e outros engodos que estamos acostumados. Utopia? Os grandes movimentos sociais ao redor do mundo não começaram com a constatação de algo estava errado, com um desejo de mudança?

  158. A história é, dúvida, fictícia. Os argumentos são tacanhos. O professor é anti ético e nada entende de educação.
    1) Se havia estudantes que não estudavam, porque o tal professor numca havia reprovado? Desleixo? Incompetência para avaliar?
    2) Socialismo NUNCA não se parece, nem de perto, do que o tal professor fez. Para ser honesto, o professor deveria ministrar aulas de acordo com as capacidades e necessidades dos estudantes. Ou seja, dar oportunidades verdadeiramente a todos. E isso é muito diferente de dar a MESMA aula a todos.
    3) Onde está a ética profissional de im professor – que tem que zelar pelo aprendizado dos seus alunos – que reprova a todos somente para “provar” que o argumento de seus alunos é falho?

    Desculpem-me, mas não concordo que a “experiência” do tal professor prove alguma coisa.

  159. Tanto socialismo como capitalismo tem seus problemas. Cuba esta em tal situação não pelo socialismo, e sim por embargos econômicos impostos por uma grande nação capitalista. Mas enfim, fazer todos trabalhar para um bem comum é muito difícil, e devido a isso o capitalismo é o melhor sistema econômico. Mas precisamos observar que no capitalismo fazer mais não quer dizer em receber mais. As empresas pagam o mínimo para manter o funcionário e exigem uma produção cada vez mais eficiente. Usando o exemplo de MARGARET THATCHER, ela defendeu o capitalismo, e explorou a classe trabalhadora, extinguiu sindicatos. Ao meu ver ela é sinônimo de opressão. Resumindo, socialismo é perfeito no papel, no entanto na prática não é eficiente. Já o capitalismo funciona, vivemos nele, no entanto precisamos salientar que muitos trabalham para poucos, e esses buscam e/ou compram seu lugar ao sol.

  160. Claro. Até porque todo rico trabalha MUITO para ter aquele dinheiro todo. Porfa se for assim, já vivemos a situação exemplificada, mas no caso, os pobres trabalham como loucos para sustentar os ricos, que pouco fazem. No entanto, a renda não é dividida, fica saturada em uma minoria. Texto ridículo, exemplo totalmente absurdo!

  161. É pra pensar e repensar! Não apenas pela famigerada situação atual do Brasil, mas tbem pela condição do individual X coletivo. Seria um exercício alternativo se criássemos dois grupos – os que querem e os não querem, e aplicássemos a mesma metodologia? Penso que ai sim a “briga” seria mito boa! Saudações.

  162. Bem, eu não concordo muito com esse texto, mas daí a dizer que a economia de cuba vai bem é de mais né?! Fiquei revoltada quando soube que um Médico que trabalha no Brasil ganha 10.000,00 e desse valor 7.000,00 vai para os cofres do governo, fala sério!!! Isso é absurdo!!!!! E vcs acham que realmente esse dinheiro vai pros pobres? piada né??!!

  163. O problema não é o socialismo e sim o egoismo!

    Não acho que quem luta menos deve ter igual, mas acho que todos devem ter uma base para viver decentemente, é abominável saber que existem pessoas que possuem vaso sanitário de pedras e metais preciosos, enquanto há outros que comem escrementos e vivem com menos de 1 dolar por mês.