Você tem personalidade?

 

Hum…se você respondeu sim e orgulhoso disso, acho melhor você ler isso até o final.

Provavelmente ao ler poderá se sentir incomodado com as mensagens que deixarei neste texto para sua persona, que já me adianto em te dizer que não é você.  Primeiro, é importante esclarecer o que é personalidade.

artigo-personalidade-1

Pois, muitos enchem o peito e dizem: Eu tenho personalidade forte! Segundo o dicionário, personalidade é um conjunto de características que determina a individualidade pessoal e social. O termo deriva do grego com significado de máscara, que designava o personagem representado pelos atores teatrais no palco.

Percebo as pessoas utilizando com muito apreço, como um dia eu também já o fiz orgulhosa com esta tal personalidade que acreditamos ser. A questão é que mais uma vez repetimos coisas cegamente sem questionar. Não estou falando simplesmente de usarmos palavras sem saber seu real significado, mas na falsa identidade que acredita ser e os prejuízos que isso traz para sua vida.

Se você se orgulha da sua personalidade, ora…você se orgulha da máscara que você usa para atuar na vida como um personagem que não é você. Quando você assiste um filme, uma peça de teatro, o que você vê é o personagem. Poderia dizer então que o mundo é o grande palco e nós os atores. Apenas reflita: Se o personagem não é real, se ele é apenas uma representação nossa, não estamos sendo real para nós mesmos e nem para os outros na maior parte do tempo….gosto de chamar isso de honestidade íntima da qual a maioria de nós não tem.

Bom, este assunto daria para escrever páginas e mais páginas. Porém eu quero me atentar para alguns pontos do qual seja útil para você, em seu dia a dia no sentido de perceber quando o personagem está te usando e não está sendo você.

artigo-personalidade-8Um ponto para desmascarar a “personalidade” é a autenticidade. Para você que gosta de se intitular e bater no peito que tem personalidade, provavelmente você não é nem um pouco autêntico e pode ser que boa parte da sua vida não se sente feliz porque não está sendo você.  Ser autêntico é não ter personalidade, é ser si mesmo….essas pessoas são reais  e portanto com muito mais possibilidade de serem felizes e bem sucedidas.

Eu sinto muito em te dizer, mas quanto mais personalidade você tem, mais medo também. E se você fica com raiva ao ler isso, está tudo bem para mim, porque eu sei que isso vem da sua persona e não do seu Ser. A persona não gosta de ser artigo-personalidade-7exposta e muito menos com a sensação de estar errada…..de ser contrariada. A personalidade é aquela que te faz acreditar cegamente nas coisas que a sua cabeça diz para você, levando você acreditar que ela é você….. ela torna você inflexível quando diz ser uma pessoa de opinião forte, mesmo quando esta opinião só te traz sofrimento. Que pode ser a pobre personagem vítima de tudo e de todos.  E talvez isso soe muito mal aos seus ouvidos, porque você acredita com toda sua força que é uma  vítima. Mas, isso não é verdade. Estar consciente do seu verdadeiro Ser é desmascarar  a personalidade e  isso para ela é terrível por que ela quer continuar controlando você.

Qual é a sua ou suas personas? Descobrir isso é muito importante para você começar a estar consciente deste papel. E porque é importante? Para não ser uma marionete. Persona cria conflito interno e externo. Vive uma vida de faz de conta artigo-personalidade-4e infelicidade. A sua personalidade te impede de viver, sente raivinha quando é criticado….dá muita importância para a outra persona. Comece a partir de hoje a se auto observar quando estiver no palco da representação da sua vida. Quando você faz este exercício, você começa a criar uma desidentificação desta coisa que não é você. E mais: O caminho não é combater e resistir a persona, é apenas ficar na posição de observador de si mesmo para que você tenha mais clareza desses papéis.

Estar consciente disso, não significa que você saiu do palco, você continua no palco com muitos outros personagens, mas agora mais consciente deste teatro que antes você atuava sem saber.

Agora responda para você mesmo: Como se sente agora sendo alguém de muita personalidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *